Gurupi Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gurupi
Gurupi EC.png
Nome Gurupi Esporte Clube
Alcunhas Camaleão do Sul
Mascote Camaleão
Fundação 13 de junho de 1988 (26 anos)
Estádio Estádio Gilberto Rezende Rocha (Rezendão)
Capacidade 3.000[1]
Localização Gurupi, (TO)
Brasil
Presidente Brasil Wilson de Souza Castilho
Treinador Sandro Goiano
Material esportivo Brasil Dal Ponte
Competição Tocantins Campeonato Tocantinense
Ranking nacional 77º (800 pontos)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

O Gurupi Esporte Clube é um clube de futebol brasileiro cidade da Gurupi, no estado de Tocantins.

História[editar | editar código-fonte]

O Gurupi foi fundado em 13 de junho de 1988, por dissidentes do clube Olaria de Gurupi. Seu primeiro presidente foi Orlando Matos, o qual permaneceu no cargo até março do ano seguinte, quando o comando para Antônio Carlos de Paula Silveira Melo. Já presidiram o clube André Figueiredo, Júlio Kenner, Carlos Café, Carlos Barcelos, Valnir Soares, Silvério Filho, Ezemi Nunes, Iran França e o atual Wilson de Souza Castilho (2006/2010 e a partir de março de 2011 com a renúncia de Iran França que ficou no cargo somente 90 dias)[2]


Em sua participação na primeira edição do Campeonato Tocantinense, em 1993, terminou na sexta colocação. Em 1995, foi vice-campeão nas duas competições do futebol tocantinense: o Estadual e a Copa Tocantins. A campanha proporcionou a participação do Gurupi pela primeira vez em uma competição nacional, o Campeonato Brasileiro da Série C, quando terminou na quinquagésima colocação entre 107 clubes participantes. Na segunda fase, o Gurupi acabou sendo eliminado pelo Guará.

Em 1996, conquistou seu primeiro título estadual, após vencer o Kaburé na cobrança de penalidades por 6 a 5. No ano seguinte, o clube obteve o bicampeonato, desta vez batendo o Interporto na final.

Em 2003 e em 2008, foi vice-campeão tocantinense, perdendo os títulos para o Palmas e para o Tocantins. O tricampeonato foi alcançado em 2010. Na primeira partida da decisão contra o Araguaína, o Gurupi conheceu sua única derrota em toda a competição, perdendo pelo placar mínimo. Na partida de volta, porém, venceu por 3 a 1 e garantiu seu terceiro título, além da inédita participação na Copa do Brasil do ano seguinte. Na Copa do Brasil, em sua primeira participação foi eliminado pelo Paraná, ao empatar em 1 a 1 em casa e perder por 3 a 0 em Curitiba.

Em 2011, é novamente campeão do estadual, batendo o Interporto na final.

Em 2012 conquista o tricampeonato consecutivo do estadual vencendo o Tocantinópolis na final.

No começo de 2013 a equipe ameaçou desistir do campeonato estadual por falta de verba da cidade. Mesmo com a falta de verba a equipe decidiu participar do torneio.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

(1996, 1997, 2010, 2011, 2012).

Categorias de base[editar | editar código-fonte]


Desempenho em competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro (Série C)
Ano 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999
Pos. 50° 29°
Ano 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
Pos. 38°
Campeonato Brasileiro (Série D)
Ano 2013
Pos.
Copa do Brasil
Ano 2011 2012 2013
Pos. 48º 56º 60º
Campeonato Tocantinense
Ano 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999
Pos.
Ano 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
Pos.
Ano 2010 2011 2012 2013 2014
Pos.


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Artilharia
Atleta Competição Ano Gols
Demir Tocantins Campeonato Tocantinense 2010 Gol marcado 12
Hélder Tocantins Campeonato Tocantinense 2011 Gol marcado 8


Presidentes[editar | editar código-fonte]

  • 1988 a 1989 – Orlando Matos
  • 1989 a 1995 - Antônio Carlos de Paula Silveira Melo
  • 1995 a ? - Josimar de Figueiredo
  • Júlio Kenner
  • Francisco Idejair Viana Macedo
  • Carlos Café
  • 2003 a 2004 - Carlos Barcellos
  • 2004 a 2005 - Valnir de Sousa Soares
  • 2005 a 2006 - Silvério Maciel Filho
  • 2006 a 2010 - Wilson de Souza Castilho[3]
  • 2011 a dias atuais - Iran França[4]


Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Última atualização: 29 de março de 2013.

Legenda
  • Capitão: Capitão
  • Lesionado: Jogador lesionado
  • +: Jogador em fase final de recuperação
  • Suspenso. : Jogador suspenso


Goleiros
Jogador
Brasil João Lucas Farm-Fresh award star silver 2.png
Brasil Matheus
Brasil Milton Boqueirão
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Anderson Cristo Z
Brasil George Z
Brasil Leonan Z
Brasil Marraquete Z
Brasil Renatinho LD
Brasil Rigo LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Hermeson V
Brasil Jair Bahia V
Brasil Urânio Capitão V
Brasil Vitor Teles V
Brasil Israel M
Brasil Renatinho Goiano M
Brasil Wellington Cabeça M
Atacantes
Jogador
Brasil Anderson Marabá
Brasil Héder
Brasil Lourival
Brasil Lúcio Bala
Brasil Neguinho Farm-Fresh award star silver 2.png
Brasil Paraguaio
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Luís Carlos T

Torcidas organizadas[editar | editar código-fonte]

  • Máfia Gurupiense(MG): criada em março de 2008.

Rivalidade[editar | editar código-fonte]

Os principais rivais do Gurupi E.C. no estado são o Palmas e o Araguaina. Juntos, são os três maiores times do estado.

Links externos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. CNEF - Cadastro Nacional de Estádios de Futebol CBF, acessado em 14 de maio de 2010
  2. Gurupi foi fundado em 1988 A Notícia, acessado em 2 de fevereiro de 2011
  3. Castilho é o novo presidente do Gurupi Esporte Clube A Notícia, acessado em 2 de fevereiro de 2011
  4. Iran França é o novo presidente do Gurupi Esporte Clube Conexão Tocantins, acessado em 2 de fevereiro de 2011
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.