Campeonato Europeu de Futebol de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis.
Sports icon.png
Campeonato Europeu de Futebol de 2020
UEFA Euro 2020
UEFA Euro 2020 logo.png
Dados
Participantes 24
Organização UEFA
Anfitrião Europa (12 cidades de 12 países diferentes)
Período 12 de junho12 de julho
◄◄ 2016 Soccerball.svg 2024 ►►

O Campeonato Europeu de Futebol de 2020, comummente referido como UEFA Euro 2020 ou simplesmente Euro 2020, será a 16ª edição do Campeonato Europeu de Futebol, campeonato quadrienal de selecções europeias organizado pela União das Federações Europeias de Futebol (UEFA). O evento será realizado em doze cidades de diferentes países europeus durante o Verão de 2020, em comemoração aos 60 anos do torneio. A equipa de Portugal é a actual detentora do título do torneio anterior. A partida de abertura está marcada para o dia 12 de junho, no Stadio Olimpico em Roma, e a grande Final ocorrerá no dia 12 de julho no Estádio de Wembley, em Londres.

O ex-presidente da UEFA Michel Platini afirmou que o torneio seria sediado em diferentes países europeus para celebrar os sessenta anos de disputas da competição.[1]

Processo de escolha[editar | editar código-fonte]

Enquanto alguns países já manifestavam interesse em sediar a competição,[2][3][4][5][6][7][8][9] em 30 de Junho de 2012, numa conferência de imprensa um dia antes da final da Euro de 2012, o então presidente da UEFA Michel Platini afirmou que esta edição da Euro seria disputada em cidades de diferentes países europeus, em comemoração ao aniversário de sessenta anos da competição.[10]

Mudança no formato[editar | editar código-fonte]

Em 6 de dezembro de 2012, a União das Federações Europeias de Futebol (UEFA) anunciou que a edição de 2020 será realizada em diversas cidades da Europa, para marcar o sexagésimo aniversário do torneio.[11][12] A UEFA afirmou que esta decisão foi tomada também pela crise económica que afecta diversos países europeus, inviabilizando a realização do torneio em apenas um país.[13][14][15] Os críticos citaram o aumento do número de equipas como factor decisivo para esta decisão, já que um maior número de equipas faz com que tenha um maior número de partidas, consequentemente um maior gasto para o país sede.[16]

Sedes[editar | editar código-fonte]

As cidades-sedes e seus respectivos estádios foram anunciados pela UEFA em 19 de setembro de 2014.[17] Bruxelas, capital da Bélgica estava entre as sedes, mas foi excluída em Dezembro de 2017 devido a atrasos nas obras do Eurostadium. As quatro partidas que seriam realizadas em Bruxelas (três da fase de grupos e uma das oitavas) foram transferidas para Londres.

Inglaterra Londres Alemanha Munique Itália Roma Azerbaijão Baku
Estádio de Wembley Allianz Arena Stadio Olimpico Estádio Olímpico
Capacidade: 90,000 Capacidade: 75,000 Capacidade: 72,698 Capacidade: 68,700
New Wembley Stadium and Arch from Olympic Way - geograph.org.uk - 2406320.jpg München - Allianz-Arena (Luftbild).jpg Stadio Olimpico 2008.JPG Baku Olympic Stadium panorama 1.JPG
Rússia São Petersburgo Roménia Bucareste
Estádio Krestovsky Arena Națională
Capacidade: 68,134 Capacidade: 55,600
Spb 06-2017 img42 Krestovsky Stadium.jpg Stadionul National - National Arena 3.jpg
Países Baixos Amsterdão República da Irlanda Dublin
Arena Johan Cruijff Aviva Stadium
Capacidade: 54,990 Capacidade: 51,700
Amsterdam Arena Roof Open.jpg Aviva Stadium(Dublin Arena).JPG
Espanha Bilbao Hungria Budapeste Escócia Glasgow Dinamarca Copenhaga
San Mamés Estádio Ferenc Puskás Hampden Park Parken Stadium
Capacidade: 53,332 Capacidade: 68,000 Capacidade: 52,063 Capacidade: 38,065
San Mames, Bilbao, Euskal Herria - Basque Country.jpg Új Puskás Ferenc Stadion 2019.05.12.jpg Panoramio - V&A Dudush - Scotland National Stadium.jpg DONG Cup finalen 2004 Parken.jpg

Todas as cidades irão receber três partidas da fase de grupos, mais uma partida eliminatória; a excepção será Londres, que receberá também as finais.

