Rennes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rennes
—  Comuna francesa França  —
Parlement de Bretagne-2006.jpg
Bandeira de Rennes
Bandeira
Brasão de armas de Rennes
Brasão de armas
Rennes está localizado em: França
Rennes
Localização de Rennes na França
Coordenadas 48° 06' 53" N 1° 40' 46" O
País  França
Região Armoiries Bretagne - Arms of Brittany.svg Bretanha
Departamento Blason département fr Ille-et-Vilaine.svg Ille-et-Vilaine
Administração
 - Prefeito Nathalie Appéré; 2014-2020
Área
 - Total 50,39 km²
Altitude 30 m
População (2010) [1]
 - Total 207 178
    • Densidade 4 111,5 hab./km²
Código Postal 35000, 35200, 35700
Código INSEE 35238
Sítio http://metropole.rennes.fr/

Rennes (em bretão Roazhon; em latim: Condate, Civitas Redonum) é uma comuna francesa na região administrativa da Bretanha, no departamento Ille-et-Vilaine. Rennes tinha 209 860 habitantes intramuros em 2012, sendo, portanto a maior cidade da Bretanha, a segunda das regiões do noroeste francês, a terceira do arco atlântico francês e, por fim, a décima primeira comuna mais populosa de França[2]. A sua área urbana, que contava com 690 467 habitantes em 2012, é a décima a nível nacional[3].

Além disso, Rennes é uma grande cidade estudantil. Efetivamente, em 2012, era a oitava cidade universitária contando com 63 000 estudantes[4].

Ainda em 2012 também foi considerada a melhor cidade para viver em França de acordo com a classificação feita pela revista L’Express[5].

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Rennes situa-se na região da Bretanha, no noroeste da França, a cerca de 349 km de Paris[6]. Também se situa no ponto de junção da ligação Mancha-Atlântico constituída pelo rio Vilaine e pelo canal de Ille-et-Rance. Consequentemente, as atividades do porto marítimo de Nantes-Saint-Nazaire e do de Saint-Malo são facilmente acessíveis. É importante referir que a cidade está mais próxima da costa do departamento da Mancha (64 km) que do Oceano Atlântico (90 km).

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima em Rennes é temperado oceânico com um inverno ameno, um verão quente e precipitações anuais inferiores a 700mm. Sendo assim, este local é um dos menos húmidos da região da Bretanha. Rennes conta com 1761 horas de luz solar anuais e, em média, cai neve 5 dias por ano.

Evolução demográfica[editar | editar código-fonte]

Censo populacional

Urbanismo[editar | editar código-fonte]

O sul de Rennes

Habitação[editar | editar código-fonte]

Em 1999, Rennes tinha 99 462 habitações[7]. Existem poucas construções novas, pois, nessa altura, apenas 15,6% das residências tinham sido construídas após 1990 e 18,7% antes de 1949. Existem 22 516 moradias sociais, ou seja 22,6% do número total de habitações em 1999. Isto significa que a cidade respeita o artigo 55 da lei relativa à solidariedade e à renovação urbana de dezembro de 2000 que determina que nas comunas maiores 20% dos alojamentos devem ser sociais. Note-se ainda que a maioria das habitações possui quatro (39%) ou três (23,7%) divisões. Os pequenos alojamentos representam 17,1% dos imóveis. Além disso, as habitações estão bem equipadas, sendo que 98,5% possuem aquecimento central e 52,5% garagem ou parque de estacionamento.

Espaços verdes[editar | editar código-fonte]

Parque Oberthur

A cidade compreende 811 hectares de espaços verdes cuidados, isto é 15% da superfície da cidade, sendo que 48% são parques, terrenos de desporto ou centros recreativos[8]. Os mais conhecidos são:

  • o Parque Oberthür;
  • o Parque Thabor;
  • o Centro recreativo Gayeulles;
  • o Parque Bréquigny;
  • o Centro recreativo de Landes d’Apigné e de Prévalaye.

Rennes foi recompensada em 2007 com três flores no concurso das cidades e aldeias floridas que promove o desenvolvimento de espaços verdes[9].

Cultura e património[editar | editar código-fonte]

Porte Modelaise, ponto turístico situado no centro de Rennes.

Património arquitetural[editar | editar código-fonte]

Rennes faz parte da rede francesa de Cidades e terras de Arte e História[10]. Oitenta e cinco edifícios ou parte deles são classificados como monumentos históricos, nomeadamente as fachadas dos edifícios mais antigos da cidade que estão sujeitos a regras específicas.

