Nicolás Federico López

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicolás López
Nico Lopez cropped.jpg
Informações pessoais
Nome completo Nicolás Federico López Alonso
Data de nasc. 1 de outubro de 1993 (24 anos)
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade uruguaio
Altura 1,79 m
Canhoto
Apelido Nico, El Diente
Informações profissionais
Clube atual Internacional
Número 7
Posição Atacante
Clubes de juventude
2004–2010
2010–2011
Montevideo Wanderers
Nacional
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2012
2012–2013
2013–2016
2014–2015
2015–2016
2016
2016–
Nacional
Roma
Udinese
Verona (emp.)
Granada (emp.)
Nacional (emp.)
Internacional
0006 0000(3)
0007 0000(1)
0027 0000(3)
0026 0000(5)
0010 0000(0)
0021 000(11)
0067 000(18)
Seleção nacional
2013 Uruguai Sub-20 0016 000(10)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 25 de novembro de 2017.

Nicolás Federico López Alonso, mais conhecido como Nicolás López, ou simplesmente Nico López (Montevidéu, 1 de outubro de 1993), é um futebolista uruguaio que atua como atacante. Atualmente joga pelo Internacional.

Carreira[editar | editar código-fonte]

López começou sua carreira no futebol na base do Montevideo Wanderers, mas foi originalmente rejeitado depois que ele foi considerado não ser fisicamente forte o suficiente para jogar profissionalmente. Depois disso, foi para a base do Nacional.

Em 24 de abril de 2011, depois de ser promovido pelo técnico Juan Ramón Carrasco, López fez sua estreia aos 17 anos em um jogo contra o Central Español, onde também marcou seu primeiro gol como profissional.[1]

Nico López no Roma

Em agosto de 2011, López esteve envolvido em uma briga com o Nacional. Depois de vários desentendimentos com o clube, seu empresário pagou a multa rescisória junto ao Nacional e o levou para a Roma.[2] Fez sua estreia na Serie A no dia 26 de agosto de 2012 logo marcando um gol contra o Catania nos últimos minutos de jogo, dando o empate a Roma.[3]

Após ser comprado pela Udinese e ter jogado a temporada 2014–15 pelo Verona, foi emprestado ao Granada.[4]Em janeiro de 2016, voltou ao seu clube de coração, o Nacional. Teve um início arrasador no Torneio Clausura, marcando 5 gols nos 5 primeiros jogos. Pela Copa Libertadores, marcou no empate em 1 a 1 contra o Rosário Central no Gigante de Arroyito e na vitória por 2 a 1 contra o Palmeiras, no Allianz Parque.[5][6] Na abertura do returno do grupo, voltou a marcar contra o Palmeiras, dessa vez no Gran Parque Central.[7]

No jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, marcou o primeiro gol contra o Corinthians, na Arena Corinthians, jogo que classificou o Nacional as quartas de final após empate em 2 a 2.[8]

Internacional[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de julho, foi anunciado como novo reforço do Internacional,[9] o clube gaúcho pagou cerca de 11 milhões de dólares ou cerca de 35,8 milhões de reais para contratar o jogador e contrato de quatro anos.[10]

Marcou seu primeiro gol com a camisa do Internacional em jogo contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil, na vitória por 3 a 0.[11]Em sua primeira temporada, sofreu com algumas lesões, fazendo apenas 14 jogos e 1 gol, não conseguindo evitar o inédito rebaixamento do Internacional.[12]

Em 2017, vem sendo um dos destaques do time, e o vice-goleador na Série B, com seis tentos, dois a menos que William Pottker.[13]Em 16 de setembro, marcou o gol que fechou a vitória do Internacional sobre o Figueirense por 3–0, chegando a 14 gols no ano e se tornando o artilheiro do Inter na temporada, ultrapassando Brenner, hoje no Botafogo, que tem 13 gols.[14]Na última rodada, marcou os dois gols da vitória por 2–0 sobre o Guarani, chegando a 17 gols no ano e terminando a temporada como artilheiro do Internacional, além do acesso para a Série A de 2018, após o vice-campeonato na Série B.[15]

Seleção Uruguaia[editar | editar código-fonte]

Disputou o Sul-Americano Sub-20 de 2013, onde foi artilheiro do campeonato com seis gols, e a Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2013, conquistando o segundo lugar ao perder para a França. Também recebeu a Bola de Prata como o segundo melhor jogador do torneio, perdendo apenas para o francês Paul Pogba.[16]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 25 de novembro de 2017.[17]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Nacional 2010–11 4 3 4 3
2011–12 2 0 2 0
Total 6 3 6 3
Roma 2012–13 6 1 1 0 7 1
Total 6 1 1 0 7 1
Udinese 2013–14 21 2 4 1 1 0 26 3
2014–15 1 0 1 0
Total 21 2 5 1 1 0 27 3
Verona 2014–15 24 5 2 0 26 5
Total 24 5 2 0 26 5
Granada 2015–16 8 0 2 0 10 0
Total 8 0 2 0 10 0
Nacional 2015–16 12 7 9 4 21 11
Total 12 7 9 4 21 11
Internacional 2016 12 0 2 1 14 1
2017 32 9 5 2 16 6 53 17
Total 44 9 7 3 0 0 16 6 67 18
Total na carreira 121 27 17 4 10 4 16 6 164 41

Seleção Uruguaia[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-20

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacional
Internacional

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Nacional se arma hasta los dientes» (em espanhol). referi.uy. 16 de janeiro de 2016 
  2. «La Roma annuncia Lopez. Può già allenarsi a Trigoria» (em italiano). corrieredellosport.it. 8 de dezembro de 2011 
  3. «Nico López salvó el debut de Roma» (em espanhol). Ovación. 26 de agosto de 2012 
  4. «Nico López refuerza al Granada» (em espanhol). Marca. 5 de agosto de 2015 
  5. «Nacional deixa vitória na Argentina escapar após sofrer gol de pênalti nos acréscimos». Globo Esporte. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  6. «Mesmo com dois a mais, Palmeiras perde para Nacional, e Marcelo Oliveira é demitido». Globo Esporte. 9 de março de 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  7. «Palmeiras perde de novo para o Nacional e vê vaga ficar mais distante». Globo Esporte. 17 de março de 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  8. «De novo! Corinthians só empata com o Nacional-URU e está fora da Libertadores». Globo Esporte. 4 de maio de 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  9. «Inter contrata atacante uruguaio Nico López». Site oficial do SC Internacional. 19 de julho de 2016. Consultado em 19 de julho de 2016 
  10. «Inter supera prazo apertado de janela e fecha contratação de Nico López». Globo Esporte. 19 de julho de 2016. Consultado em 21 de julho de 2016 
  11. «Internacional x Fortaleza». Globo Esporte. 31 de agosto de 2016. Consultado em 31 de agosto de 2016 
  12. «Pecados capitais! Veja os sete erros que levaram Inter ao rebaixamento». Lancenet.com. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
  13. «Artilheiro do Inter, Nico López perde posto para Damião e vira "reserva de luxo"». Globo Esporte. 9 de agosto de 2017. Consultado em 9 de agosto de 2017 
  14. «Inter goleia o Figueirense e reassume liderança da Série B». zh.clicrbs.com.br. 16 de setembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2017 
  15. «Fim do drama! Inter vence, finaliza Série B em segundo e Guarani vibra com permanência». Globoesporte.com. 25 de novembro de 2017. Consultado em 25 de novembro de 2017 
  16. «Top honours to captain Pogba» (em inglês). FIFA.com. 14 de julho de 2013. Consultado em 14 de julho de 2013 
  17. «Perfil de N. López». Soccerway. Consultado em 24 de abril de 2016 
  18. «Matheus é o melhor jogador da seleção do Gauchão». Gaúcha. Consultado em 8 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]