Jorge Marco de Oliveira Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jorge
Informações pessoais
Nome completo Jorge Marco de Oliveira Moraes
Data de nasc. 28 de março de 1996 (21 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,84 m
Canhoto
Apelido Novo Júnior "Jorgerto Carlos"
Informações profissionais
Período em atividade 2014–presente (2 anos)
Clube atual Monaco
Número 6
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2003–2008
2008–2015
Vasco da Gama (Futsal)
Flamengo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2014–2017
2017–
Flamengo
Monaco
0087 0000(5)
0018 0000(1)
Seleção nacional3
2015
2015–
2017–
Brasil Sub-20
Brasil Sub-23
Brasil
0010 0000(1)
0003 0000(0)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 13 de setembro de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 25 de janeiro de 2017.

Jorge Marco de Oliveira Moraes, mais conhecido como Jorge (Rio de Janeiro, 28 de março de 1996), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente, joga no Monaco.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Categorias de Base do Vasco[editar | editar código-fonte]

Jorge iniciou sua trajetória no futebolística em 2003, no futsal do Vasco da Gama, e deixou o clube em 2008, aos 12 anos.[3] Por conta disso, após uma consulta do departamento jurídico do clube à CBF e aos próprios arquivos do clube, o clube cruz-maltino identificou que tem direito a 0,38% do valor das futuras vendas do atleta.[4]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Jorge foi contratado pelo Flamengo em 2008, aos 12 anos. Foi no rubro-negro que Jorge fez a transição do futebol de salão para o campo, sendo incorporando o elenco do mirim (sub-13) do Flamengo.

A mudança fez bem ao atleta, que logo começou a se destacar nas categorias de base do clube, atuando tanto como lateral-esquerdo quanto como meia. Em 2011, conquistou a Lion City Cup e em 2013, foi o grande destaque na equipe rubro-negra vice campeã da Copa do Brasil Sub-17.

2014 e a primeira chance entre os profissionais[editar | editar código-fonte]

Jorge fez parte do grupo que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2014, tendo sido titular em um jogo. Estreou como profissional pelo Flamengo no empate por 2 a 2 diante do Bangu em partida válida pela 14ª rodada da Taça Guanabara do Campeonato Carioca de 2014,[5] na qual foi titular (Na ocasião, enquanto uma equipe repleta de pratas da casa jogou esta partida pelo estadual, o time principal estava embarcando para a Bolívia, local da partida contra o Bolívar, pela fase de grupos da Libertadores da América[6]). Ainda em 2014, Jorge conquistou mais um título com pela base rubro-negra, o Torneio Octávio Pinto Guimarães.

2015 e a titularidade entre os profissionais[editar | editar código-fonte]

Jorge viveu seu auge nas categorias de base rubro-negra em 2015. Disputou, como titular, a Copinha de 2015 e foi um dos destaques do time que tinha Jajá, Matheus Sávio, Douglas Baggio, entre outros.

Após destacar-se na Copinha, teve um início impressionante no Carioca Sub-20. O auge foi no dia 20 de fevereiro, quando marcou três gols na goleada rubro-negra por 9 a 0 sobre o Boavista, e ainda deu uma assistência para o gol de Douglas Baggio.[8]

Mantendo as suas boas atuações no Campeonato Carioca Sub-20, Jorge foi chamado pelo treinador Vanderlei Luxemburgo para participar do amistoso realizado contra o Nacional do Uruguai, jogo que marcou a despedida do ídolo Léo Moura. Na ocasião o Flamengo venceu a partida por 2 a 0.[9] Após ter se destacado no amistoso, Jorge e mais três foram inscritos no Campeonato Carioca de Futebol de 2015 (o regulamento da competição permitia inscrever cinco atletas abaixo de 20 anos).

Após retornar do mundial sub-20, alguns fatos levaram Jorge, que havia sido o melhor lateral-esquerdo do mundial sub-20 deste ano,[10] a titularidade da equipe. As saídas por empréstimo de Anderson Pico e Thallyson e a convocação de Pablo Armero para a Copa América abriram brecha para que o jovem jogador fosse titular diante do Joinville. A atuação segura defensivamente e destacável ofensivamente foram o suficiente para mostrar que ali havia um jogador a nível para a titularidade no Flamengo. A partir daí Jorge praticamente não saiu mais do time.

