Alex Sandro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Alex Sandro
Alex Sandro
Alex Sandro jogando pela Juventus em 2021
Informações pessoais
Nome completo Alex Sandro Lobo Silva
Data de nascimento 26 de janeiro de 1991 (33 anos)
Local de nascimento Catanduva, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,80 m[1]
canhoto
Apelido Japa
Informações profissionais
Clube atual Juventus
Número 12
Posição lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2005–2008 Atlético Paranaense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008–2010
2010–2011
2010–2011
2011–2015
2015–
Atlético Paranaense
Deportivo Maldonado
Santos (emp.)
Porto
Juventus
0017 0000(1)
0000 0000(0)
0053 0000(3)
0137 0000(3)
0315 000(15)
Seleção nacional3
2011
2012
2011–
Brasil Sub-20
Brasil Sub-23
Brasil
0010 0000(0)
0004 0000(0)
0040 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 15 de janeiro de 2024.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 28 de novembro de 2022.

Medalhas
Competidor do Brasil
Copa América
Ouro Brasil 2019 Jogador
Prata Brasil 2021 Jogador
Jogos Olímpicos
Prata Londres 2012 Futebol

Alex Sandro Lobo Silva, mais conhecido apenas como Alex Sandro (Catanduva, 26 de janeiro de 1991)[2], é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo e zagueiro. Atualmente joga na Juventus.

Alex Sandro tornou-se o brasileiro que mais vezes jogou pela Juventus fazendo mais de 300 partidas oficiais.[3] Ele marcou época no time italiano e lá ficou por 9 anos.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Athletico Paranaense[editar | editar código-fonte]

Em 2006, aos 15 anos, jogava futebol pelo time da Coordenadoria de Esportes, Lazer e Turismo da sua cidade natal, chamado de Celt (iniciais da Coordenadoria), quando foi descoberto pelo Athletico Paranaense.[2] Na época, seu apelido era "Japa".[5]

Naquele ano, a equipe iria jogar um torneio em Iraty, no Paraná. No caminho, parou em Curitiba para amistoso contra o Atlético-PR.[6]

Em entrevista, o atleta revelou que "nem sabia" do amistoso, mas que ele foi importantíssimo para sua chegada no Furacão.[6]

Iniciou sua carreira nas categorias inferiores do Athletico até ascender ao elenco profissional em 2008 com dezessete anos.[7] Foi adquirido por um grupo de investimentos, que utilizou o modesto clube uruguaio Deportivo Maldonado para registro de atletas.[8]

Santos[editar | editar código-fonte]

Em 2010, assinou com o Santos por duas temporadas.[9]

No dia 8 de maio, fez sua estreia pelo clube paulista no empate por 3 a 3 contra o Botafogo, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Em 25 de setembro, marcou seu primeiro gol pelo clube, na vitória por 4 a 1 contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Pelo clube, foi Campeão Paulista em 2010 e 2011, Campeão da Copa do Brasil em 2010 e da Copa Libertadores da América em 2011.[10][11]

A jovem geração Santista, vencedora de tantos títulos relevantes para o time do Peixe, tão logo recebeu oportunidades no futebol europeu.[12] Mesmo após a saída de Alex do clube paulista, ele voltaria a dividir elenco com alguns jogadores presentes nesse período. Em especial, Danilo e Neymar foram seus colegas de Seleção durante uma Copa do Mundo[13]. O primeiro também dividiu vestiário com ele durante duas passagens por clubes diferentes no Velho Continente.[10][11][14]

Porto[editar | editar código-fonte]

Alex Sandro em 2013.

Foi contratado pelo Porto em 23 de julho de 2011 por cinco temporadas, por 9,6 milhões de euros (27 milhões de reais).[15]

Sua chegada ao clube azul foi motivada pela presença de outros brasileiros no elenco. Tanto ele, quanto seu colega Danilo (que jogou com ele no Santos), estiveram muito próximos de um acerto contratual com o Benfica. Porém, foi por conta dos compatriotas do elenco, e da grande sequência de títulos importantes, que ambos os atletas optaram por estar no time do Estádio do Dragão.[16] No time, eles dividiram elenco com Hulk, Maicon, Souza, Helton, Walter, Fernando etc.[17]

Enquanto ainda tinha contrato com o Santos, o jogador havia se lesionado enquanto estava com a Seleção Brasileira Sub-20 para disputar o Mundial da Categoria, em 2011. Apesar disso, o time europeu insistiu na contratação do jogador que foi finalizada com sucesso. Todavia, isso atrasou a estreia do brasileiro por 3 meses.[18]

Alex em 2014.

