Ciro Immobile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ciro Immobile
Ciro Immobile
Immobile com a Seleção Italiana em 2015
Informações pessoais
Nome completo Ciro Immobile
Data de nasc. 20 de fevereiro de 1990 (32 anos)
Local de nasc. Torre Annunziata, Itália
Nacionalidade italiano
Altura 1,85 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Lazio
Número 17
Posição centroavante
Clubes de juventude
2002–2008
2008–2010
Sorrento
Juventus
Clubes profissionais
Anos Clubes
2008–2010
2010
2011
2011–2012
2012–2013
2013–2014
2014–2016
2015–2016
2016
2016–
Juventus
Siena (emp.)
Grosseto (emp.)
Pescara (emp.)
Genoa
Torino
Borussia Dortmund
Sevilla (emp.)
Torino (emp.)
Lazio
Seleção nacional
2009–2010
2009–2013
2014–
Itália Sub-20
Itália Sub-21
Itália

Ciro Immobile (Torre Annunziata, 20 de fevereiro de 1990) é um futebolista italiano que atua como centroavante. Atualmente joga na Lazio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido na pequena cidade de Torre Annunziata, Immobile iniciou sua carreira no futebol defendendo as categorias de base do pequeno Sorrento. Permaneceu no clube durante seis anos, quando passou a defender a Juventus.[1]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Logo em sua primeira temporada, teve sua primeira oportunidade na equipe principal, contra o Bologna, tendo entrado nos últimos minutos de partida.[2] Na seguinte, conseguiria outras quatro oportunidades, entrando sempre durante a partida.[3][4][5]

Sua passagem pelos bianconeri seria mesmo lembrada durante suas duas disputas do tradicional Torneo di Viareggio, tendo conquistado ambas edições. Na segunda, inclusive, terminou como artilheiro com dez tentos e eleito o melhor do torneio.[6] No entanto, mesmo sendo o destaque das categorias de base, não conseguiu espaço na equipe principal. Por conta disso, foi emprestado ao Siena.[1]

Siena[editar | editar código-fonte]

Sua estreia pelo Siena acabaria sendo péssima. Tendo entrado aos 55 minutos de partida, Immobile acabou perdendo um pênalti quinze minutos depois e foi expulso nos dez seguintes.[7] Por conta disso, acabou ficando fora da equipe durante dois meses e meio, quando disputou mais três partidas (marcando um tento) pelo campeonato.[8] Ainda disputou mais uma partida pela Copa da Itália, marcando.[9] Em seguida, na segunda parte da temporada 2010–11, foi emprestado ao Grosseto.[1] Permaneceu até o término da temporada, tendo marcado apenas um gol nas dezesseis partidas que disputou.[10]

Pescara e Genoa[editar | editar código-fonte]

Para a temporada 2011–12 foi novamente emprestado, desta vez ao Pescara.[1] Neste, se tornou o grande destaque da equipe na primeira metade da disputa da Serie B, anotando 17 tentos nas 22 partidas que disputou.[11]

Com seu ótimo desempenho, a Juventus, ainda detentora dos seus direitos, vendeu metade do seu passe por quatro milhões de euros para o Genoa em 30 de janeiro de 2012.[12] No entanto, como o Pescara disputava o título e Immobile a artilharia do torneio, conseguiu permissão para permanecer até o término da temporada.[13]

Torino[editar | editar código-fonte]

Apesar do desempenho aquém do esperado no Genoa, onde marcou apenas cinco vezes em 34 partidas, no dia 15 de julho de 2013 foi anunciada a compra de 50% dos seus direitos pertencentes ao Genoa pelo Torino, que pagou dois milhões e setecentos e cinquenta mil euros, para o qual seguiu.[14]

Sua curta passagem, de apenas uma temporada, se mostrou extremamente bem sucedida, tanto para o jogador, que terminou como artilheiro do campeonato com 22 gols em 33 partidas, e acabou sendo convocado para a Copa do Mundo FIFA de 2014 por conta disso, quanto para o clube, que terminou na sétima posição no campeonato, a melhor posição alcançada pelo mesmo desde a temporada 1991–92, quando terminou em terceiro. Immobile também se tornou o primeiro jogador do Torino a terminar como artilheiro da Serie A desde Francesco Graziani, na temporada 1976–77.[15]

Borussia Dortmund[editar | editar código-fonte]

Immobile atuando pelo Borussia Dortmund em 2014

Com seu desempenho despertando o interesse dos principais clubes italianos e europeus, Immobile foi anunciado no dia 2 de junho de 2014 como novo reforço do Borussia Dortmund.[16] Os valores da transferência não foram divulgados, apenas o tempo de contrato: cinco temporadas.[17]

Sevilla e Torino[editar | editar código-fonte]

Em 12 de julho de 2015 foi emprestado ao Sevilla.[18] Disputou apenas 15 jogos pelos Rojiblancos e marcou quatro gols.

No dia 14 de janeiro de 2016, confirmou o seu retorno ao Torino por empréstimo até o fim da temporada 2015–16, sendo recebido com festa pelos torcedores.[19] Em seu retorno ao time de Turim, atuou em 14 partidas e marcou cinco gols.

Lazio[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado como novo reforço da Lazio no dia 27 de julho de 2016.[20] Após duas grandes temporadas (2016–17 e 2017–18), teve o seu contrato renovado no dia 1 de outubro de 2018.[21][22][23]

2019–20[editar | editar código-fonte]

Manteve a grande fase em 2019 e foi elogiado por Francesco Acerbi, seu companheiro de clube. O zagueiro afirmou que pelo futebol que vinha apresentando, Immobile mereceria a Bola de Ouro.[24] Teve boa atuação no dia 24 de novembro, pelo Campeonato Italiano, marcando um gol na vitória de 2 a 1 contra o Sassuolo.[25] Já no dia 18 de janeiro de 2020, contra a Sampdoria, anotou um hat-trick na goleada de 5 a 1, chegando a 23 gols em 19 partidas e se isolando na artilharia.[26]

No dia 1 de agosto, ao marcar o único tento da Lazio na derrota por 3 a 1 contra o Napoli, alcançou a marca de 36 gols na temporada (igualando o recorde de Gonzalo Higuaín na temporada 2015–16). Além disso, terminou como artilheiro do Campeonato Italiano e conquistou a Chuteira de Ouro da UEFA.[27]

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Apresentando grande desempenho durante sua primeira temporada no Toro, tendo marcado 14 vezes em suas primeiras 24 partidas, recebeu sua primeira oportunidade na Seleção Italiana no dia 5 de março de 2014, entrando no decorrer do segundo tempo do amistoso contra a Espanha, na derrota italiana por 1 a 0.[28][29]

Apesar de fazer sua estreia apenas três meses antes da Copa do Mundo FIFA de 2014, foi anunciado primeiramente como um dos 30 pré-convocados para o torneio, e posteriormente como um dos 23 convocados na lista final do treinador Cesare Prandelli.[30] No jogo amistoso híbrido contra o Fluminense, em 8 de junho de 2014, Immobile anotou um hat-trick na goleada italiana por 5 a 3.[31]

Euro 2016[editar | editar código-fonte]

No dia 31 de maio de 2016, foi anunciado como um dos 23 convocados do técnico Antonio Conte para a Euro 2016.[32]

Euro 2020[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2021, teve a sua convocação confirmada para a Euro 2020, competição adiada devido à pandemia de COVID-19.[33] Immobile teve boa atuação na estreia italiana, marcando um gol e dando uma assistência na vitória por 3 a 0 contra a Turquia.[34] O centroavante voltou a marcar na partida seguinte, em novo triunfo por 3 a 0, dessa vez contra a Suíça.[35] Sagrou-se campeão da competição no dia 11 de julho, após a vitória na final contra a Inglaterra. As duas equipes empataram por 1 a 1 no tempo normal e Immobile foi substituído por Roberto Mancini no início do segundo tempo, mas a Itália venceu por 3 a 2 na disputa por pênaltis.[36]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols
2014 10 4
2015 3 0
2016 8 4
2017 10 2
2018 5 0
2019 4 3
Total 40 14
Gols pela seleção
Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 8 de junho de 2014 Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda Fluminense 2-1 5-3 Amistoso[37]
3-2
4-2
2. 4 de setembro de 2014 Estádio San Nicola, Bari Países Baixos Países Baixos 1–0 2–0 Amistoso
3. 5 de setembro de 2016 Estádio Sammy Ofer, Haifa Flag of Israel.svg Israel 3–1 3–1 Elim. Copa do Mundo 2018
4. 9 de outubro de 2016 Estádio Felipe II da Macedônia, Escópia Flag of the Republic of Macedonia.svg Macedônia do Norte 2–2 3–2
5. 3–2
6. 12 de novembro de 2016 Rheinpark Stadion, Vaduz Flag of Liechtenstein.svg Liechtenstein 2–0 4–0
7. 24 de março de 2017 Renzo Barbera, Palermo Flag of Albania.svg Albânia 2–0 2–0
8. 5 de setembro de 2017 Mapei Stadium – Città del Tricolore, Régio da Emília Flag of Israel.svg Israel 1–0 1–0
9. 8 de setembro de 2019 Estádio de Tampere, Tampere Flag of Finland.svg Finlândia 1–0 2–1 Elim. Eurocopa 2020
10. 18 de novembro de 2019 Estádio Renzo Barbera, Palermo Flag of Armenia.svg Armênia 1–0 9–1
11. 4–0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Juventus
Pescara
Borussia Dortmund
Lazio
Seleção Italiana

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «"Ciro Immobile"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  2. «"Match details / line-up: Juventus - Bologna FC (Serie A 2008/2009)"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  3. «"Ciro Immobile > Champions League 2009/2010"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  4. «"Ciro Immobile > Coppa Italia 2009/2010"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  5. «"Ciro Immobile > Serie A 2009/2010"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  6. «"Ciro Immobile turns 20 in a perfect week!"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 11 de julho de 2012 
  7. «"Match details / line-up: AC Siena - AS Cittadella (Serie B 2010/2011)"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  8. «"Ciro Immobile > Serie B 2010/2011"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  9. «"Ciro Immobile > Coppa Italia 2010/2011"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  10. «"Ciro Immobile > Serie B 2010/2011"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  11. «"Ciro Immobile > Serie B 2011/2012"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  12. «"Official: Juventus sell Ciro Immobile to Genoa"». Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  13. «"Accordo con la società Genoa C.F.C. relativo al calciatore Ciro Immobile"» (PDF). Consultado em 1 de fevereiro de 2012 [ligação inativa]
  14. «"Immobile al Toro"». Consultado em 5 de agosto de 2013. Arquivado do original em 15 de julho de 2013 
  15. «"Serie A Week 38: Did You Know?"». Consultado em 2 de junho de 2014 
  16. «Borussia Dortmund anuncia contratação de Immobile». R7. 2 de junho de 2014. Consultado em 24 de junho de 2020 
  17. «"Transfer news: Borussia Dortmund sign Serie A top scorer Ciro Immobile from Torino"». Consultado em 2 de junho de 2014 
  18. «Sevilla "convence" Borussia Dortmund e anuncia acordo com Ciro Immobile». GloboEsporte.com. 12 de julho de 2015. Consultado em 24 de junho de 2020 
  19. «Immobile retorna ao Torino e é recebido com festa pela torcida». Torcedores.com. 13 de janeiro de 2016. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  20. «Lazio anuncia contratação do atacante Ciro Immobile». Estadão. 27 de julho de 2016. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  21. «Lazio renova contrato de Immobile e Milinkovic-Savic até 2023». LANCE!. 1 de outubro de 2018. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  22. «Ficam! Lazio renova contrato de Immobile e Milinkovic-Savic até 2023». R7 Futebol. 1 de outubro de 2018. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  23. Luiz Henrique Santos (1 de outubro de 2018). «Lazio renova com Milinkovic-Savic e Immobile até 2023». Torcedores.com. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  24. «"Merece a bola de ouro", dispara zagueiro da seleção italiana sobre Immobile». FOX Sports. 13 de novembro de 2019. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  25. Felipe Lobo (24 de novembro de 2019). «Immobile amplia artilharia na Serie A, mas é Caicedo quem dá vitória à Lazio». Trivela. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  26. Bruno Bonsanti (18 de janeiro de 2020). «Immobile não consegue parar de marcar, e a Lazio amassou a Sampdoria». Trivela. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  27. Felipe Lobo (1 de agosto de 2020). «No estádio que sonhou jogar, Immobile iguala recorde de gols da Serie A e conquista a Chuteira de Ouro». Trivela. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  28. «"Paletta and Immobile Get Surprise Italy Call-ups"». Consultado em 8 de março de 2014 
  29. «"Amichevole con la Spagna: prima convocazione per Immobile e Paletta"». Consultado em 8 de março de 2014. Arquivado do original em 10 de abril de 2014 
  30. «"Italia, ecco i 31 di Prandelli. C'è Rossi, sorpresa Darmian. Fuori Gila e Criscito"» (em italiano). La Gazzetta dello Sport. 13 de maio de 2014. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  31. Felipe Lyra (8 de junho de 2014). «Em amistoso de oito gols, Itália bate Fluminense e volta a vencer após sete jogos». ESPN Brasil. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  32. «Itália anuncia convocados para Eurocopa com 2 brasileiros na lista». Terra. 31 de maio de 2016. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  33. Felipe Lobo (1 de junho de 2021). «Itália anuncia convocados para a Euro 2020 com Raspadori e Tolói na lista». Trivela. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  34. «Itália vence Turquia por 3 x 0 em estreia na Eurocopa». Terra. 11 de junho de 2021. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  35. Felipe Rosa Mendes (16 de junho de 2021). «Melhor ataque da Euro, Itália faz 3 na Suíça e garante vaga nas oitavas de final». Terra. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  36. «Itália busca empate, vence Inglaterra nos pênaltis e é bicampeã da Eurocopa». UOL. 11 de julho de 2021. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  37. «Ficha técnica: Itália 5 x 3 Fluminense». Terra. 8 de junho de 2014. Consultado em 19 de fevereiro de 2022 
  38. a b «"Gran Galà del Calcio Aic 2012: i vincitori"». Consultado em 4 de fevereiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Ciro Immobile