Renan Teixeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Renan Teixeira
Informações pessoais
Nome completo Renan Teixeira da Silva
Data de nasc. 29 de março de 1985 (34 anos)
Local de nasc. Caieiras, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
italiano[1]
Altura 1,81 m
destro
Apelido Renanzinho
Informações profissionais
Período em atividade 2004–2019 (15 anos)
Clube atual Aposentado
Posição Volante
Clubes de juventude
2002–2004 São Paulo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2004–2005
2006
2007
2007–2008
2008
2009
2010
2011–2012
2012
2012–2013
2014
2014
2015
2015–2016
2016
2016
2017–2018
2019
São Paulo
Juventude (emp.)
Cruzeiro (emp.)
Al-Ittihad (emp.)
Vitória (emp.)
Atlético-MG (emp.)
Guarani (emp.)
Vitória de Guimarães
Atlético-PR
Sport
Linense
Académico Viseu
São Bento
Portuguesa
São Bento
Tupi
Joinville
Central
0077 0000(1)
0029 000(12)
0006 0000(1)
0014 0000(6)
0049 0000(0)
0051 0000(1)
0030 0000(4)
0020 0000(1)
0019 0000(1)
0028 0000(2)
0011 0000(0)
0006 0000(0)
0012 0000(1)
0035 0000(3)
0002 0000(0)
0022 0000(1)
0038 0000(3)
0006 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de setembro de 2019.

Renan Teixeira da Silva, anteriormente conhecido como Renan Silva, atualmente como simplesmente Renan Teixeira (Caieiras, 29 de março de 1985), é um ex-futebolista brasileiro naturalizado italiano que atuava como volante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

O jogador foi revelado pelo São Paulo, onde atuou pouco durante dois anos e não teve muitas oportunidades. No tricolor paulista fez 77 partidas e marcou 1 gol. Em 2006, o volante foi emprestado para o Juventude, se destacando. No ano seguinte, foi novamente emprestado, dessa vez ao Cruzeiro, porém o atleta foi pouco aproveitado pelo então treinador Paulo César Gusmão e sofreu uma grave, deixando a equipe mineira.

No mesmo ano, transferiu-se para o futebol árabe, teve boas atuações e acabou contratado, por empréstimo, pelo Vitória na temporada seguinte, o atleta foi muito bem, chamando a atenção do treinador do Atlético Mineiro, Emerson Leão que pediu sua contratação no início da temporada 2009. Atuando pelo Galo, Renan foi um dos mais regulares jogadores, tornou-se titular e mesmo após a demissão de Leão, o jogador foi mantido no esquema de Celso Roth. O alvinegro mineiro fez um bom Campeonato Brasileiro mas acabou tropeçando no final e perdendo a vaga na Copa Libertadores.

No 2010, Renan não renovou com o Atlético e foi dispensado, retornando ao clube que detém seus direitos, o São Paulo.e Foi Emprestado ao Guarani.

Em janeiro de 2011 o volante acertou sua ida para o Vitória de Guimarães, de Portugal.

Em janeiro de 2012 acertou sua volta para o brasil, desta vez para o Atlético Paranaense. No entanto, rescindiu seu contrato no dia 4 de julho.[2]

No dia 5 de julho de 2012, acertou com o Sport até o final do ano seguinte para substituir o volante Hamílton, afastado do grupo rubro-negro. Pouco mais de um ano depois, no dia 13 de setembro de 2013, foi dispensado pelo clube.[3]

No dia 14 de janeiro de 2013, acertou com o Linense.

Em janeiro de 2015 acertou contrato com São Bento para a disputa do Campeonato Paulista.

Em maio de 2015 acertou contrato com a Portuguesa para a disputa do Campeonato Brasileiro Série C.

Tupi[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro gol pelo time mineiro foi contra o Vasco, fazendo o gol de empate, e a partida ficou 2 a 2 no Mário Helênio. Foi um dos líderes do Carijó na campanha contra o rebaixamento do time para a Série C.[4] Mas o time acabou sendo rebaixado na partida contra o Atlético Goianiense, perdendo de 5 a 3 e vendo o Atlético sagrar-se campeão da Série B antecipadamente.

Títulos[editar | editar código-fonte]

São Paulo

Referências

  1. «Perfil de Renan Silva». Transfermarkt 
  2. Fernando Freire (4 de julho de 2012). «Atlético-PR confirma saída de Renan Teixeira, que deve acertar com o Sport». GloboEsporte.com. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  3. Elton de Castro (13 de setembro de 2013). «Volante Renan Teixeira é dispensado do Sport e clube arcará com multa». GloboEsporte.com. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  4. «Renan Teixeira deixa aposentadoria de lado para cumprir meta no JEC: "Falta algo"». GloboEsporte.com. 16 de dezembro de 2017. Consultado em 12 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.