Património religioso[editar | editar código-fonte]

O património religioso de Rennes é muito rico; entre as principais construções encontra-se, no centro da cidade, a Catedral Saint-Pierre de Rennes de estilo neoclássico, uma das nove catedrais históricas da Bretanha.

Também no centro está localizada a Basílica Saint-Saveur protetora da cidade.

Notre-Dame-en-Saint-Melaine y parque Thabor

Na praça Sainte-Anne, uma das praças mais conhecidas, situa-se o convento dos Jacobinos (Couvent des Jacobins). Esta antiga capela gótica do Hospital Saint-Yves é, atualmente, um museu que expõe a evolução de Rennes e também acolhe o posto de turismo da cidade.

A catedral Notre-Dame-en-Saint-Melaine, antiga abadia, também se situa num local bem famoso junto ao parque do Thabor. Na realidade, o atual parque é o antigo jardim dos monges. A torre e o transepto da antiga abadia beneditina de Saint-Melaine são do século XI, no entanto tem arcos góticos que são do século XIV e uma torre encimada por uma virgem dourada.

Já na parte nova da cidade situa-se a igreja Saint-Germain. A antiga paróquia é um edifício de estilo gótico que data essencialmente dos séculos XV e XVI.

A igreja Sainte-Thérèse, de estilo art déco, foi construída entre 1932 e 1936 pelo arquiteto Hyacinthe Perrin e decorada com mosaicos de Isidore Odorico [11]. No dia 23 de setembro de 2011, a igreja foi destruída por um incêndio e teve de ser completamente restaurada. Reabriu no dia 12 de dezembro de 2004[12].

Muitos outros edifícios, principalmente católicos, formam o património religioso de Rennes: as igrejas Saint-Étienne, Saint-Hélier, a basílica Notre-Dame-de-Bonbe-Nouvelle, a capela Carmes, entre outros.

Património industrial e comercial[editar | editar código-fonte]

As construções do fim do século XIX e início do século XX representam um património imobiliário rico. O passado industrial da cidade é, contudo, menos importante que o de outras cidades de Ille-et-Vilaine, tais como Fougères, já que Rennes, por estar localizada no centro do departamento, era mais importante a nível comercial[13].

Vários pavilhões foram construídos nessa época. Tome-se como exemplo o espaço chamado Halles Martelot, edificado entre 1868 e 1871 por Jean-Baptiste Martelot, que acolhe o mercado de Lices todos os sábados de manhã.

As instalações sobre o rio Vilaine permitiram a construção de moinhos tais como o moinho de Apigné construído no século XIX perto de Le Rheu[14].

A antiga cervejaria Graff, construída em 1927 pelo arquiteto Georges-Robert Lefort, foi parcialmente destruída durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial. A cervejaria foi comprada por Kronenbourg[15] e fechou em 2003.

Também é possível encontrar outros edifícios da época industrial do início do século XX na comuna, como por exemplo pecuárias de leite.

Transporte[editar | editar código-fonte]

metrô e ônibus

O transporte urbano de Rennes é gerado pela companhia STAR-Keolis. Ele é composto do metrô, do ônibus e do sistema de bicicletas públicas

O metrô de Rennes possui uma linha (A) que liga a norte eo sul (linha B em 2019).

Rennes também tem uma grande estação de trem para viagens locais (Brest, Quimper, Saint-Malo, Nantes) e nacional (Paris : duas horas, uma hora e meia em 2017, Lyon, Lille, Strasbourg).

A cidade tem um aeroporto internacional, o Aeroporto de Rennes Bretagne (link em julho-agosto ao Porto)

Economia[editar | editar código-fonte]

Os sectores locais mais desenvolvidos são o automóvel e as telecomunicações.

PSA Peugeot Citroën, atualmente, o maior empregador da população de Rennes, abriu uma fábrica em Chartres-de-Bretagne em 1961. Technicolor emprega mais de 1000 pessoas e France Telecom R&D mais de 1200.

Rennes, depois de Paris, é a cidade que concentra mais empresas de tecnologia da informação e comunicação. Algumas das empresas mais famosas são: Atos, SFR, Orange France Telecom, Canon, Mitsubishi, etc.

