Alex Teixeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alex Teixeira
Alex Teixeira
Alex Teixeira em 2011
Informações pessoais
Nome completo Alex Teixeira Santos
Data de nasc. 6 de janeiro de 1990 (26 anos)
Local de nasc. Duque de Caxias (RJ), Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1,74m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 2007–presente (9 anos)
Clube atual China Jiangsu Suning
Número 10
Posição Meia-atacante
Clubes de juventude
1999–2007 Brasil Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007–2010
2010–2016
2016–
Brasil Vasco da Gama
Ucrânia Shakhtar Donetsk
China Jiangsu Suning
000092 000(16)
000223 000(89)
000031 0000(12)
Seleção nacional3
2005
2006–2007
2009
Brasil Brasil Sub-15
Brasil Brasil Sub-17
Brasil Brasil Sub-20
000009 0000(6)[1]
000013 000(18)[2][3][4]
000007 0000(3)[5]


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 8 de maio de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 10 de outubro de 2009.

Alex Teixeira Santos, mais conhecido como Alex Teixeira (Duque de Caxias, 6 de janeiro de 1990), é um futebolista brasileiro que atua como meia-atacante. Atualmente, joga pelo Jiangsu Suning da China

Clubes[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Alex iniciou sua carreira nas categorias de base do Vasco em 1999. Chamou a atenção por ter sido considerado "revelação mundial" pela FIFA em 2008,[3][6] além de já ter atraído a atenção de alguns clubes europeus.[7][8]

Alex Teixeira chegou em São Januário em 1999, tendo apenas 10 anos, sendo integrado ao Pré-Mirim. Foi descoberto quando jogava pelo Duque de Caxias num amistoso contra o Vasco. Começou a jogar nas categorias de base da Seleção Brasileiras ao 14 anos, no Sub-15, e rapidamente chamou a atenção. No início de 2006 recebeu uma proposta do Manchester United, recusada pelo Vasco.[8] Em 2007 veio outra proposta do futebol inglês, dessa vez do Chelsea, que ofereceu € 4 milhões por 50% dos direitos federativos do jogador.[7] Também integrou a seleção Sub-17, disputando os Jogos Pan-Americanos de 2007,[9] o Sul-Americano Sub-17[10] e o Mundial Sub-17.[11]

No início da temporada de 2008, o jogador foi promovido à equipe profissional do Vasco da Gama,[12] sendo considerado a maior revelação do clube desde Morais.[13] A sua estréia no time profissional foi no dia 10 de Janeiro, na derrota por 2 a 1 para o Hamburgo, da Alemanha, no Torneio de Dubai, nos Emirados Árabes.[14] A boa atuação no torneio, principalmente no segundo jogo, onde fez a jogada que resultou no gol vascaíno, fez com que o jovem atacante ganhasse uma vaga na estréia do Vasco no Campeonato Carioca de 2008.[15]

O desempenho nas categorias de base da seleção mais o início no Vasco fizeram ainda com que o jogador fosse considerado um dos candidatos a 'revelação mundial' pela FIFA em 2008.[3]

Durante a disputa do Torneio de Dubai, o então presidente do clube, Eurico Miranda, anunciou um contrato de cinco anos com o jogador, revelando uma multa rescisória de R$ 100 milhões.[14]

No ano em que foi promovido a profissional foi justamente o ano em que o Vasco caiu para a segunda divisão do futebol Brasileiro e mesmo assim ele resolveu ficar mesmo tendo propostas de times do Brasil e do exterior como o Internacional de Porto Alegre e o Benfica de Portugal. Em 2009 começou muito bem o ano. Durante o Brasileirão serie b foi um dos destaques do clube,ajudando o clube a retornar a primeira divisão do futebol brasileiro,fez também o gol do titulo brasileiro da serie b, seu único titulo conquistado no Vasco.

Shakhtar Donetsk[editar | editar código-fonte]

Na janela de transferências de janeiro de 2010, Alex Teixeira foi transferido para o Shakhtar Donetsk O jogador do ex-Vasco foi negociado por € 6 milhões (cerca de R$ 15,3 milhões). Se adaptou ao futebol Ucraniano rapidamente se tornando titular da equipe muito rápido, logo e sua segunda temporada ganhou o campeonato Ucraniano, e fez 39 jogos e marcou 6 gols. Na sua segunda temporada, ganhou novamente o Campeonato Ucraniano tendo feito 37 jogos e marcado 10 gols.