No dia 15 de julho de 2015, Jorge fez seu primeiro gol como profissional, em uma partida válida pela Copa do Brasil, contra o Náutico[11] na Arena Pernambuco, no qual o Rubro-Negro Carioca ganhou por 2 a 0 e se classificou para as oitavas de finais da competição. Ao fazer o gol, Jorge se emocionou e chorou.[12] Naquele momento, Jorge já se firmava como titular absoluto e incontestável da lateral-esquerda do Fla, deixando o badalado Pablo Armero no banco de reservas.

Em setembro, a cúpula de futebol do Flamengo e os representantes do atleta definiram a renovação de seu contrato com o clube até o fim de 2019 (seu contrato era válido até 31 de dezembro de 2017).[13]

Terminou o Brasileirão-2015 em alta, apesar da impressionante irregularidade do Flamengo no campeonato. Segundo o site Whoscored, sua pior atuação no campeonato teve nota de 6,49 o que mostra que o jogador não teve nenhuma partida comprometedora durante o torneio. Além disso, o lateral também teve a maior nota média no elenco com 7,24 (sendo também a oitava maior do campeonato).[14]

2016 e o Prêmio Craque do Brasileirão como Melhor Lateral Esquerdo[editar | editar código-fonte]

O bom desempenho no ano de 2015 e no início de 2016 rendeu elogios ao jogador. Ricardo Rocha, comentarista do SporTV, colocou o camisa 6 como a principal revelação da nova safra de jogadores do futebol nacional.

Em março, o site "Squawka", especializado em futebol, destacou Jorge como uma das nove promessas nascidas na América do Sul e ainda longe dos holofotes.[16]

No dia 24/04, na partida diante do Vasco, válida pela semi-final do Campeonato Carioca, Jorge se tornou o 9o jogador mais jovem a completar 50 jogos pelo Fla.[17]

Em 29 de maio, na vitória do Flamengo por 2x1 sobre a Ponte Preta em Campinas, Jorge marcou um golaço (seu terceiro gol com a camisa rubro-negra). Na cobrança de escanteio, o goleiro da Ponte Preta João Carlos afastou a bola com um soco e Jorge da meia lua pegou de primeira sem deixar a bola cair e mandou pra rede, após a bola tocar no travessão e cair dentro da meta. O chute chegou a incríveis 109km/h. Este lance foi eleito o gol mais bonito da rodada, numa enquete realizada pelo programa É Gol!!!, do canal SporTV.[18]

No dia 31 de agosto, na partida de volta contra o Figueirense na Copa Sul-Americana, Jorge marcou o mais belo gol de sua carreira até então. Aos 25 min de jogo, ele pegou o rebote de uma cobrança de falta que foi cruzada na área, dominou a bola - que estava no ar - com o pé esquerdo, deixou Ferrugem e Marquinhos Pedroso na saudade com dois dribles e acertou um chutaço de fora da área, sem chances para o goleiro Gatito Fernández. Na comemoração do gol, assim como no seu primeiro gol marcado nos profissionais, Jorge não se conteve e mal segurou as lágrimas,[19] já que este era o seu terceiro jogo após uma lesão que o deixou afastado mais de um mês dos gramados.[12]

Este gol participou de uma enquete promovida pelo programa "É Gol!!!", da SporTV, como o gol mais bonito do dia.[20] No final do ano, por meio de uma eleição promovida pela conta oficial do Flamengo no Twitter, os torcedores rubro-negros puderam escolher os melhores do ano em diversas categorias, e este gol foi eleito o mais bonito do ano.[21] Além do gol, Jorge se destacou na partida, sendo o maior ladrão de bolas (3 roubadas), quem mais desarmou (14) e quem mais sofreu faltas (4), ajudando o Flamengo a sair com o resultado que necessitava para se classificar.[12]

No jogo Flamengo x Botafogo, válido pela 34a rodada do Brasileirão-16, Jorge aplicou dois chapéus no mesmo lance em Camilo, do Botafogo.[22] Esta jogada foi eleita o lance mais abusado do ano no Brasil, em enquete realizada pelo programa É Gol!!!, do SporTV.[23]

O excelente Brasileirão-2016 que Jorge fez lhe rendeu o Prêmio Craque do Brasileirão como o melhor lateral esquerdo da competição.[24] Além disso, Jorge também terminou o campeonato com a melhor pontuação entre os laterais esquerdos no fantasy game Cartola FC.[25]

2017 e a Venda para o Monaco[editar | editar código-fonte]

Jorge participou de toda a pré-temporada de 2017 ainda como jogador do Flamengo.

