Andrea Barzagli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrea Barzagli
Andrea Barzagli
Andrea Barzagli em 2012
Informações pessoais
Nome completo Andrea Barzagli
Data de nasc. 8 de maio de 1981 (36 anos)
Local de nasc. Fiesole, Itália
Nacionalidade italiano
Altura 1,90 m[1]
Destro
Informações profissionais
Clube atual Juventus
Número 15
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
Rondinella
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1998–2000
2000
2001
2001–2003
2001–2003
2003–2004
2004–2008
2008–2011
2011–
Rondinella
Pistoiese
Rondinella
Piacenza
Ascoli (emp.)
Chievo
Palermo
VfL Wolfsburg
Juventus
0053 0000(3)
0005 0000(0)
0013 0000(1)
0000 0000(0)
0050 0000(3)
0030 0000(3)
0165 0000(3)
0095 0000(1)
0245 0000(2)
Seleção nacional3
2003–2004
2004–2017
Itália Sub-21
Itália
0015 0000(0)
0073 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 28 de outubro de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 13 de novembro de 2017.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Atenas 2004 Equipe

Andrea Barzagli (Fiesole, Toscana, 8 de Maio de 1981) é um futebolista italiano que atua como zagueiro. Atualmente defende a Juventus.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Barzagli iniciou sua carreira em times menores da Itália, até chegar ao Palermo, onde devido a suas boas atuações, acabou sendo chamado para a Copa do Mundo de 2006.

Em 2008, acertou com o VfL Wolfsburg. Logo em sua primeira temporada no clube alemão, foi campeão da Bundesliga na temporada 2008–09, sendo titular absoluto da equipe do técnico Felix Magath. Nas temporadas seguintes, não conseguiu manter o mesmo ritmo, permanecendo na equipe até 2011.

Em 2011, voltou a Itália para atuar na Juventus, sendo contratado por apenas 300 mil euros.[2]Na equipe de Turim, tornou-se peça chave no inédito penta campeonato da Serie A, formando um trio de zaga respeitado em todo mundo ao lado de Leonardo Bonucci e Giorgio Chiellini.[3]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Sua primeira convocação ocorreu em 2004. Fez parte do elenco da seleção italiana campeã da Copa do Mundo de 2006.

Na copa estreou na partida contra a Austrália, tendo entrado após a expulsão de Marco Materazzi, tendo em dois jogos disputados, cometido apenas uma falta, efetuado 6 desarmes e recebido 4 entradas faltosas de jogadores rivais.

Também disputou a Copa de 2014 no Brasil, além de três Euro: em 2008, 2012, aonde foi vice-campeão, e em 2016, ficando nas quartas de final. Após a eliminação na Euro 2016, chegou a anunciar sua aposentadoria da seleção[4], mas voltou atrás de sua decisão, á pedido do técnico Giampiero Ventura.[5]

Voltou a jogar pela seleção no dia 1 de setembro de 2016, num amistoso contra França, em Bari, em jogo que terminou 3 a 1 para os franceses.[6]

Em 13 de novembro de 2017, após empate com a Suécia, deixando a Itália fora da Copa de 2018, anunciou sua despedida da seleção.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Rondinella
Ascoli
Wolfsburg
Juventus
Seleção Italiana

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Serie A Equipe do ano: 2011–12, 2012–13, 2013–14

Referências

  1. «Perfil de Andrea Barzagli». Consultado em 3 de Junho de 2013 
  2. «Juve oficializa contratação de Barzagli». Futebol. Record.com. 27 de janeiro de 2011 
  3. «Barzagli-Bonucci-Chiellini: la forza e la debolezza della Juve. E della Nazional». Futebol. tuttonapoli.net. 24 de junho de 2013 
  4. «Barzagli se aposenta da Itália e chora: "Ninguém se lembrará desta seleção"». Futebol. Terra. 2 de julho de 2016 
  5. «Italia, Ventura e la conferma del 3-5-2. E la coppia-gol Berardi-Belotti». Futebol. La Gazzetta dello Sport. 3 de julho de 2016 
  6. «Italy: Azzurri flop with France». Futebol. football-italia.net. 1 de setembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrea Barzagli
Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.