Depois da saída dos brasileiros Douglas Costa e Luiz Adriano se tornou o principal jogador do clube sendo que fez 16 gols em 11 jogos sendo o principal artilheiro da Europa até o momento na frente de nomes com Lewandowski do Bayern München e Cristiano Ronaldo do Real Madrid. Vem despertando o interesse de alguns clubes da Inglaterra com Chelsea e Liverpool. Especula-se que time de Anfield chegou a oferecer 24 milhões de libras (cerca de R$ 137 milhões), mas o Shakhtar recusou a proposta e pediu ao menos 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 216 milhões) pelo brasileiro, que ainda possui multa rescisória de 53 milhões de euros (230 milhões de reais).

´´Chegou uma proposta oficial para o clube, mas eles recusaram, não sei por quê. Foi uma proposta muito boa. Estou tentando sair, mas infelizmente o presidente e o treinador não querem. Então, é esperar e ter paciência. Não sei, não posso falar. Fiz de tudo para tentar sair. Infelizmente, o presidente e o treinador não querem. Não sei o que dizer no momento´´. Disse o jogador, ainda nos Estados Unidos, onde realiza um período de amistosos com o Shakhtar.

Especula-se que ele recusou uma proposta milionária da China onde iria ganhar 3,6 milhões por mês para jogar a Premier League, e assim jogando num campeonato de maior visibilidade chegar a seleção brasileira.

Jiangsu Suning[editar | editar código-fonte]

No dia 5 de fevereiro de 2016 foi anunciado oficialmente a venda do jogador para o Jiangsu Suning, da China. Sua contratação foi a maior da história do emergente mercado chinês, na época. O clube asiático pagou € 50 milhões de euros (R$218 milhões) para o Shaktar para tirá-lo da Ucrânia.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Alex teve presença constante nos elencos da seleção brasileira de base.

Em 2005, o jogador foi convocado para a seleção sub-15 para a disputa do Sul-Americano sub-15..[16] Foi titular durante toda a campanha que sagrou o Brasil campeão do torneio, se destacando e marcando cinco gols em seis partidas disputadas, sendo dois em sua estreia e um na final, contra a arqui-rival Argentina [17][18] Na volta ao país, Alex se declarou feliz com o título, que classificou como maravilhoso.[19] Ainda no mesmo ano o jogador seria também convocado pela sub-15 para a disputa do torneio Torneio Internacional de Tampa.[20]

Em 2006, o vascaíno foi pela primeira vez convocado para a seleção sub-17, que iria disputar a 6ª Copa Internacional do Mediterrâneo, competição que a equipe viria a conquistar.[21][22] Alex marcou um gol no torneio, na partida contra o Real Oviedo.[23] No mesmo ano o jogador foi chamado para integrar a equipe no Torneio Internacional de Beaverton.[24] Neste, com atuação destacada, Alex marcou três gols em dois jogos, ajudando a equipe a sagrar-se campeã; o meia-atacante ainda ganhou o troféu de melhor jogador da competição.[23] Considerado um dos destaques da seleção sub-17 em 2006, Alex afirmou "estar cada vez mais à vontade" vestindo a camisa brasileira, e que as experiências internacionais lhe ajudavam a render seu melhor futebol em campo.[25]

Já no início de 2007 o jogador foi novamente convocado à sub-17, desta vez para a disputa do Campeonato Sul-Americano Sub-17.[26] Nesta, Alex ajudou a equipe a conquistar seu oitavo título na competição, participando como titular nos nove jogos, marcando dois gols.[27] Em maio do mesmo ano o meia foi convocado para o elenco sub-17 que iria disputar os Jogos Pan-Americanos de 2007.[28] A preparação para a competição se deu na Coréia do Sul, onde a seleção disputou e venceu o Torneio Internacional Oito Nações.[29]

Antes do início do Pan, Alex se disse confiante na conquista, afirmando que a equipe iria "em busca do ouro".[30] Na estreia da competição o Brasil derrotou Honduras por 3 a 0. Para o vascaíno, a estreia foi uma partida difícil, e que o time pode fazer bem melhor.[31] Já no segundo jogo, Alex teve uma atuação fundamental para a vitória por 2 a 0 em cima da Costa Rica, marcando o segundo gol e criando várias jogadas de perigo.[32] No final, o apoiador se disse "emocionado com o gol".[32] A partida seguinte foi contra o Equador, que disputava com uma equipe sub-20. Nesta, Alex marcou outro gol, mas a seleção acabou derrotada por 4 a 2, e foi eliminada do Pan.[33]