No dia 19 de janeiro de 2017, ele foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira principal. Neste dia o técnico Tite divulgou uma lista com 23 nomes para o chamado Jogo da Amizade.[26] Após a partida, Jorge falou em tom de despedida do Flamengo.[27]

A janela de transferências está fechando. Vamos esperar o que vem pela frente. Falta pouco para janeiro terminar e conto os dias na janela. Minha cabeça, por enquanto, está no Flamengo. Se tiver que sair, não tem jeito. Vou para fazer história em algum clube da Europa.[27]
Jorge, em entrevista ao portal Uol

No dia 26 de janeiro de 2017, dia seguinte ao jogo da Seleção, foi-se oficialmente noticiado sua venda ao Monaco, da França, que o comprou ainda na janela de transferências de janeiro. Outros clubes da Europa, como o Manchester City de Pep Guardiola, por exemplo, chegaram a sondar o atleta.[27] Dois dias antes, porém, o Flamengo havia inscrito o jogador no Campeonato Carioca de 2017.[28]

O departamento de futebol do Flamengo estava relutante em se desfazer de Jorge, pois o considerava peça fundamental no time. No entanto, o clube entendia que precisava negociar atletas para movimentar seu fluxo de caixa.[27] No fim de 2016, a diretoria já sinalizava que poderia negociar o jogador se a oferta girasse entre 8 e 10 milhões de euros.[29]

Como o Flamengo deve embolsar em torno de R$ 25 milhões pelos 70% dos direitos econômicos que tinha do jogador, conforme último balanço do clube, Jorge passa a ser a maior venda da história do clube,[30] superando a de Renato Augusto em 2008, que rendeu cerca de R$ 15 milhões aos cofres rubro-negros.[31] Se considerarmos somente os defensores negociados pelos times brasileiros de 2010 a janeiro de 2017, a venda de Jorge ocupa a quinta posição.[32] Uma curiosidade é que, segundo o site Transfermarkt.de, no início do Brasileirão-16, Jorge tinha um valor de mercado de R$9,8 milhões. Ou seja, em pouco mais de 6 meses, o jogador se valorizou em mais de 100%.[33]

Seu último jogo pelo clube foi no amistoso contra o Vila Nova-GO, no Serra Dourada, realizado no dia 21 de janeiro de 2017.[34] Esta também foi sua única partida pelo clube no ano.

Monaco[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de janeiro de 2017, o lateral-esquerdo foi vendido ao Monaco, da França. Jorge foi uma indicação do ex-meia Deco ao clube francês, em negociação intermediada pelo empresário Jorge Mendes. A sua chegada atendeu a um perfil mantido pelos monegascos de contratar garotos.[1]

No dia 6 de fevereiro, Jorge foi apresentado oficialmente ao clube. Nas redes sociais do clube, a apresentação de Jorge foi promovida principalmente pela hashtag "WelcomeJorge". Um vídeo com o novo jogador já com a camisa 6 se arrumando no vestiário também foi divulgado.[35]

No mesmo dia de sua apresentação oficial, Jorge foi relacionado para um jogo pela primeira vez desde que chegou ao clube, ficando à disposição do técnico Leonardo Jardim para a partida contra o Montpellier, válida pela 24ª rodada do Campeonato Francês.[36] Sua estreia pelo clube, porém, só ocorreria no dia 1º de março, diante do Olympique de Marseille. Atuando como meia-esquerda, Jorge ajudou o Monaco a se classificar para as quartas de final da Copa da França.[37]

No dia 20 de maio diante do Rennais em partida válida pela última rodada do Campeonato Francês, Jorge marcou seu primeiro gol com a camisa do Monaco, além dele outros brasileiros como Jemerson e Fabinho marcaram e garantiram a vitória por 3 a 2 do time francês.[38]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Jorge foi chamado pela primeira vez para Seleção Brasileira Sub-20 pelo técnico Alexandre Gallo em março de 2015, para a disputa de três partidas de um torneio amistoso na Áustria,[39] que serviu como preparação para o mundial que seria disputado alguns meses depois.

