Kevin De Bruyne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kevin De Bruyne
Kevin De Bruyne
De Bruyne em uma partida na Copa do Mundo de 2018
Informações pessoais
Nome completo Kevin De Bruyne
Data de nasc. 28 de junho de 1991 (28 anos)
Local de nasc. Drongen, Bélgica
Nacionalidade belga
Altura 1,81 m[1]
Destro
Informações profissionais
Clube atual Manchester City
Número 17
Posição Meia
Clubes de juventude
1997–1999
1999–2005
2005–2008
KVV Drongen
Gent
Genk
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008–2012
2012–2014
2012–2013
2014–2015
2015–
Genk
Chelsea
Werder Bremen (emp.)
VfL Wolfsburg
Manchester City
0113 000(17)
0009 0000(0)
0034 000(10)
0072 000(20)
0193 000(46)
Seleção nacional3
2008–2009
2009
2011
2010–
Bélgica Sub-18
Bélgica Sub-19
Bélgica Sub-21
Bélgica
0007 0000(1)
0010 0000(1)
0002 0000(0)
0074 000(19)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 3 de dezembro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 19 de novembro de 2019.

Kevin De Bruyne (Drongen, 28 de junho de 1991) é um futebolista belga que atua como meia. Atualmente defende o Manchester City. Seu estilo de jogo freqüentemente levou a mídia, treinadores e colegas a classificá-lo entre os melhores jogadores do mundo, e costuma ser descrito como jogador completo. [2][3]

De Bruyne começou sua carreira em Genk, onde era jogador regular quando venceu a Liga Pro Belga 2010-11. Em 2012, ingressou no clube inglês Chelsea, onde foi usado com moderação e emprestado ao Werder Bremen. Ele assinou com o Wolfsburg por 18 milhões de libras em 2014 e em 2015 foi nomeado Jogador de Futebol do Ano na Alemanha. [4] Mais tarde naquele ano, ele ingressou no Manchester City por um recorde de 54 milhões de libras. Em quatro temporadas no City, De Bruyne apareceu em mais de 170 partidas e conquistou dois títulos da Premier League, três Copas da Liga e uma FA Cup. Ele teve um papel significativo na busca do City para se tornar o primeiro time da Premier League a atingir 100 pontos em uma única temporada no período de 2017-18. Além disso, De Bruyne foi eleito Jogador do Ano do Manchester City, duas vezes, em 2016 e 2018.

De Bruyne fez sua estréia internacional completa em 2010 e, desde então, ganhou mais de 70 jogos pela seleção e marcou 17 gols pela Bélgica. Ele foi membro da equipe belga que chegou às quartas-de-final na Copa do Mundo da FIFA 2014 e na UEFA Euro 2016. Em 2018, ele representou a Bélgica na Copa do Mundo da FIFA, vencendo a terceira partida do play-off contra a Inglaterra.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Genk[editar | editar código-fonte]

Nascido em Drongen, Bélgica, De Bruyne começou sua carreira no KVV Drongen em 1997. Dois anos mais tarde, juntou-se ao Gent, onde permaneceu até 2005, depois transferiu-se para o Genk. Foi promovido a equipe principal em 2008, mas fez sua estreia somente no dia 9 de maio de 2009, em uma derrota por 3 a 0 para o Charleroi.

Chelsea[editar | editar código-fonte]

No dia 31 de janeiro de 2012 o Chelsea anunciou a contratação de De Bruyne, para cinco anos e meio de contrato. Ele permaneceu no Genk por empréstimo até o fim da temporada, juntando-se ao Chelsea na temporada seguinte.[5] De Bruyne disse ao site oficial do Chelsea: "Ir para um time como o Chelsea é um sonho, mas agora eu tenho que trabalhar para alcançar o nível que é necessário para jogar aqui." No dia 18 de julho de 2012, De Bruyne estreou pelo Chelsea num amistoso contra o Seattle Sounders FC da Major League Soccer (MLS) numa vitória por 4–2.

Werder Bremen[editar | editar código-fonte]

Em 2 de agosto de 2012 o Chelsea o emprestou por uma temporada ao Werder Bremen.[6] De Bruyne anotou seu primeiro gol pelo Bremen numa vitória por 3–2 contra o Hannover 96.

