Frederico Rodrigues Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fred
Fred
Fred em 2018, pela Seleção Brasileira.
Informações pessoais
Nome completo Frederico Rodrigues de Paula Santos
Data de nasc. 5 de março de 1993 (28 anos)
Local de nasc. Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,69 m
canhoto
Apelido Fred, Fredinho
Informações profissionais
Clube atual Manchester United
Número 17
Posição volante
Clubes de juventude
2003–2009
2009
2010–2012
Atlético Mineiro
Porto Alegre
Internacional
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012–2013
2013–2018
2018–
Internacional
Shakhtar Donetsk
Manchester United
Seleção nacional
2013
2014
2015–2016
2014–
Brasil Sub-20
Brasil Sub-21
Brasil Sub-23
Brasil

Frederico Rodrigues de Paula Santos, mais conhecido como Fred (Belo Horizonte, 5 de março de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente joga no Manchester United.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Começou nas categorias de base do Atlético-MG, e em 2009 foi para o Porto Alegre.[1] No ano seguinte, foi levado pelo empresário ao Beira-Rio. Em 2011, fez parte do Inter B, extinto depois da eliminação no Gauchão daquele ano.[2]

Aos 19 anos, o jogador foi aproveitado em partidas do Gauchão de 2012, e fez sua estreia no dia 26 de janeiro de 2012. Fred permaneceu no Internacional até junho de 2013 onde venceu o Campeonato Gaúcho duas vezes.

Shakhtar Donetsk[editar | editar código-fonte]

Fred atuando pelo Shakhtar Donetsk.

Foi contratado pelo Shakhtar Donetsk no dia 26 de junho de 2013.[3] Ele marcou dois gols em sua estreia competitiva na Supercopa da Ucrânia, ajudando o Shakhtar a vencer por 3 a 1 o Chornomorets Odessa.

Durante a crise ucraniana, Fred estava entre os seis jogadores do Shakhtar que se recusaram a retornar a Donetsk em julho de 2014, após um amistoso de pré-temporada contra o Lyon, na França[4].

Em 21 de fevereiro de 2018, Fred marcou seu primeiro gol na UEFA Champions League na primeira partida das oitavas-de-final contra a Roma, com o Shakhtar vencendo por 2 a 1.[5]

Com o Shakhtar, Fred ganhou 10 troféus, incluindo quatro títulos da Premier League da Ucrânia.[6]

Manchester United[editar | editar código-fonte]

Em 21 de junho de 2018, foi anunciado pelo Manchester United, assinando contrato por cinco temporadas ao custo de 55 milhões de euros (R$ 240 milhões).[7] Em 11 de agosto de 2018, ele estreou no clube com uma vitória por 2 a 1 sobre o Leicester City na 1° rodada da Premier League[8].

Fred marcou seu primeiro gol pelo Manchester United contra o Wolverhampton Wanderers em 22 de setembro de 2018, em um empate 1-1.[9]

Em 27 de fevereiro de 2020, Fred marcou dois gols e deu uma assistência na partida da Liga Europa da UEFA contra o Club Brugge, que vencera por 5–0 e 6–1 no total. [10] Ao fim do torneio, no qual os Red Devils caiu nas semis, Fred foi selecionado para a Seleção da Liga Europa.[11]

Em 11 de abril de 2021, Fred marcou o gol de empate aos 57 minutos no jogo da Premier League contra o Tottenham Hotspur, no qual os Red Devils venceram por 3–1.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Fred pela Seleção na Copa do Mundo FIFA de 2018.

Devido ao corte de Rômulo, foi convocado por Dunga para a Seleção Brasileira no dia 11 de novembro de 2014 para amistosos.[12] Fez sua estreia no dia 12 de novembro de 2014, contra a Turquia.[13]

Disputou a Copa América de 2015 substituindo Luiz Gustavo, outro jogador cortado por lesão.[14]

Foi convocado para a Seleção Brasileira Olímpica para a disputa dos Jogos Olímpicos de 2016, dois dias depois do fim de sua suspensão.[15] Porém, não foi liberado pelo seu clube, o Shakhtar Donetsk. Foi substituído por Walace.[16]