As sedes foram divididas em seis pares, estabelecidas com base na força desportiva de cada uma (supondo que os anfitriões de cada sede avancem de fase), mais considerações geográficas e restrições de segurança/polítca. Os pares foram alocados através de um sorteio em Dezembro de 2017. Cada time anfitrião jogará, pelo menos, duas partidas em casa. Os pares de grupos ficaram definidos:[18]

Eliminatórias[editar | editar código-fonte]

Não há berço de qualificação automático, e todas as 55 seleções nacionais da UEFA, incluindo as 12 seleções nacionais cujos países estão programados para as partidas, devem disputar as eliminatórias para os 24 lugares no torneio final.[19][20] Como as cidades-sede foram nomeadas pela UEFA em setembro de 2014, antes das eliminatórias da Euro 2020, é possível que as seleções das cidades-sede não consigam se classificar para o torneio final.

O sorteio da qualificação para o Euro 2020 da UEFA teve lugar a 2 de dezembro de 2018, no Centro de Convenções de Dublin, em Dublin, na República da Irlanda.[21]

O principal processo de qualificação está programado para começar em março de 2019, em vez de imediatamente em setembro de 2018 após a Copa do Mundo de 2018, e está programado para terminar em novembro de 2019. O formato continua praticamente o mesmo, embora apenas 20 das 24 vagas para o torneio da final devam ser decididas no processo de qualificação principal, deixando quatro pontos ainda a serem decididos. Após a admissão do Kosovo para a UEFA em maio de 2016, foi anunciado que os 55 membros da época seriam sorteados em dez grupos após a conclusão da Liga das Nações da UEFA (cinco grupos de cinco equipas e cinco grupos de seis equipas, com os quatro participantes das Finais da Liga das Nações da UEFA garantidos para serem sorteados em grupos de cinco equipes), com as duas melhores equipes em cada grupo se classificando. As eliminatórias estão programadas para serem disputadas em jornadas duplas em março, junho, setembro, outubro e novembro de 2019.[22]

Com a criação da Liga das Nações da UEFA a partir de 2018,[23][22][24][25] a Liga das Nações de 2018-2019 está relacionada às eliminatórias da Eurocopa, proporcionando às equipes outra chance de se classificarem para a Eurocopa 2020. Quatro equipes de cada divisão que ainda não se classificaram para a Eurocopa devem disputar as eliminatórias de cada divisão, que será disputada em março de 2020. Os vencedores das eliminatórias de cada divisão, a serem decididos por duas semifinais "pontuais" (a equipe melhor classificada contra a quarta melhor classificada e a segunda melhor classificada contra o terceiro melhor classificado, jogado em casa de equipas melhor classificadas) e uma final "one-off" (com o recinto sorteado antecipadamente entre os dois vencedores das meias-finais), vão juntar-se às 20 equipas já classificadas para as finais da Euro.[25]

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

  Equipe qualificada
  A equipe pode se qualificar
  A equipe não se qualificou

Em negrito estão as edições em que a seleção foi campeã em em itálico estão as edições em que a seleção foi anfitriã.

Notas

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio [26][27] da fase final do final será realizado na ROMEXPO em Bucareste, no sábado, 30 de Novembro, e começa às 17h00 (de Portugal Continental).

No sorteio estarão os dois primeiros classificados dos dez grupos das eliminatórias (concluídos em Novembro) e as quatro equipes vencedoras do “play-off” (decidido em Março de 2020, e identificadas no sorteio como vencedoras do “play-off” 1 a 4). As 24 equipes classificadas serão divididas em quatro potes de seis. Os países anfitriões classificados serão pré-colocados aos pares nos mesmos grupos. Quaisquer outras restrições e ordenamentos das equipes serão confirmados antes do sorteio.

