Francisco Reyes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Francisco Reyes
Informações pessoais
Nome completo Francisco Santiago Reyes Villalba
Data de nasc. 04 de julho de 1941
Local de nasc. Assunção,  Paraguai
Falecido em 31 de julho de 1976 (35 anos)
Local da morte Assunção,  Paraguai
Apelido Kiko Reyes
Informações profissionais
Posição Meio-campo/Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1960–1961
1962–1965
1964
1966–1967
1967–1973
1969
1974-1975
Paraguai Presidente Hayes
Paraguai Olimpia
Argentina River Plate
Espanha Atlético de Madrid
Brasil Flamengo
Brasil Campo Grande (emp.)
Paraguai Olimpia




196 (7)
Seleção nacional
1961-1965 Paraguai Paraguai ? (?)
Times/Equipas que treinou

Francisco Santiago Reyes Villalba, mais conhecido por Reyes (Assunção, 4 de julho de 1941 - Assunção, 31 de julho de 1976), foi um futebolista paraguaio. Atuou como volante e, posteriormente, zagueiro.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo pequeno clube paraguaio Presidente Hayes, transferiu-se para o Olimpia, um dos maiores do seu país, em 1962. Conquistou dois títulos nacionais e chegou à seleção paraguaia. Teve ainda passagem pelo River Plate argentino.[1]

No Brasil, defendeu o Flamengo, vindo de uma passagem pelo Atlético de Madrid. Chegou ao clube em junho de 1967, jogando como titular do meio-campo até o fim da temporada. Nos dois anos seguintes, suas atuações foram limitadas devido ao excesso de jogadores estrangeiros no elenco do clube. Chegou a ser emprestado nos últimos meses de 1969 ao Campo Grande, pelo qual conquistou o Torneio Otávio Pinto Guimarães.[1]

De volta ao Flamengo, acabou encontrando seu lugar na quarta-zaga, posição em que valorizava sua técnica, sua ótima saída de jogo e sua perfeita antecipação.[1]Em 1970, recebeu a Bola de Prata da revista revista Placar como o melhor jogador da posição no Torneio Roberto Gomes Pedrosa daquele ano. A média de notas obtida pelo jogador por suas atuações foi a mais alta entre todos os atletas de todas as posições.[2] Não recebeu, no entanto, a Bola de Ouro da publicação, pois esta seria instituída apenas em 1973.

Jogou sua última partida oficial pelo Flamengo em 15 de dezembro de 1973, na vitória por 3 a 2 sobre o America pelo Campeonato Brasileiro. Ao todo, atuou em 196 partidas e marcou 7 gols pelo clube. Conquistou os títulos do Campeonato Carioca de 1972 e a Taça Guanabara em 1970, 1972 e 1973, além do Torneio do Povo de 1972.

Em janeiro de 1974, despediu-se do Flamengo para retornar ao Olimpia, onde conquistaria mais um título paraguaio.

Morte[editar | editar código-fonte]

Faleceu precocemente em Assunção, em 31 de julho de 1976, poucas semanas depois de completar 35 anos, vítima de leucemia.[1]

Referências

  1. a b c d e DO VALLE, Emmanuel (31 de julho de 2016). «Quarenta anos sem Reyes, ídolo de técnica e raça na aga e no meio-campo do Fla». Flamengo Alternativo. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  2. Os donos da Bola de Prata (11 dez. 1970). Placar n. 39. São Paulo: Editora Abril, p. 15
Bandeira de ParaguaiSoccer icon Este artigo sobre um futebolista paraguaio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.