Quatro dias após a eliminação, Alex foi de novo convocado para integrar a sub-17, dessa vez na disputa do Mundial Sub-17.[34] O vascaíno foi o grande destaque na primeira partida da competição, marcando um gol e dando passe para mais três na goleada de 7 a 0 sobre a Nova Zelândia.[35] No segundo jogo, contra a Coréia do Norte, mais uma boa atuação do meia, que marcou um gol e deu assistência para outro, após jogada individual.[36] Pela performance nesses dois jogos, Alex foi considerado um dos destaques da seleção pela imprensa.[37] Na terceira partida, que definiria o primeiro colocado do Grupo B, o jogador teve uma atuação apagada, e a equipe acabou perdendo para a Inglaterra por 2 a 1.[38] Apesar da derrota, o apoiador declarou estar confiante e que o revés só serviria para fortalecer ainda mais o elenco.[39] Classificada em segundo pelo grupo, a equipe pegou a seleção de Gana pelas oitavas de final do torneio, e acabou perdendo por 1 a 0 e sendo eliminada. Alex criou na partida duas boas oportunidades para o Brasil, uma em jogada individual, mas não conseguiu concluir em gol.[40]

Em 2008, o vascaíno não foi convocado. Já em 2009 foi chamado pela primeira vez à seleção sub-20, para integrar o grupo que disputaria o Mundial Sub-20.[41] Neste Mundial, Alex Teixeira foi o principal jogador da Seleção Brasileira, sendo o vice-artilheiro do Brasil com 3 gols e bola de prata (segundo melhor jogador)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 8 de maio de 2016.[42][43]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais
Outros
torneios
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Vasco da Gama 2008 29 5 7 1 2 0 17 2 55 8
2009 25 5 3 0 12 3 37 8
Total 51 10 10 1 2 0 29 5 92 16
Shakhtar Donetsk 2009-10 3 0 3 0
2010-11 26 5 4 1 8 0 1 0 39 6
2011-12 26 7 5 3 5 0 1 0 37 10
2012-13 27 10 5 4 8 2 1 0 41 16
2013-14 27 6 4 0 8 3 1 0 40 9
2014-15 22 17 7 2 8 3 37 22
2015-16 15 22 10 4 1 0 26 26
Total 146 67 25 10 47 12 5 0 223 89
Jiangsu Suning 2016 8 2 6 2 1 0 15 4
Total 8 2 6 2 1 0 15 4
Total na carreira 205 79 35 11 55 14 35 5 328 109

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-15
Sub-17

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama
Shakhtar Donetsk
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira
  • Torneio de Tampa Sub-15 2005 (3 gols)