As equipes serão divididas nos potes com base no ordenamento das campanhas das eliminatórias, que é determinado da seguinte forma:

  1. Posição no grupo;
  2. Maior número de pontos;
  3. Maior saldo de gols;
  4. Maior número de gols marcados;
  5. Maior número de gols marcados fora de casa;
  6. Maior número de vitórias;
  7. Maior número de vitórias fora de casa;
  8. Melhor Fair play (-1 ponto para um único cartão amarelo, -3 pontos para um cartão vermelho como consequência de dois cartões amarelos, -3 pontos para um cartão vermelho direto, -4 pontos para um cartão amarelo seguido de um cartão vermelho direto);
  9. Posição no ranking geral da Liga das Nações da UEFA .

Os vencedores do "play-off" estarão todos no quarto pote.

Os países anfitriões que se classificarem (diretamente ou através do "play-off") serão colocados automaticamente nos seguintes grupos de forma a garantir que disputem em casa, pelo menos, dois jogos da fase de grupos:

Se os dois países emparelhados se classificarem, será realizado um sorteio para determinar qual deles jogará em casa no confronto direto. Se algum dos países anfitriões estiver no "play-off", pode ser necessário um sorteio final suplementar depois de disputados esses jogos.

Fase classificatória[editar | editar código-fonte]

As equipes classificadas nas eliminatórias serão divididas em seis grupos (A à F), nos quais as quatro seleções de cada grupo se enfrentarão em apenas um jogo. As duas melhores equipes de cada grupo se classificarão para as fases finais, com quatro das seis equipes terceiras colocadas dos grupos que obtiverem o melhor desempenho.

País Método de qualificação Data de qualificação Participações
Flag of Belgium.svg Bélgica Grupo I (campeão) 0110 de outubro de 2019 05 (1972, 1980, 1984, 2000, 2016)
Flag of Italy.svg Itália Grupo J (campeão) 0112 de outubro de 2019 09 (1968, 1980, 1988, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
Flag of Russia.svg Rússia[a] Grupo I (vice) 0113 de outubro de 2019 11 (1960, 1964, 1968, 1972, 1988, 1992, 1996, 2004, 2008, 2012, 2016)
Flag of Poland.svg Polónia Grupo G (campeão 0113 de outubro de 2019 03 (2008, 2012, 2016)
Flag of Ukraine.svg Ucrânia Grupo B (campeão) 0114 de outubro de 2019 02 (2012, 2016)
Flag of Spain.svg Espanha Grupo F (campeão) 0115 de outubro de 2019 10 (1964, 1980, 1984, 1988, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
Flag of Turkey.svg Turquia Grupo H (campeão ou vice) 14 de novembro de 2019 04 (1996, 2000, 2008, 2016)
França França Grupo H (campeão ou vice) 14 de novembro de 2019 09 (1960, 1984, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
Flag of England.svg Inglaterra Grupo A (campeão) 0114 de novembro de 2019 09 (1968, 1980, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2012, 2016)
Bandeira da República Checa República Checa[b] Grupo A (vice) 0114 de novembro de 2019 09 (1960, 1976, 1980, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
Flag of Finland.svg Finlândia Grupo J (vice) 0115 de novembro de 2019 Estreante
Flag of Sweden.svg Suécia Grupo F (vice) 0115 de novembro de 2019 06 (1992, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
Bandeira da Alemanha Alemanha[c] Grupo C (campeão ou vice) 0116 de novembro de 2019 12 (1972, 1976, 1980, 1984, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
Países Baixos Países Baixos Grupo C (campeão ou vice) 0116 de novembro de 2019 09 (1976, 1980, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012)
Bandeira da Croácia Croácia Grupo E (campeão) 0116 de novembro de 2019 05 (1996, 2004, 2008, 2012, 2016)
Flag of Austria.svg Áustria Grupo G (vice) 0116 de novembro de 2019 02 (2008, 2016)
Equipes finalistas
Equipes finalistas (4 melhores)
Equipes eliminadas