Retorno ao Chelsea[editar | editar código-fonte]

Após uma temporada de sucesso com o Werder Bremen, o jogador retornou oficialmente ao Chelsea no dia 1 de julho de 2013. De Bruyne lesionou o joelho no jogo em que ele marcou seu primeiro gol pelo Chelsea, num amistoso de pré-temporada contra o Malaysia XI, mas se recuperou a tempo de fazer sua estreia no primeiro jogo da temporada 2013-14 da Premier League contra o Hull City, dando uma assistência para o primeiro gol na vitória por 2–0.[7]

Wolfsburg[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de janeiro de 2014, Wolfsburg acertou com De Bruyne.[8] No dia 25 de Janeiro de 2014, jogando em casa, De Bruyne fez sua estreia pelo Wolfsburg numa derrota por 1–3 para o Hannover 96.[9]

De Bruyne fez 2 gols e 2 assistências na vitória do Wolfsburg de 4 a 1 sobre o Bayern de Munique.[10] O Wolfsburg terminou a temporada na 2ª colocação da Bundesliga e ganhou o direito de participar, diretamente, da Liga dos Campeões da UEFA de 2015-16. No dia 30 de maio de 2015, em partida válida pela final da Copa da Alemanha, De Bruyne anotou um gol na vitória por 3–1 contra o Borussia Dortmund.[11] De Bruyne foi o líder de assistências na Bundesliga de 2014–15 chegando ao impressionante número de 20.[12] Também foi escolhido como o Melhor Jogador da Bundesliga de 2014–15 e da Copa da Alemanha de 2014–15.[13] Em 20 de outubro de 2015, foi eleito para a lista de 23 melhores jogadores do ano de 2015.[14] Foi negociado ao Manchester City.

Manchester City[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de agosto de 2015, De Bruyne foi anunciado oficialmente como reforço do Manchester City, passando a ser a transferência mais cara da história do clube inglês e também o jogador belga mais caro da história.[15]. Com o Manchester City chegou às semifinais da Liga dos Campeões da UEFA de 2015–16, em 2016–17, passou a ser treinado por Pep Guardiola, na temporada 2017–18 conquistou a Premier League e a Copa da Liga. Em 30 de setembro de 2018, De Bruyne marcou o único gol do Manchester City na vitória sobre o Chelsea por 1 a 0.[16]. Em 14 de outubro de 2018, De Bruyne deu duas assistências e um passe na vitória do Manchester City por 7 a 2 sobre o Stoke City.[17] De Bruyne também fez outros gols sobre o Arsenal e Leicester City. Em 29 de novembro de 2017, marcou novamente um gol sobre o Southampton.[18] De Bruyne ainda anotou um sobre o Stoke City e sobre o Tottenham. Após algum tempo, só voltou a marcar contra o West Bromwich.[19] De Bruyne, na Premier League novamente marcou gols contra o Swansea City. Em 28 de janeiro de 2018, De Bruyne um dos gols na vitória do Manchester City sobre o Cardiff City na FA Cup.[20] Na Copa da Liga Inglesa, De Bruyne fez 2 gols, um sobre o Bristol City.[21] E outro no jogo da volta contra o Bristol City.[22] Na Liga dos Campeões da UEFA de 2017–18, De Bruyne marcou um gol sobre o Shakhtar Donetsk[23] Em 18 de abril de 2018, De Bruyne esteve no time do ano da Premier League, sendo eleito o melhor meio-campista.[24] No final da temporada, De Bruyne também foi o líder de assistências da Premier League, totalizando 16.[25] Segundo a UEFA, De Bruyne ficou entre os 50 melhores jogadores do ano de 2017.[26]

Seleção Belga[editar | editar código-fonte]

Kevin De Bruyne foi convocado por Marc Wilmots entre os 23 para defender a Seleção Belga na Copa do Mundo FIFA de 2014[27]Foi titular em 4 dos 5 jogos na campanha belga e marcou um gol na prorrogação contra os Estados Unidos nas oitavas de final.[28] Fez 5 gols durante a campanha belga nas Eliminatórias da Eurocopa de 2016 e, como era de se esperar, esteve novamente entre os convocado de Marc Wilmots para a disputa da Eurocopa 2016[29] De Bruyne deixou a competição em branco, sem fazer nenhum gol. Nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018 também não marcou nenhum gol, mas foi peça chave da campanha que classificou a Bélgica para o mundial, sendo um dos principais passadores da fase de qualificação.