Referências

  1. «Confederación Sudamericana de Fútbol». 4 de Novembro de 2005. Consultado em 22 de Janeiro de 2008. 
  2. «Confederación Sudamericana de Fútbol». 25 de Março de 2007. Consultado em 22 de Janeiro de 2008. 
  3. a b c «FIFA U-17». 9 de Setembro de 2007. Consultado em 22 de Janeiro de 2008. 
  4. «Brasil U-17 - BigSoccer». 10 de Setembro de 2006. Consultado em 22 de Janeiro de 2008. 
  5. «FIFA.com: Estadísticas FIFA de ALEX TEIXEIRA». Consultado em 8 de outubro de 2009. 
  6. «GloboEsporte.com: Fifa destaca quatro jovens brasileiros». 1 de fevereiro de 2008. 
  7. a b «GloboEsporte.com: Chelsea tentou levar Alex Teixeira». Consultado em 16 de janeiro de 2008. 
  8. a b «GloboEsporte.com: O artilheiro do futuro no Vasco». Consultado em 16 de janeiro de 2008. 
  9. «Netvasco:Alex Teixeira e Carlos comentam convocação para o Pan». Consultado em 16 de janeiro de 2008. 
  10. «Netvasco: Alex Teixeira é convocado para o Sul-Americano Sub-17». Consultado em 16 de janeiro de 2008. 
  11. «Netvasco: Alex Teixeira é convocado para o Mundial Sub-17 na Coréia do Sul». Consultado em 16 de janeiro de 2008. 
  12. «GloboEsporte.com: Alex Teixeira vai treinar com os profissionais». 2 de Janeiro de 2008. Consultado em 12 de Janeiro de 2008. 
  13. «Lancenet: CBF mostra rescisão de contrato de Alex Teixeira». Consultado em 16 de janeiro de 2008. 
  14. a b «GloboEsporte.com: Alex Teixeira assina por cinco anos». 11 de Janeiro de 2008. Consultado em 12 de Janeiro de 2008. 
  15. «GloboEsporte.com: Confira o esquema tático cruzmaltino». Consultado em 18 de janeiro de 2008. 
  16. «Netvasco: Meia Alex, do Vasco, convocado para Sul-Americano Sub-15». 2 de outubro de 2005. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  17. «Netvasco: Vascaíno Alex marca e Brasil é campeão sul-americano sub-15». 5 de novembro de 2005. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  18. «Netvasco: Alex, do Vasco, marca 2 na estréia do Sul-Americano Sub-15». 24 de outubro de 2005. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  19. «Netvasco: Alex, do Vasco, diz que está feliz com título sul-americano sub-15». 6 de novembro de 2005. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  20. «Netvasco: Alex se apresenta à Seleção sub-15 para torneio nos EUA». 21 de novembro de 2005. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  21. «Alex é convocado para Seleção Brasileira Sub-17». 17 de março de 2006. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  22. «Netvasco: Alex Teixeira é campeão na Espanha com a Seleção Sub-17». 17 de abril de 2009. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  23. a b «Blog de Base: Retrospectiva 2006 Categoria Juvenil». Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  24. «Netvasco: Alex Teixeira é convocado para a Seleção Brasileira Sub-17». 15 de agosto de 2006. Consultado em 9 de outubro de 2009. 
  25. «Netvasco: Alex Teixeira fala sobre o Vasco e a Seleção Brasileira». 02 de janeiro de 2007. 
  26. «Netvasco: Alex Teixeira é convocado para o Sul-Americano Sub-17». 06 de fevereiro de 2007. Consultado em 09 de outubro de 2009. 
  27. «Yahoo! Esportes: Brasil goleia Equador e conquista seu oitavo título do Sul-Americano-sub 17». Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  28. «Netvasco: Atacantes Alex Texeira e Carlos são convocados para o Pan». 28 de maio de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  29. «Netvasco: Seleção Sub-17, que tem dois vascaínos, conquista torneio na Coréia». 23 de junho de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  30. Bernardo Pombo (26 de junho de 2007). «O Globo Online: Futebol carioca de bola cheia na seleção do Pan». Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  31. «Netvasco: Pan 2007: Alex Teixeira: 'Podemos fazer bem melhor'». 16 de julho de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  32. a b «Netvasco: Pan 2007: Alex Teixeira emocionado com gol marcado». 19 de julho de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  33. «Pan 2007: Alex Teixeira marca, mas Brasil perde para 'coroas' e é eliminado». 21 de julho de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  34. «Netvasco: Alex Teixeira é convocado para o Mundial Sub-17 da Coréia do Sul». 25 de julho de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  35. «Netvasco: Alex Teixeira se destaca e Brasil massacra Nova Zelândia no Mundial Sub-17». 18 de agosto de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  36. «Netvasco: Alex Teixeira marca, Sub-17 goleia Coréia do Norte e se classifica: 6 a 1». 21 de agosto de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  37. «Netvasco: Confiante no título, Alex Teixeira já sonha em jogar no Barcelona». 21 de agosto de 2009. 
  38. «Netvasco: Com Alex Teixeira, Brasil leva virada da Inglaterra no Mundial Sub-17: 2 a 1». 24 de agosto de 2009. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  39. «Netvasco: Alex Teixeira confiante na vitória sobre Gana no Mundial Sub-17 às 8h». 29 de agosto de 2007. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  40. «Yahoo! Esportes: Mundial sub17: Brasil joga mal e Gana avança às quartas-de-final». 29 de agosto de 2009. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  41. «CBF: Seleção Sub-20 convocada para preparação, em Cuiabá, para o Mundial do Egito». 09 de junho de 2009. Consultado em 11 de outubro de 2009. 
  42. «Perfil de Alex Teixeira». Soccerway. Consultado em 10 de março de 2016. 
  43. «Alex Teixeira». 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons