Nacer Chadli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nacer Chadli
ناصر الشاذلي
Nacer Chadli ناصر الشاذلي
Informações pessoais
Nome completo Nacer Chadli
Data de nasc. 2 de agosto de 1989 (30 anos)
Local de nasc. Liège, Bélgica
Nacionalidade belga
marroquino
Altura 1,87 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Anderlecht
Número 19
Posição ponta-esquerda
Clubes de juventude
1994–1998
1998–2005
2005–2007
JS Thier-à-Liège
Standard Liège
MVV
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007–2010
2010–2013
2013–2016
2016–2018
2018–
2019–
AGOVV
Twente
Tottenham Hotspur
West Bromwich
Monaco
Anderlecht (emp.)
0090 000(28)
0084 000(25)
0088 000(15)
0036 0000(8)
0022 0000(0)
0003 0000(0)
Seleção nacional3
2010
2011–
Marrocos
Bélgica
0001 0000(0)
0058 0000(7)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 1 de setembro de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 9 de setembro de 2019.

Nacer Chadli - em árabe, ناصر الشاذلي (Liège, 2 de agosto de 1989) - é um futebolista belga de origem marroquina que atua como ponta-esquerda. Atualmente joga no Anderlecht e na Seleção Belga.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Já defendeu AGOVV, Twente, Tottenham e West Bromwich.[1] Atualmente joga no Anderlecht, emprestado pelo Monaco.

Seleção Belga[editar | editar código-fonte]

Inicialmente havia optado pela Seleção do Marrocos, terra de suas origens, realizando uma partida em 2010 pelos Leões do Atlas. Contudo, após ser convencido por conselheiros, dentre eles o brasileiro Rubenilson, ex-futebolista do Standard de Liège que naquele clube tornara-se tutor de Chadli -, passou a defender o país de nascimento, a Seleção Belga.[2]

Na Copa do Mundo FIFA de 2018, destacou-se por marcar no último lance o gol da vitória de virada da Bélgica por 3 a 2 sobre o Japão, nas oitavas-de-final.

Referências

  1. «West Bromwich Albion confirm signing of Belgium international Nacer Chadli from Tottenham Hotspur». Consultado em 29 de agosto de 2016 
  2. Leandro Stein (6 de julho de 2018). «Oliveira e a ponte invisível do futebol que conectou o Maranhão à Bélgica». Trivela. Consultado em 11 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]