Recuperado de sua lesão, fez sua estreia pelo clube no dia 15 de outubro de 2011, na goleada do Porto diante o Pero Pinheiro por 8-0 na Taça de Portugal.[19]

Em 16 de março, marcou seu primeiro gol pela equipe, na vitória por 2 a 0 contra o CD Nacional, em partida válida pela Primeira Liga.[20]

Por Portugal, Alex conseguiu muito destaque nas temporadas seguintes. O lateral esquerdo já conseguiu assumir a titularidade na segunda temporada no clube, substituindo a lenda Álvaro Pereira,[21] e assim permaneceu nas próximas épocas onde conseguiu 3 troféus caseiros.[21][22]

Após comparecer em 137 jogos ao longo de quatro temporadas, o jogador, que já era um dos grandes destaques do time, começou a receber propostas ao longo dos anos.[14][23] Em determinado momento, o clube português chegou a recusar uma oferta de 30 milhões de euros do Atlético de Madrid, mas tratou de vendê-lo para um clube italiano por um valor menor que esse tempos depois.[23]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Alex Sandro pela Juventus.

No dia 20 de agosto de 2015 a Juventus o contratou por cinco temporadas por 26 milhões de euros (R$ 100,85 milhões).[24][25]

Fez sua estreia pela equipe no dia 30 de setembro de 2015, na vitória por 2 a 0 contra o Sevilla, pela Liga dos Campeões. Em 17 de fevereiro de 2016, marcou seu primeiro gol pelo clube, na goleada por 4 a 0 contra o Udinese Calcio, pela Série A.[26]

No clube italiano (onde também chegou a dividir o vestiário com Danilo por 5 temporadas[27]), o lateral esquerdo marcou época em um dos momentos mais vitoriosos da Velha Senhora em competições caseiras. Nas suas primeiras cinco temporadas, o brasileiro conquistara 5 vezes o Campeonato Italiano,[28] o que fizera com que ele ganhasse um espaço entre os ídolos brasileiros da equipe.[29]

Durante sua reta final no time, em 2022, o jogador passou a desempenhar uma nova função dentro de campo. Sob o comando de Massimiliano Allegri, o atleta deixou de atuar pela lateral e centralizou-se para desempenhar a função de zagueiro.[30] Isso foi muito importante para continuidade do brasileiro na equipe, pois o treinador estava optando por utilizar uma formação que possuía 3 defensores centralizados. Assim, além dele, seu colega Danilo também havia saído da lateral direita para contribuir na mesma posição de Sandro na equipe italiana.[31]

Alex Sandro, em uma partida pelo Campeonato Italiano no ano de 2016.

Na Coppa Italia, o brasileiro também conseguiu o título múltiplas vezes (5, ao todo). Porém, foi na final jogada em 2017 que ele conseguiu sua melhor performance. Contra a Lazio, o brasileiro fizera dois cruzamentos que resultaram em gols de Daniel Alves e Leonardo Bonucci. A partida terminou com a Juve vencendo por 2 a 0 e conquistando mais um troféu nacional.[32][33]

Alex novamente se destacaria nessa competição no ano de 2022, porém, mesmo com um gol feito no jogo final, a Inter de Milão conseguiu se sagrar campeã.[34]

Com o time italiano, Alex também pôde disputar a Supercopa da Itália em 6 oportunidades. Ali, conseguiu ganhar 2 títulos.[35][36] Ele não jogou a partida de 2021, quando a equipe venceu a Napoli, por conta de estar em quarentena por ter contraído o Coronavírus.[37]

Alex em 2021.

Por conta de seus diversos títulos, e outras boas colocações, na Liga Italiana, o jogador também foi um atleta muito presente nos jogos de Liga dos Campeões. Ele esteve presente ativamente na campanha que deu o vice-campeonato à Juve em 2017, quando foram derrotados pelo Real Madrid.[38] Por tal longevidade, o jogador conseguiu 78 partidas em confrontos da Champions, superando ídolos brasileiros como Rivaldo, Ronaldinho, Ronaldo e Júlio César.[39][40]

Além da final da Liga dos Campeões, Alex também esteve presente na campanha semifinalista da Juventus na Liga Europa de 2022–23.[41] Foi nessa mesma temporada que o atleta começou a desempenhar a função de zagueiro, abdicando da lateral esquerda que já havia sido sua posição principal durante mais de uma década.[30] Nessa competição, o jogador fizera quase todos os jogos na defesa central, mas o time foi eliminado justamente nas partidas de volta, onde ele não esteve em campo.[41][42]

O jogador adotou o número 12 como seu principal número na carreira. Ele começou a utilizá-lo quando chegou na Juventus.[43]

Em sua reta final de contrato com a Juventus, durante a temporada 2022–24, o, agora, zagueiro teve a oportunidade de se tornar o capitão da Velha Senhora nas vezes em que Danilo, o capitão titular[44], esteve ausente[45][46]. Porém, o atleta já recebia menos oportunidades na equipe, e normalmente performava menos de 90 minutos por jogo[30]. No começo da temporada, ele decidiu que não iria renovar o contrato e deixaria a equipe ao fim da época, na metade de 2024.[4]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Alex Sandro esteve presente na campanha vitoriosa do Brasil na Copa do Mundo Sub-20 de 2011.[47] Contudo, sua única atuação no torneio foi na segunda partida da Fase de Grupos, onde se lesionou, quando a Seleção Canarinho derrotou o Panamá por 3-0.[48]

Seleção Principal[editar | editar código-fonte]

Alex, na Final da Copa América de 2019.

Estreou pela Seleção Brasileira principal em 10 de novembro de 2011, após convocação de Mano Menezes, em uma partida amistosa contra o Gabão.[49][50] Participou dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, onde a equipe obteve a medalha de prata.[51] Em 12 de outubro de 2018, marcou seu primeiro gol pelo Brasil, na partida amistosa por 2 a 0 contra a Arábia Saudita.[52]

Alex Sandro fez parte do elenco campeão da Copa América de 2019, tendo assumido a titularidade nos jogos finais devido à lesão de Filipe Luís.[53][54]

Copa do Mundo de 2022[editar | editar código-fonte]

Em 7 de novembro de 2022, Tite anunciou a convocação da Seleção para Copa do Mundo de 2022. Entre muitos nomes certos no Catar o de Alex Sandro foi chamado para disputar o torneio.[55] O jogador foi titular nos dois primeiros jogos, mas sofreu uma lesão no quadril que o impediu de estar em campo na última partida da Fase de Grupos e das Oitavas de final.[56][57] Voltando, ele esteve em campo na eliminação diante a Croácia nas quartas.[58]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Alex Sandro, quando ainda jogava pelo Santos em 2010, chegou a noivar com sua namorada Natália Regina[6]. Ambos mantém um relacionamento discreto e não possuem filhos.[59]

Amizade com Danilo[editar | editar código-fonte]

Danilo e Alex Sandro dividiram equipes por três vezes durante a carreira. A primeira vez quando ambos atuavam pelo Santos, em sequência, os dois foram comprados pelo Porto. Danilo deixou Portugal para jogar pelo Real Madrid, da Espanha, e o time merengue teve o interesse de obter Alex para o clube.[10]

Contudo, só foi na passagem de ambos pela Itália que o reencontro aconteceu. Eles atuavam pelos extremos do campo, com Danilo sendo o lateral direito da equipe. Contudo, Massimiliano Allegri mudou a formação da equipe para um esquema de 3 zagueiros e os dois começaram a dividir a mesma função tática em campo.[31][30]

Os dois também chegaram a jogar juntos pela Seleção Brasileira. Em 2022, quando ambos estiveram no elenco que disputou a Copa do Mundo, os dois jogadores chegaram a se lesionar durante o torneio.[60] Ambos estiveram em campo na eliminação nas quartas de final.[58][57]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos os jogos, gols e assistências do futebolista por clubes.[61]

Clube Temporada Campeonato

nacional

Copa

nacional[a]

Competições

continentais[b]

Outros

torneios[c]

Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Athletico Paranaense 2008 1 0 0 1 0 0
2009 16 1 1 16 0 1
Total 17 1 1 17 0 1
Santos 2010 24 1 2 4 1 0 1 1 0 29 3 1
2011 6 0 1 11 0 0 7 0 0 24 0 1
Total 30 1 3 4 1 0 11 0 0 8 1 0 53 3 2
Porto 2011–12 7 1 0 4 0 0 1 0 0 12 1 0
2012–13 25 1 1 5 0 0 6 0 1 36 1 2
2013–14 26 0 2 10 0 1 11 0 0 1 0 0 48 0 3
2014–15 28 1 3 1 0 0 11 0 1 40 1 4
2015–16 1 0 1 1 0 1
Total 87 3 6 20 0 1 29 0 2 1 0 0 137 2 10
Juventus 2015–16 22 2 3 5 0 0 5 0 1 32 2 4
2016–17 27 3 4 4 0 2 11 0 1 1 0 0 43 3 7
2017–18 26 4 4 2 0 0 10 0 1 1 0 0 39 4 5
2018–19 31 1 3 2 0 0 9 0 0 1 0 0 43 1 3
2019–20 29 1 3 5 0 0 6 0 1 1 0 0 41 1 4
2020–21 26 2 1 3 0 0 5 0 1 34 2 2
2021–22 28 0 1 4 1 0 7 1 0 1 0 0 40 2 1
2022–23 25 0 1 3 0 1 9 0 0 37 0 2
Total 214 13 20 28 1 3 62 1 5 5 0 0 309 15 28
Total na carreira 348 18 30 52 2 4 102 1 7 14 1 0 516 22 41

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos os jogos, gols e assistências do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base.[62]

Seleção Principal

Ano Copa do Mundo Copa América Qualificação Mundial Amistosos Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
2011 2 0 0 2 0 0
2012 4 0 0 4 0 0
2017 2 0 0 2 0 0 4 0 0
2018 3 1 0 3 1 0
2019 4 0 0 6 0 0 10 0 0
2021 3 1 0 9 0 0 12 1 0
2022 3 0 0 1 0 0 1 0 0 5 0 0
Total na carreira 3 0 0 7 1 0 12 0 0 18 1 0 40 2 0

Seleção Sub–23

Ano Jogos Olímpicos Pré–Olímpico Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
2012 3 0 1 1 0 0 4 0 1
Total na carreira 3 0 1 1 0 0 4 0 1

Seleção Sub–20

Ano Campeonato Mundial Campeonato Sul–Americano Amistosos Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
2011 1 0 0 9 0 0 2 0 0 12 0 0
Total na carreira 1 0 0 9 0 0 2 0 0 12 0 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Categorias de Base[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Profissional[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense
Santos
Porto
Juventus
Seleção Brasileira