No dia 14 de abril de 2018, foi chamado por Tite para a disputa da Copa do Mundo de 2018. Não atou em nenhuma das 5 partidas da Seleção.[17]

Esteve presente nas duas primeiras convocações de Tite pós Copa do Mundo de 2018, na qual atuou contra os Estados Unidos, El Salvador e Arábia Saudita.[18]

Após boa temporada no Manchester United, Fred voltou a ser convocado para a Seleção Brasileira no dia 14 de maio de 2021, para as partidas contra Equador e Paraguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022.[19] Pouco depois, no dia 9 de junho de 2021, Fred foi convocado para a disputa da Copa América de 2021.[20]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Doping[editar | editar código-fonte]

Submetido a exame de controle de dopagem ainda durante a Copa América, foi detectado na amostra de urina de Fred a presença da substância proibida no esporte hidroclorotiazida. A CONMEBOL o suspendeu de atuar por um ano apenas âmbito de partidas organizadas pela entidade.[21] No entanto, a FIFA posteriormente ampliou a sanção a nível mundial valendo até 27 de junho de 2016.[22]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Categoria de Base[editar | editar código-fonte]

Internacional

Profissional[editar | editar código-fonte]

Internacional
Shakhtar Donetsk

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Fred tem Assis como empresário» 
  2. «Fred, a nova promessa do Inter» 
  3. «Shakhtar anuncia contratação de Fred, do Internacional». ESPN.com.br. 26 de junho de 2013. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  4. Press, Associated; staff, Guardian (21 de julho de 2014). «Six Shakhtar Donetsk players refusing to return to Ukraine due to conflict». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  5. UEFA.com (21 de fevereiro de 2018). «Slick Shakhtar come from behind to beat Roma». UEFA.com (em inglês). Consultado em 15 de junho de 2021 
  6. «The story so far for new Manchester United signing Fred». www.manutd.com (em inglês). Consultado em 15 de junho de 2021 
  7. «Fred assina por cinco anos com o United e é anunciado sob os elogios de Mourinho». Globoesporte.com. 21 de junho de 2018 
  8. «The perfect midfield partner? Paul Pogba rates Fred's Manchester United debut». Metro (em inglês). 11 de agosto de 2018. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  9. «Mourinho 'expected more' from players». BBC Sport (em inglês). Consultado em 15 de junho de 2021 
  10. «Ighalo scores first goal as Man Utd qualify». BBC Sport (em inglês). Consultado em 15 de junho de 2021 
  11. «A Seleção da Europa League 2019-20». pt.besoccer.com. Consultado em 15 de junho de 2021 
  12. «Rômulo se machuca e Fred, do Shakhtar, é convocado por Dunga». Lancenet!. 11 de novembro de 2014 
  13. «Brasil goleia a Turquia por 4 a 0 e Neymar é aplaudido de pé». www.uol.com.br. Consultado em 15 de junho de 2021 
  14. «CBF confirma Fred, do Shakhtar, como substituto de Luiz Gustavo para a Copa América». ESPN. 3 de junho de 2015 
  15. «Confira a lista de 18 convocados da seleção brasileira para as Olimpíadas». Agência Brasil. 29 de junho de 2016 
  16. «Rio 2016: CBF chama Renato Augusto e Walace para substituir Douglas Costa e Fred». Agência Brasil. 14 de julho de 2016 
  17. «Lista fechada: Tite anuncia os 23 convocados para a Copa do Mundo». ge. Consultado em 15 de junho de 2021 
  18. «Lista de convocados da seleção brasileira para os primeiros amistosos pós-Copa». Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes. 17 de agosto de 2018. Consultado em 15 de junho de 2021 
  19. «Tite convoca seleção para Eliminatórias com Daniel Alves de lateral». Folha de S.Paulo. 14 de maio de 2021. Consultado em 15 de junho de 2021 
  20. «Tite define convocados da Seleção Brasileira para a Copa América 2021». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 15 de junho de 2021 
  21. «Conmebol suspende Fred por um ano por flagra no doping na Copa América». Globoesporte. 14 de dezembro de 2015 
  22. «Doping: Fifa estende punição do volante Fred para um ano». Agência Brasil. 5 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]