Lúcio Carlos Cajueiro Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lúcio
Lúcio
Lúcio atuando pelo Hertha Berlin, da Alemanha.
Informações pessoais
Nome completo Lúcio Carlos Cajueiro Souza
Data de nasc. 20 de junho de 1979 (38 anos)
Local de nasc. Olinda, Pernambuco (PE),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 75 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 2000presente (17 anos)
Clube atual sem clube
Posição Lateral-esquerdo e Meio-campista
Clubes de juventude
19971999 Brasil Unibol
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20002001
2000
2001
20022003
2002
20032007
2006
2007
20072010
2009
20102011
2012
2013
2015
2015
2016
Brasil São Bento
Brasil Gama (emp.)
Brasil XV de Piracicaba
Brasil Ituano
Brasil São Caetano (emp.)
Brasil Palmeiras
Brasil São Paulo (emp.)
Brasil Grêmio (emp.)
Alemanha Hertha Berlin
Brasil Grêmio (emp.)
Brasil Grêmio
Brasil Náutico
Brasil Fortaleza
Brasil Salgueiro
Brasil Santa Cruz
Brasil Veranópolis
0022 0000(3)
0015 0000(0)
0006 0000(0)
0049 0000(5)
0015 0000(0)
0075 0000(8)
0015 0000(1)
0006 0000(1)
0010 0000(1)
0011 0000(1)
0078 0000(2)
0023 0000(1)
0010 0000(1)
0020 0000(0)
0015 0000(0)
0008 0000(0)

Lúcio Carlos Cajueiro Souza, mais conhecido como Lúcio (Olinda, 20 de junho de 1979), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo e meio-campista. Após atuar no Campeonato Gaúcho em 2016 pelo Veranópolis, atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Lúcio jogou nas categorias de base do Unibol, de Pernambuco, e iniciou a carreira pelo São Bento. Seus principais feitos foram, ter sido artilheiro da Série A-3 do Campeonato Paulista, em 1999, pelo São Bento de Sorocaba e campeão paulista de 2002 pelo Ituano.

Lúcio recebeu a informação do então treinador do Hertha Berlin que não seria utilizado nesta temporada e procurou um clube brasileiro para seu retorno. Grêmio, Fluminense e Corinthians tiveram interesse em repatriar Lúcio.[1] E o jogador preferiu o Grêmio.[2] A direção informou que o jogador interessava e o contratou.

Em 19 de agosto de 2009 foi acertada a sua transferência para o Grêmio por empréstimo até junho de 2010[3] No dia 14 de fevereiro de 2010, Lúcio rompeu os ligamentos do joelho esquerdo, em partida contra o São José, de Porto Alegre. Ele rompeu os ligamentos cruzado anterior e o colateral medial, tendo de se submeter a uma cirurgia para reparação dos ligamentos, com tempo de retorno aos gramados de aproximadamente seis meses.[4].Após a recuperação da lesão, ele consegue retornar a equipe titular no Grêmio como meio campista, e encerra a temporada 2010 como titular. No final de 2010, o Grêmio firma um novo vinculo com Lúcio pelo período de 2 anos, tendo como fator determinante para a renovação do vínculo o carinho pela torcida por parte de Lúcio.

Em 16 de março de 2012, Lúcio rescindiu seu contrato com o Grêmio, ficando livre para procurar clube. Em maio de 2012, foi anunciado pelo Náutico para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A.

No dia 20 de março de 2013, Lúcio foi anunciado pelo Fortaleza.[5]

Em janeiro de 2015, Lúcio acertou com o Salgueiro, após ficar 1 ano e meio sem atuar por nenhuma equipe.[6] Foi vice-campeão Pernambucano em 2015.

Após o pernambucano ganhou um oportunidade de ouro e fechou com o Santa Cruz para a disputa da Série B de 2015[7]. Participou do elenco que levou o tricolor de volta a elite do futebol brasileiro.


Títulos[editar | editar código-fonte]

São Bento

Campeonato Paulista da Série A3: 2001

Ituano
Palmeiras
São Paulo
Grêmio

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Palmeiras
  • Taça 125 Anos do Corpo de Bombeiros: 2005[8]
São Paulo
Grêmio
Salgueiro

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.