Educação[editar | editar código-fonte]

Ensino superior e pesquisa[editar | editar código-fonte]

As 2 universidades de Rennes são as seguintes:

A Universidade de Rennes I, ciências sociais, junto com o IEP, "Institut d'Études Politiques de Toulouse" (Instituto de Estudos Políticos), o direito, a economia, medicina, farmácia e ciências puras.

A Universidade de Rennes II, ciências humanas, disciplinas artísticas e literárias.

ESC Rennes School of Business oou École Supérieure de Commerce de Rennes se distingue pela sua perspetiva global e corpo docente internacional. Além da certificação francesa de Grande Ecole, ESC Rennes tem os prêmios britânicos qualificações certificadas, tais como:BA, MA, MSc, Executive MBA and PhD. A escola também oferece Doctor of Business Administration (DBA) na China em cooperação com Shanghai Jiao Tong University e no Brasil com a Fundação Getúlio Vargas.

Língua bretã[editar | editar código-fonte]

Na Bretanha, duas línguas regionais são faladas: a língua bretã e a galo. Em Rennes e na região, a língua galo é tradicionalmente falada localmente. No entanto, a língua bretã sempre foi falada por migrantes vindos da parte oeste da região.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Rennes é geminada com:

Na França

Pactos de cooperação

Patrocínio

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Populations légales des communes en vigueur au 1er janvier 2013». www.insee.fr (em francês). INSEE. Dezembro de 2012. Consultado em 3 de abril de 2013 
  2. http://insee.fr/fr/themes/tableau.asp?reg_id=0&ref_id=NATTEF01214 (visto 31/10/2014)
  3. http://insee.fr/fr/themes/tableau.asp?reg_id=0&ref_id=NATTEF01203 (visto 29/06/2015)
  4. http://cache.media.enseignementsup-recherche.gouv.fr/file/Atlas_2012-2013/27/8/Atlas_1213_Web_316278.pdf Rennes p.64 (visto 31/10/2014)
  5. http://www.lavieimmo.com/prix-immobilier/ces-villes-ou-il-fait-bon-vivre-en-2012-15848.html (visto 31/10/2014)
  6. http://www.viamichelin.fr/web/Itineraires/Itineraire-Paris-75000-Ville_de_Paris-France-vers-Rennes-35000-Ille_et_Vilaine-France?strStartLocid=31NDJ2dDMxMGNORGd1T0RVMk9EUT1jTWk0ek5URXdOdz09&strDestLocid=31NDJoZW4xMGNORGd1TVRFeE56WT1jTFRFdU5qZ3dNamM9 (visto 31/10/2014)
  7. http://archive.wikiwix.com/cache/?url=http://www.recensement.insee.fr/RP99/rp99/c_affiche.affiche?nivgeo=C%26codgeo=35238%26produit=P_LOGA%26theme=ALL%26typeprod=ALL%26lang=FR&title=%C2%AB%C2%A0Logements%20%C3%A0%20Rennes%20%C2%A0%3A%20les%20occupants%C2%A0%C2%BB (visto 31/10/2014)
  8. http://archive.wikiwix.com/cache/?url=http://www.rennes.fr/index.php?id=1248%26id=1248&title=%C2%AB%C2%A0Rennes%C2%A0%3A%20Les%20chiffres%20de%20l%E2%80%99environnement%C2%A0%C2%BB (visto 31/10/2014)
  9. http://archive.wikiwix.com/cache/?url=http://www.villes-et-villages-fleuris.com/leconcours/palmaresdep/P35.htm&title=%C2%AB%C2%A0Palmar%C3%A8s%20des%20communes%20labellis%C3%A9es%20d%E2%80%99Ille%20et%20Vilaine%20(35)%C2%A0%C2%BB (visto 31/10/2014)
  10. http://www.vpah.culture.fr/vpah/bretagne/renne-pr.htm (visto 31/10/2014)
  11. http://www.bretagne-racines.ac-rennes.fr/p350033W/pages/01formation/esainthe/1epage01.htm (visto 31/10/2014)
  12. http://rennes.catholique.fr/Une-eglise-renait-de-ses-cendres.html (visto 31/10/2014)
  13. http://patrimoine.region-bretagne.fr/main.xsp?execute=show_document&id=MERIMEEIA35000705 (visto 31/10/2014)
  14. http://patrimoine.region-bretagne.fr/main.xsp?execute=show_document&id=MERIMEEIA35000466 (visto 31/10/2014)
  15. http://patrimoine.region-bretagne.fr/main.xsp?execute=show_document&id=MERIMEEIA35000572 (visto 31/10/2014)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.