Em maio de 2015, foi convocado para o Mundial da categoria, que foi disputado na Nova Zelândia.[40] Foi titular, ajudou o selecionado brasileiro a conquistar o vice-campeonato mundial sub-20,[41] e foi eleito o melhor lateral esquerdo do campeonato.[10]

Sub-23[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2015, já se destacando nos profissionais do Flamengo, foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-23 (que se preparava para os Jogos Olímpicos) para disputar o amistoso contra a seleção da França.[42]

Em novembro, foi novamente chamado para participar de dois amistosos que a equipe sub-23 do Brasil fez diante dos Estados Unidos.[43]

No dia 15 de junho de 2016, o nome do Jorge apareceu numa pré-lista com 35 nomes que o técnico da seleção olímpica, Rogério Micale, poderia contar na Olimpíada do Rio. Deste número, apenas 18 foram chamados,[44] mas o nome do Jorge não apareceu nesta lista final.

Seleção Principal[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de janeiro de 2017, ainda como jogador do Flamengo, Jorge foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira principal. Neste dia o técnico Tite divulgou uma lista com 23 nomes para o chamado Jogo da Amizade. Como este amistoso contra a Colômbia foi agendado fora da Data FIFA, apenas atletas que atuavam no futebol brasileiro foram convocados.[26]

Foi convocado novamente para substituir o lateral Felipe Luís nos jogos contra Bolívia e Chile pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2018.[45]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 13 de setembro de 2017.

Clubes[editar | editar código-fonte]

[46]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Flamengo 2014 1 0 0 1 0 0
2015 22 0 1 3 1 0 3 0 0 28 1 1
2016 32 2 2 4 0 0 2 1 1 19 1 3 57 4 6
2017 1 0 0 1 0 0
Total 54 2 3 7 1 0 2 1 1 24 1 3 87 5 7
Monaco 2016–17 2 1 0 3 0 0 0 0 0 5 1 0
2017–18 5 0 1 0 0 0 1 0 0 6 0 1
Total 7 1 1 3 0 0 1 0 0 11 1 1
Total na carreira 61 3 4 10 1 0 3 1 1 24 1 3 98 6 8

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos jogos e gols do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Sub-20

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2015 10 1 0 0,1
Total 10 1 0 0,1

Sub-23 (Olímpico)

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2015 3 0 0 0
Total 3 0 0 0

Seleção Principal

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2017 1 0 0 0
Total 1 0 0 0

Seleção Brasileira (total)

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2015 12 1 0 0,08
2017 1 0 0 00
Total 13 1 0 0,08