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Predefinição:Citarweb
  2. a b Santos, Por Adilson Barros; SP. «Alex Sandro deixa baladas de lado e prefere companhia da futura esposa». globoesporte.com. Consultado em 12 de abril de 2023 
  3. «Os 10 jogadores brasileiros com mais partidas pela Juventus». Mercado do Futebol. Consultado em 4 de março de 2024 
  4. a b «Juventus decide não renovar contrato e Alex Sandro deixará o clube no fim da temporada». TNT Sports. 26 de setembro de 2022. Consultado em 4 de março de 2024 
  5. Teresópolis, Por Márcio Iannacca; Janeiro, Rio de. «Japa na infância, Alex Sandro chega a sub-20 e revela: 'Ia a pé aos treinos'». globoesporte.com. Consultado em 12 de abril de 2023 
  6. a b c Santos, Por Adilson Barros; SP (5 de outubro de 2010). «Alex Sandro deixa baladas de lado e prefere companhia da futura esposa». globoesporte.com. Consultado em 5 de março de 2024 
  7. «Alex Sandro: O caçula do elenco atleticano». Sítio oficial Clube Atlético Paranaense. 14 de julho de 2008 
  8. «CAP transfere Alex Sandro para Deportivo Maldonado». Sítio oficial Clube Atlético Paranaense. 18 de fevereiro de 2010 
  9. «Peixe apresenta Alex Sandro, e dirigente fala sobre suposta ligação com Kia». Globo Esporte. 5 de março de 2010 
  10. a b c «Juventus, Porto, Santos... A parceria entre Danilo e Alex Sandro». TV Cultura. Consultado em 4 de março de 2024 
  11. a b Lance! (16 de novembro de 2022). «Seleção de base, Santos, Europa e Copa do Mundo: entrosamento de Danilo e Alex Sandro é antigo - Lance!». Seleção de base, Santos, Europa e Copa do Mundo: entrosamento de Danilo e Alex Sandro é antigo - Lance!. Consultado em 4 de março de 2024 
  12. «Estrela, técnico, dirigente... Onde estão os atletas do Santos que enfrentaram o Táchira em 2011». ge. 29 de junho de 2022. Consultado em 4 de março de 2024 
  13. «Convocados da Seleção para a Copa do Mundo 2022: veja a lista completa de Tite». ge. 7 de novembro de 2022. Consultado em 4 de março de 2024 
  14. a b «Jornal: Depois de tirar Danilo do Porto, Real tenta contratação de Alex Sandro». ESPN. Consultado em 4 de março de 2024 
  15. «FC Porto contrata Alex Sandro por €9,6 milhões». Jornal Expresso. Consultado em 28 de maio de 2020 
  16. «"Amamos o Porto". Alex Sandro e Danilo relembram velhos tempos». Notícias ao Minuto. 1 de agosto de 2023. Consultado em 4 de março de 2024 
  17. «Os brasileiros que já foram campeões da Liga Europa». UOL Esporte. 23 de maio de 2017. Consultado em 4 de março de 2024 
  18. «Empresário confirma transferência de lateral Alex Sandro para o Porto». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  19. SAPO. «Pêro Pinheiro vs FC Porto». SAPO Desporto. Consultado em 4 de março de 2024 
  20. «FC Porto 2-0 Nacional». vsports.pt. Consultado em 4 de março de 2024 
  21. a b Lance! (21 de outubro de 2015). «Terrinha! Alex Sandro exalta adaptação no Porto e lembra tempos no Brasil - Lance!». Terrinha! Alex Sandro exalta adaptação no Porto e lembra tempos no Brasil - Lance!. Consultado em 4 de março de 2024 
  22. GarciaTurim, Por Claudia; Itália (14 de março de 2016). «Em alta no Juventus, Alex Sandro diz torcer por Marcelo e exalta Neymar». globoesporte.com. Consultado em 4 de março de 2024 
  23. a b «FC Porto recusou €30 milhões do Atlético, mas aceitou €26 milhões da Juventus: Alex Sandro saiu mesmo». Jornal Expresso. Consultado em 4 de março de 2024 
  24. «Alex Sandro è bianconero» (em italiano). Sítio oficial Juventus. 20 de agosto de 2015 
  25. «ALEX SANDRO | Lega Serie A». www.legaseriea.it. Consultado em 4 de março de 2024 
  26. «Alex Sandro marca e Juventus goleia Udinese fora de casa com facilidade - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  27. «Juventus encaminha renovação de contrato de Danilo». TNT Sports. 14 de fevereiro de 2023. Consultado em 4 de março de 2024 
  28. «Alex Sandro e Douglas Costa faturam título do Italiano pela Juventus». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 4 de março de 2024 
  29. GarciaTurim, Por Claudia; Itália (25 de agosto de 2015). «Alex Sandro não teme pressão pelo valor investido: "Reflete confiança"». globoesporte.com. Consultado em 4 de março de 2024 
  30. a b c d «Rafael Reis: Com contrato no fim na Itália, Alex Sandro vira alvo de times brasileiros». UOL. 22 de novembro de 2023. Consultado em 4 de março de 2024 
  31. a b «Versátil, Danilo se vê jogando como zagueiro nos próximos anos: "Onde tenho desfrutado melhor"». ge. 8 de dezembro de 2022. Consultado em 4 de março de 2024 
  32. Juventus.com. «Alex Sandro | Defender Juventus Men's First Team». Juventus.com (em inglês). Consultado em 4 de março de 2024 
  33. «Juventus vence Lazio (2-0) e conquista Copa da Itália». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  34. «Juventus 2 x 4 Internazionale | Copa da Itália: melhores momentos». ge. Consultado em 4 de março de 2024 