Após ótima temporada pelo Manchester City, foi convocado para disputar a Copa do Mundo FIFA de 2018. Foi titular absoluto em 6 dos 7 jogos da ótima campanha belga, que ficou com o inédito 3° lugar do torneio, ficando de fora apenas quando esteve poupado na partida contra a Inglaterra pela terceira rodada da fase de grupos. Marcou o segundo gol da vitória sobre a Seleção Brasileira por 2-1 nas quartas de final. Encerrou sua participação no torneio com 1 gol marcado e 2 assistências.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Genk
Wolfsburg
Manchester City

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Perfil do Kevin de Bruyne [1]
  2. Delaney, Miguel (30 September 2017). «Pep Guardiola and Antonio Conte laud Kevin De Bruyne for being the perfect 'complete' player after masterclass». The Independent. Consultado em 8 July 2018  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  3. Pitt-Brooke, Jack (30 September 2017). «Where would Manchester City be without Kevin De Bruyne, the most complete player in the Premier League?». The Independent. Consultado em 7 July 2018  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  4. «De Bruyne is Speler van het Jaar volgens Duitse Journalisten». Sporza (em neerlandês). 26 July 2015. Consultado em 26 July 2015. Cópia arquivada em 16 July 2016  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata=, |data= (ajuda)
  5. De Bruyne É Anunciado No Chelsea Para A Temporada Que Vem[ligação inativa]
  6. Chelsea empresta De Bruyne ao Werder Bremen Record.pt
  7. Chelsea 2-0 Hull City BBC Sports.
  8. Wolfsburg anuncia contratação de Kevin de Bruyne, ex-Chelsea Terra.
  9. VfL Wolfsubrg 1:3 Hannover 96
  10. Wolfsburg 4-1 Bayern Munich
  11. Borussia Dortmund 3-1 VfL Wolfsburg BBC Sports.
  12. Título da Copa da Alemanha consagra De Bruyne, Luiz Gustavo e o Wolfsburg
  13. De Bruyne eleito melhor jogador da temporada 2014/2015 na Alemanha
  14. Fifa divulga lista, e Neymar é o único do Brasil entre os 23 melhores de 2015 SporTV
  15. Manchester City (30 de agosto de 2015). «Kevin De Bruyne signs for Manchester City». Manchester City. Consultado em 30 de agosto de 2015 
  16. Chelsea 0-1 Manchester City BBC Sport.
  17. Manchester City 7-2 Stoke City BBC Sports.
  18. Manchester City 2-1 Southampton BBC Sports.
  19. Manchester City 3-0 West Bromwich BBC Sports.
  20. Cardiff City 0-2 Manchester City BBC Sports.
  21. Manchester City 2-1 Bristol City BBC Sports.
  22. Bristol City 2-3 Manchester City
  23. Manchester City 2-0 Shakhtar Donetsk BBC Sports.
  24. Time do ano da Premier League eleito por jogadores é dominado pelo Manchester City Trivela.uol
  25. De Bruyne, líder de assistências na Premier BeSoccer.
  26. Uefa divulga 50 melhores jogadores do ano
  27. Bélgica divulga lista de convocados para a Copa O Globo. 13 de junho de 2014.
  28. Belgium 2-1 USA BBC Sports.
  29. Bélgica divulga convocados para a Euro-2016 com dúvidas na zaga UOL Esportes.
  30. «The 100 best footballers in the world 2016 – interactive» (em inglês). The Guardian 
  31. «Kevin De Bruyne» (em espanhol). Marca 
  32. «Kevin De Bruyne» (em espanhol). Marca 
  33. «The 100 best footballers in the world 2017 – interactive» (em inglês). The Guardian 
  34. «The PFA Premier League Team of the Year». The PFA. Consultado em 15 de maio de 2018. Arquivado do original em 22 de abril de 2018 
  35. «De Bruyne named man of the match after 2-1 win over Brazil». Four Four Two. 7 de julho de 2018. Consultado em 5 de julho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kevin De Bruyne