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo (Base)
Flamengo
Monaco

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Indicado por Deco, Jorge deixa Flamengo e é vendido ao Monaco por valor recorde». Espn. 26 de janeiro de 2017. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  2. «Rennes x Monaco - Campeonato Francês 2016-2017 - Ao vivo - globoesporte.com». globoesporte.com. Consultado em 20 de maio de 2017 
  3. oglobo.globo.com/ Vindos do futsal do Vasco, Jorge e Marlon se firmam como joias de Flamengo e Fluminense, e sonham com o ouro olímpico
  4. globoesporte.globo.com/ Vasco prepara documentos e aguarda percentual em venda de Jorge, ex-Fla
  5. «Luiz Antônio entra, time C do Fla reage e empata com o Bangu por 2 a 2». GloboEsporte.com. 16 de março de 2014. Consultado em 30 de março de 2015 
  6. extra.globo.com/ Time C do Flamengo contra Bangu contará com lateral dos juniores e quarto goleiro
  7. cbf.com.br/ Jorge comemora primeiro ano como profissional
  8. globoesporte.globo.com/ Lateral Jorge faz três em goleada no sub-20 e vê espaço: "Boa brecha"
  9. «Até logo, Capitão: Fla vence Nacional por 2 a 0 na despedida de Léo Moura». GloboEsporte.com. 5 de março de 2015. Consultado em 30 de março de 2015 
  10. a b globoesporte.globo.com/ Zaga brasileira, joia perdida e craque malinês: a seleção do Mundial Sub-20
  11. «Nautico». Nautico-PE.com.br. 15 de julho de 2015 
  12. a b c d globoesporte.globo.com/ Golaço, choro e empolgação: "A gente pode virar qualquer jogo", avisa Jorge
  13. esportes.terra.com.br/ Flamengo renova os contratos com o lateral Jorge e o meia Jajá
  14. blog433.com.br/ Jorge - O ponto positivo no ano do Flamengo
  15. sportv.globo.com/ Ricardo Rocha diz que Jorge, do Fla, é a maior revelação do futebol brasileiro
  16. globoesporte.globo.com/ Site lista promessas de Fla e Flu entre "talentos secretos" da América do Sul
  17. globoesporte.globo.com/ Jorge entra neste domingo no top 10 dos mais jovens com 50 jogos pelo Fla
  18. sportv.globo.com/ "Bomba" de Jorge a 109km/h vence enquete por gol mais bonito da rodada
  19. band.uol.com.br/ Flamengo vira sobre Figueira e vai às oitavas
  20. sportv.globo.com/ Trio do Flamengo disputa o gol mais bonito da rodada de quarta-feira
  21. espn.uol.com.br/ Eleição popular define Diego como "Cara do Mengão 2016"
  22. sportv.globo.com/ Jorge, Camilo, Sidão e mais: vote no dono do lance mais bonito de 2016
  23. sportv.globo.com/ Jorge, do Fla, aplica lençol duplo em Camilo e leva lance mais genial do ano
  24. oglobo.globo.com/ Seleção do Campeonato Brasileiro 2016 tem sete jogadores do Palmeiras e mais o técnico Cuca
  25. globoesporte.globo.com/ Cartola 2016: veja os principais dados do game no ano. Marinho se destaca
  26. a b globoesporte.globo.com/ Com Robinho e Diego, Tite convoca Seleção para jogo contra a Colômbia
  27. a b c d lance.com.br/ Flamengo acerta venda do lateral Jorge ao Monaco, da França
  28. globoesporte.globo.com/ Sem Ederson e Conca, Fla inscreve 29 jogadores para a disputa do Carioca
  29. globoesporte.globo.com/ Fla evita falar em saída de Jorge, mas vê desequilíbrio na balança da Gávea
  30. espn.uol.com.br/ Por R$ 27 milhões, Jorge é maior venda da história do Flamengo; Nicola diz quanto ficará com o clube
  31. globoesporte.globo.com/ Lateral-esquerdo Jorge é vendido ao Monaco e deixa o Flamengo
  32. globoesporte.globo.com/ Fla bate recorde com preço de Jorge, mas reacende debate: mau vendedor?
  33. lance.com.br/ Veja quais são os laterais mais caros do Brasileirão
  34. esporte.uol.com.br/ Em "modo 2016", Fla se apresenta em ritmo lento e perde para Vila Nova
  35. globoesporte.globo.com/ Jorge é apresentado no Monaco e se arrisca no francês: "Merci beaucoup"
  36. globoesporte.globo.com/ Sem perder tempo: Monaco relaciona Jorge para jogo contra o Montpellier
  37. extra.globo.com/ Na estreia de Jorge, ex-Fla, Monaco vence e avança às quartas de final da Copa da França
  38. Brasileiros decidem com três gols, e campeão Monaco dá adeus ao Francês com vitória
  39. «Jorge é convocado para Seleção sub-20». Flamengo.com.br. 28 de março de 2015. Consultado em 30 de março de 2015 
  40. esporteinterativo.com.br/ Jajá e Jorge comemoram convocação para a Seleção Sub-20: ‘Sensação maravilhosa’
  41. odia.ig.com.br/ Após Mundial Sub-20, Jorge e Jajá são integrados ao elenco profissional do Fla
  42. «Cheia de joias, Seleção olímpica é convocada para amistoso». esportes.terra.com.br. 14 de agosto de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2015 
  43. globoesporte.globo.com/ Jorge, do Fla, é chamado para seleção olímpica na vaga de Douglas Santos
  44. globoesporte.globo.com/ Lateral-esquerdo Jorge está na pré-lista da seleção brasileira olímpica
  45. Paulo, iG São (28 de setembro de 2017). «Jorge, do Monaco, é convocado para vaga de Filipe Luís na seleção - Seleção Brasileira - iG». Esporte 
  46. «Football : Jorge» (em inglês). FootballDatabase.eu. Consultado em 14 de agosto de 2015 
  47. http://www.flamengo.com.br
  48. http://www.ogol.com.br
  49. gazetaesportiva.com/ Veja os vencedores do Troféu Mesa Redonda de 2016
  50. http://globoesporte.globo.com Ao lado de Neymar e Messi, Jorge vibra com "seleção" dos melhores de agosto
  51. «FourFourTwo's 59 Best Under-21 Wonderkids in the World: 50-41». FourFourTwo 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.