  35. Magri, Diogo (16 de janeiro de 2019). «Cristiano Ronaldo decide, Juventus bate Milan e fatura a Supercopa da Itália». El País Brasil. Consultado em 4 de março de 2024 
  36. «Juventus 2 x 0 Napoli | Supercopa da Itália: melhores momentos». ge. Consultado em 4 de março de 2024 
  37. «Alex Sandro, lateral da Juventus, testa positivo para a Covid-19». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  38. «Alex Sandro sofre com vice na Champions, mas atuação diante de Tite vira alento». ge. 4 de junho de 2017. Consultado em 4 de março de 2024 
  39. «Douglas Costa no Top 10: veja os brasileiros com mais jogos na Liga dos Campeões - LANCE!». LANCE! | Futebol, Vôlei, F-1, MMA e todos os esportes. Consultado em 4 de março de 2024 
  40. «Rafael Reis - Quem são os 10 brasileiros com mais partidas na história da Champions?». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  41. a b Lance! (18 de maio de 2023). «Sevilla vence Juventus e encara Roma na final da Liga Europa». Sevilla vence Juventus e encara Roma na final da Liga Europa. Consultado em 4 de março de 2024 
  42. «Juventus marca no último lance e empata com Sevilla na semi da Liga Europa». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  43. Turim, Por Claudia GarciaDireto de (24 de agosto de 2015). «Alex Sandro leva a 12 e cita Roberto Carlos na apresentação no Juventus». globoesporte.com. Consultado em 4 de março de 2024 
  44. «Como Danilo ganhou italianos para se tornar capitão da Juventus». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  45. «Juventus 1-1 Empoli (27 de jan, 2024) Placar Final - ESPN (BR)». ESPN (em inglês). Consultado em 4 de março de 2024 
  46. «Napoli 2-1 Juventus (3 de mar, 2024) Placar Final - ESPN (BR)». ESPN (em inglês). Consultado em 4 de março de 2024 
  47. «Onde estão os campeões do Sul-Americano Sub-20 em 2011?». ge. 10 de fevereiro de 2021. Consultado em 4 de março de 2024 
  48. «Brasil x Pnamá, 2011, sub-20» (PDF) 
  49. «Profile Player Alex Sandro Lobo». www.myjuve.it. Consultado em 4 de março de 2024 
  50. Janeiro, Por Márcio Iannacca Rio de (27 de outubro de 2011). «Mano chama Kaká e deixa 'brasileiros' fora dos jogos contra Gabão e Egito». globoesporte.com. Consultado em 4 de março de 2024 
  51. Londres, Por Márcio Iannacca Direto de; Inglaterra. «Brasil falha muito, perde para México e sonho do ouro vira prata de novo». globoesporte.com. Consultado em 28 de maio de 2020 
  52. «Alex Sandro faz seu primeiro gol pelo Brasil». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  53. «Tite divulga convocação do Brasil para a Copa América com Neres e Fernandinho: "Lista mais difícil"». Globoesporte. Consultado em 28 de maio de 2020 
  54. «Alex Sandro se afirma com Tite e pode ser titular contra a Argentina». Metrópoles. 29 de junho de 2019. Consultado em 28 de maio de 2020 
  55. «Weverton entra para história ao ser o primeiro acreano convocado para uma Copa do Mundo». ac24horas. Consultado em 7 de novembro de 2022 
  56. «Alex Sandro tem lesão no quadril e está fora de Brasil x Camarões». ge. 29 de novembro de 2022. Consultado em 4 de março de 2024 
  57. a b «Alex Sandro tem lesão e não enfrenta Camarões; Danilo e Neymar seguem fora». www.uol.com.br. Consultado em 4 de março de 2024 
  58. a b «Nos pênaltis, Brasil perde para a Croácia e está eliminado da Copa do Mundo». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 4 de março de 2024 
  59. «Jogadores da Seleção Brasileira e seus filhos» 
  60. «Alex Sandro diz que está bem após sair e prevê volta de Danilo ao Brasil». www.uol.com.br. Consultado em 5 de março de 2024 
  61. «Alex Sandro Juventus vídeos, histórico de transferências e estatísticas - SofaScore». www.sofascore.com. Consultado em 28 de setembro de 2022 
  62. «Alex Sandro Estatísticas, Notícias, Biografia». ESPN (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2022 
  63. Ambros, Gabriel Monteiro (2 de maio de 2020). «Há 10 anos, Santos derrotava Santo André e Neymar vencia primeiro título da carreira». Gazeta Esportiva. Consultado em 11 de fevereiro de 2024 
  64. Barros, Por Adilson; Salvador, Julyana Travaglia e Thiago Fernandes Direto de; BA (4 de agosto de 2010). «Meninos do Brasil: Santos perde do Vitória, mas levanta caneco inédito». globoesporte.com. Consultado em 2 de setembro de 2023 
  65. «Tri do Santos na Libertadores completa 10 anos; ge faz live com campeões nesta terça». ge. 22 de junho de 2021. Consultado em 3 de janeiro de 2024 
  66. Della Valle, Fabiana (20 de janeiro de 2021). «Supercoppa alla Juve, Insigne sbaglia, Ronaldo e Szczesny firmano la vittoria» Supertaça da Juve, Insigne erra, Ronaldo e Szczesny assinam vitória (em italiano). Gazzetta dello Sport. Consultado em 20 de janeiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Alex Sandro