Dimitri Payet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dimitri Payet
Dimitri Payet
Payet atuando pelo West Ham United em 2016.
Informações pessoais
Nome completo Dimitri Payet
Data de nasc. 29 de março de 1987 (30 anos)
Local de nasc. Saint-Pierre, Reunião
Nacionalidade francês
Altura 1,78 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Olympique de Marseille
Número 11
Posição Meia
Clubes de juventude
1995–1998
1998–1999
1999–2003
2003–2005
Saint-Philippe
Saint-Pierroise
Le Havre
AS Excelsior
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005–2007
2007–2011
2011–2013
2013–2015
2015–2017
2017–
Nantes
Saint-Étienne
Lille
Olympique de Marseille
West Ham
Olympique de Marseille
00034 0000(5)
00148 000(25)
00095 000(19)
00083 000(15)
00060 000(15)
00018 0000(5)
Seleção nacional3
2007–2008
2010–
França Sub-21
França
00012 0000(4)
00035 0000(8)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de julho de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 9 de junho de 2017.

Dimitri Payet (Saint-Pierre, 29 de março de 1987) é um futebolista francês que atua como meia.

Payet começou no Saint-Philippe, ainda passou por Saint-Pierroise e pelo Le Havre, onde ficou até 2003, quando regressou a sua terra natal para atuar pelo AS Excelsior.

Mesmo com desempenho modesto, foi contratado pelo Nantes em 2005, onde disputou 36 partidas e marcou 5 gols. Em 2007 foi para o Saint-Étienne e em 2011 foi para o Lille.

Em 3 de junho de 2013 o Olympique de Marseille acertou sua contratação, pagando 10 milhões de euros ao Lille. Em 2015 assinou com o West Ham United se tornando o principal destaque do clube durante a temporada 2015-16, sendo logo depois convocado para disputar a Euro 2016 com a Seleção Francesa.

Payet causou polémica em 2016 na Final do Euro entre Portugal vs França ao lesionar o capitão da Seleção Portuguesa, Cristiano Ronaldo que acabou por desistir do jogo aos 31 minutos. Mesmo assim Portugal vence o Euro16 com golo de Éder durante o prolongamento aos 112 minutos.[1]

Atualmente, joga pelo Olympique de Marselha.

Carreira por clubes[editar | editar código-fonte]

Seu início de carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido em Saint-Pierre, nas ilhas Reunião (departamento ultramarino francês), começou jogando no clube local AS Saint-Philippe com 8 anos.[2] Após três anos se desenvolvendo no clube, transferiu-se para o JS Saint-Pierroise.[3] Um ano depois conheceu o Le Havre e passou por períodos turbulentos na equipe, sendo acusado como alguém difícil de lidar e com falta de ambição.[4] Tais acusações fizeram com que Payet ficasse por mais um ano em AS Excelsior até receber uma chance pelo Nantes para provar seu valor.

Nantes[editar | editar código-fonte]

Estabeleceu-se no time dos reservas e conquistou seu espaço não muito tempo depois no time principal após seis gols em 22 partidas.[5] Estreou profissionalmente na partida sem gols contra o Bordeaux[6] e marcou seu primeiro gol contra o Metz na vitória por 4-1.[7] Após a partida contra o Toulouse em fevereiro, foi relegado aos reservas novamente até o fim da temporada.

Na temporada 2006/07 foi promovido finalmente ao time principal e ganhou a camisa nº31. Marcou gols contra o Lille[8], Marseille[9] e Sedan[10]. O marco negativo na sua temporada foi a expulsão na derrota por 5-2 contra o Valenciennes[11]. Apesar do destaque individual de Payet, o clube acabou rebaixado, algo que não acontecia desde 1963.

Saint-Étienne[editar | editar código-fonte]

Em 2007/08, Payet decidiu se transferir para os verdes em busca de maiores oportunidades de jogar, concordando com um contrato de quatro anos, compensando seu clube anterior em 4 milhões de euros[12].

Apesar de não marcar gols na primeira temporada, o francês jogou 30 vezes com quatro gols e seis assistências na temporada seguinte. Jogou pela primeira vez a Copa UEFA na temporada 2008/09 e marcou um gol contra Hapoel Tel-Aviv na vitória por 2-1[13], contra o Copenhagen na vitória por 3-1[14] e depois no mata-mata contra o Olympiakos com uma assistência e um gol marcado no placar agregado de 5-2 contra os gregos[15].

Na temporada 2009/10 teve 35 aparições na liga francesa com dois gols e seis assistências. Marcou dois gols contra o Lorient pela Copa da França[16] e um gol contra o Vannes[17]. Envolveu-se em confusão com seus companheiros de equipe Blaise Matuidi e Yohan Benalouane[18], desculpou-se depois pelo fato quando foi convocado à seleção.

Foi importante na temporada 2010/11 ao marcar sete gols nos dois primeiros meses da liga francesa: um na derrota por 3-1 para o PSG[19], seu primeiro hat-trick de 3-1 na vitória sobre o Lens[20], dois contra o Montpelier e um no derby contra o Lyon, por sua vez, uma cobrança de falta perfeita[21]. Após um período afastado por indisciplina, voltou ao time em fevereiro e marcou cinco gols, registrando também três assistências[22]. Terminou como o artilheiro do time na temporada.

Lille[editar | editar código-fonte]

Transferiu-se em 28 de junho de 2011 para os campeões da temporada anterior por 9 milhões de euros[23].

Marcou seu primeiro gol pelo clube na vitória de 3-1 sobre o Auxerre[24]. Estreou na Champions League na derrota de 1-0 em casa contra a Internazionale, entrando aos 62 minutos de partida[25]. Findou a temporada com seis gols e seis assistências, além de 23 jogos de 38 da liga francesa.

Na sua segunda temporada pelo clube, foi reconhecido por suas inúmeras assistências[26] e 12 gols marcados. Foi escolhido para integrar a seleção do campeonato em 18 de maio de 2013[27].

Olympique de Marseille[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de junho de 2013, assinou com o clube francês por 11 milhões de euros. Em sua estreia, marcou duas vezes contra o Guingamp na vitória por 3-1[28] no dia 11 de agosto.

Na sua segunda temporada, foi o jogador que mais criou passes-chave e passes em profundidade no futebol europeu, com a exceção de Lionel Messi. Assistiu seus companheiros 17 vezes e agradeceu Marcelo Bielsa pelo papel designado a ele na equipe como playmaker ao invés de winger.

Foi escolhido pela segunda vez, no dia 17 de maio, para a seleção do campeonato francês[29].

West Ham United[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de junho de 2015 assinou um contrato de 5 anos com o time londrino, o valor da transação foi algo em torno de 10 milhões de libras. Estreou na liga contra o Arsenal, ajudando a equipe com uma assistência na vitória por 2-0[30]. Seis dias depois marcou seu primeiro gol pelo clube, na derrota para o Leicester por 2-1[31]. Marcou dois contra o Newcastle no Boleyn Ground[32] no dia 14 de setembro. Lesionou seu tornozelo em 7 de novembro na partida contra o Everton[33]. Ficou dois meses parado e em seu retorno, no dia 12 de janeiro, marcou um belo gol de falta contra o Bournemouth[34]. No dia 13 de março, marcou um gol de falta no empate em 1-1 contra o Manchester United no Old Trafford pela FA Cup[35].

Retorno ao Marseille[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de janeiro de 2017, Slaven Bilic anuncia que Payet não deseja mais jogar pelo clube inglês[36]. Ele não figurou na partida do dia 14, apesar de nenhuma lesão aparente[37]. O clube preferia que o jogador se desculpasse pela sua atitude do que vender seu principal jogador na temporada, o qual vinha sendo o maior criador de chances de gol na competição[38]. Duas semanas depois, o West Ham aceitou a proposta de 25 milhões de euros por Payet[39].

Estreou pela segunda vez na partida contra o Lyon pela Copa da França, no qual seu time acabaria vencendo por 2-1. Marcou seu primeiro gol desde sua volta, no dia 8 de fevereiro contra o Guinguamp na vitória por 2-0[40].

Seleção Francesa[editar | editar código-fonte]

Defendeu a Seleção Sub-21 entre 2007 a 2009 e foi convocado para a seleção principal pela primeira vez no dia 30 de setembro de 2010.[41]

Euro 2016[editar | editar código-fonte]

Payet foi convocado por Didier Dechamps para integrar o elenco da Seleção Francesa na UEFA Euro 2016 disputada em seu país. Chegou a Seleção com crédito depois de ser o principal destaque do West Ham na Premier League 2015-16.

Payet estreou já marcando um golaço decisivo na vitória sobre a Romênia por 2 a 1[42]. No jogo seguinte mostrou que tinha estrela e marcou mais um golaço, desta vez na vitória por 2 a 0 sobre a Albânia[43]. Com esses dois gols Payet foi o grande destaque francês na fase de grupos, na qual avançaram para as oitavas de final na primeira posição.

No decorrer da competição, Payet seguiu como titular até a final contra a seleção de Portugal perdendo o jogo na prorrogação.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Portugal striker Cristiano Ronaldo forced off injured in Euro 2016 final». ESPNFC.com 
  2. FIFA.com (6 de outubro de 2010). «Patience a virtue for Payet». FIFA.com (em inglês) 
  3. «Dimitri Payet ou la fierté de Saint Philippe». Linfo.re 
  4. «Dimitri Payet réussit ses débuts en bleu». 21 de julho de 2011. Consultado em 18 de junho de 2017 
  5. «FOOTBALL CFA STATS DES JOUEURS DE NANTES RESERVE PRO 2005/2006». 15 de julho de 2009. Consultado em 18 de junho de 2017 
  6. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2005/2006 - 19ème journée - Girondins de Bordeaux / FC Nantes». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  7. «Ligue de Football Professionnel : feuilles de match, résultats, Ligue 1 Orange». 26 de março de 2007. Consultado em 18 de junho de 2017 
  8. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2006/2007 - 5ème journée - FC Nantes / LOSC Lille Métropole». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  9. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2006/2007 - 7ème journée - FC Nantes / Olympique de Marseille». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  10. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2006/2007 - 12ème journée - CS Sedan / FC Nantes». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  11. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2006/2007 - 24ème journée - FC Nantes / Valenciennes FC». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  12. Dupré, Rémi (27 de setembro de 2010). «Football : Dimitri Payet ou l'ascension verte». Le Monde.fr (em francês). ISSN 1950-6244 
  13. «uefa.com - UEFA Europa League». 20 de janeiro de 2016. Consultado em 18 de junho de 2017 
  14. «uefa.com - UEFA Europa League». 20 de janeiro de 2016. Consultado em 18 de junho de 2017 
  15. «uefa.com - UEFA Europa League». 20 de janeiro de 2016. Consultado em 18 de junho de 2017 
  16. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Coupe de France - Saison 2009/2010 - 1/32 de finale - AS Saint-Etienne / FC Lorient». 23 de agosto de 2011. Consultado em 18 de junho de 2017 
  17. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Coupe de France - Saison 2009/2010 - 1/8 de finale - AS Saint-Etienne / Vannes OC». 23 de agosto de 2011. Consultado em 18 de junho de 2017 
  18. «Bleus - AS Saint-Etienne : Payet et Matuidi ont fait la paix». archive.is. 10 de setembro de 2012 
  19. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2010/2011 - 1ère journée - Paris Saint-Germain / AS Saint-Etienne». 17 de março de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  20. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2005/2006 - 25ème journée - Toulouse FC / FC Nantes». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  21. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 - Saison 2010/2011 - 6ème journée - AS Saint-Etienne / Montpellier Hérault SC». 30 de abril de 2012. Consultado em 18 de junho de 2017 
  22. «Dimitri PAYET». www.lfp.fr (em francês). Consultado em 18 de junho de 2017 
  23. uefa.com (28 de junho de 2011). «UEFA Champions League - News – UEFA.com». UEFA.com (em inglês) 
  24. «Un coup à jouer pour Lille face à l'Inter». LExpress.fr (em francês). 17 de outubro de 2011 
  25. «Sportlive.it - Sport, risultati, classifiche». www.sportlive.it (em italiano). Consultado em 18 de junho de 2017 
  26. «LFP.fr - Ligue de Football Professionnel - Ligue 1 Conforama - Classement officiel des passeurs». www.lfp.fr (em francês). Consultado em 18 de junho de 2017 
  27. «Le trophée UNFP de meilleur joueur de Ligue 1 décerné à Zlatan Ibrahimovic, les entraîneurs Carlo Ancelotti et Christophe Galiter ex-aequo». Le Huffington Post. Consultado em 18 de junho de 2017 
  28. «Payet brace as Marseille beat Guingamp». ESPNFC.com 
  29. «6 Parisians in the team of the season - psg.fr». Paris Saint-Germain - PSG (em inglês) 
  30. «Arsenal 0-2 West Ham United». BBC Sport (em inglês). 9 de agosto de 2015 
  31. «West Ham United 1-2 Leicester City». BBC Sport (em inglês). 15 de agosto de 2015 
  32. «West Ham United 2-0 Newcastle United». BBC Sport (em inglês). 14 de setembro de 2015 
  33. «Dimitri Payet: West Ham midfielder ruled out for three months». BBC Sport (em inglês). 9 de novembro de 2015 
  34. «Dimtri Payet and Enner Valencia score stunning free kicks in West Ham win». ESPNFC.com 
  35. «FA Cup: Dimitri Payet scores sublime free kick against Man Utd». BBC Sport (em inglês). 13 de março de 2016 
  36. «Dimitri Payet does not want to play for West Ham, says Slaven Bilic». BBC Sport (em inglês). 12 de janeiro de 2017 
  37. «West Ham United 3-0 Crystal Palace». BBC Sport (em inglês). 14 de janeiro de 2017 
  38. «Dimitri Payet: West Ham reject Marseille's improved bid». BBC Sport (em inglês). 17 de janeiro de 2017 
  39. «West Ham confirm £25m deal to sell Dimitri Payet to Marseille». The Independent (em inglês). 29 de janeiro de 2017 
  40. «Dimitri Payet feeling good after first goal for Marseille since leaving West Ham». Eurosport. 9 de fevereiro de 2017 
  41. «Blanc chama Payet aos eleitos gauleses». record.xl.pt. 30 de setembro de 2010. Consultado em 30 de setembro de 2010 
  42. uefa.com (10 de junho de 2016). «UEFA EURO 2016 - History - France-Romania – UEFA.com». Uefa.com (em inglês) 
  43. uefa.com (15 de junho de 2016). «UEFA EURO 2016 - History - France-Albania – UEFA.com». Uefa.com (em inglês) 
  44. «The PFA Premier League Team of the Year». The PFA. Consultado em 22 de abril de 2016 
  45. «The 100 best footballers in the world 2016 – interactive» (em inglês). The Guardian 
  46. «Dimitri Payet» (em espanhol). Marca