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Seleções já alocadas neste grupo em virtude de critérios pré-determinados [28] de sorteio:

Pos. Selecção Pts J V E D GP GC SG
1 Flag of Italy.svg Itália
2 A definir
3 A definir
4 A definir
  • A posição da Itália no grupo em questão (A1, A2, A3 ou A4) será a de cabeça de chave (A1), caso obtenha uma das seis melhores campanhas da fase de qualificação, ou em caso diverso, decidida pelo sorteio da fase de grupos.
  • Como o outro grupo anfitrião, o Azerbaijão não pode se classificar para o torneio final, a Itália jogará três partidas em casa.
  • A equipe administrativa "caseira" dos jogos caseiros da Itália será decidida com base no sorteio da fase de grupos.
12 de junho Itália Flag of Italy.svg Flag of None.svg Stadio Olimpico, Roma
21:00
Árbitro: Flag of None.svgND
13 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Olímpico, Baku

Árbitro: Flag of None.svgND

17 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Olímpico, Baku

Árbitro: Flag of None.svgND
17 de junho Itália Flag of Italy.svg Flag of None.svg Stadio Olimpico, Roma

Árbitro: Flag of None.svgND

21 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Olímpico, Baku

Árbitro: Flag of None.svgND
21 de junho Itália Flag of Italy.svg Flag of None.svg Stadio Olimpico, Roma

Árbitro: Flag of None.svgND

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Seleções já alocadas neste grupo em virtude de critérios pré-determinados [29] de sorteio:

Pos. Selecção Pts J V E D GP GC SG
1 Flag of Russia.svg Rússia
2 A definir
3 A definir
4 A definir
  • A posição da Rússia no grupo em questão (B1, B2, B3 ou B4) será a de cabeça de chave (B1), caso obtenha uma das seis melhores campanhas da fase de qualificação, ou em caso diverso, decidida pelo sorteio da fase de grupos.
  • Como o outro anfitrião do grupo, a Dinamarca, pode se qualificar diretamente para o torneio final, a Rússia pode disputar dois ou três jogos em casa (para determinar se a Dinamarca também se qualifica diretamente, e se os dois anfitriões se qualificarem diretamente, por sorteio para decidir qual time será o anfitrião). a partida frente a frente).
  • A equipe administrativa "caseira" dos jogos caseiros da Rússia será decidida com base no sorteio da fase de grupos.
13 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Parken Stadium, Copenhagen

Árbitro: Flag of None.svgND
13 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Krestovsky, São Petersburgo

Árbitro: Flag of None.svgND

17 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Krestovsky, São Petersburgo

Árbitro: Flag of None.svgND
18 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Parken Stadium, Copenhagen

Árbitro: Flag of None.svgND

22 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Parken Stadium, Copenhagen

Árbitro: Flag of None.svgND
22 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Krestovsky, São Petersburgo

Árbitro: Flag of None.svgND

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Pos. Selecção Pts J V E D GP GC SG
1 Países Baixos Países Baixos
2 A definir
3 A definir
4 A definir
  • A posição da Holanda no grupo em questão (C1, C2, C3 ou C4) será a de cabeça de chave (C1), caso obtenha uma das seis melhores campanhas da fase de qualificação, ou em caso diverso, decidida pelo sorteio da fase de grupos.
  • Como a outra anfitriã do grupo, a Romênia, está nos playoffs, a Holanda disputará três partidas em casa.
  • A equipe administrativa "caseira" dos jogos caseiros da Holanda será decidida com base no sorteio da fase de grupos.
14 de junho Países Baixos Países Baixos Flag of None.svg Arena Johan Cruijff, Amsterdam

Árbitro: Flag of None.svgND
14 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Arena Națională, Bucareste

Árbitro: Flag of None.svgND

18 de junho Países Baixos Países Baixos Flag of None.svg Arena Johan Cruijff, Amsterdam

Árbitro: Flag of None.svgND
18 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Arena Națională, Bucareste

Árbitro: Flag of None.svgND

22 de junho Países Baixos Países Baixos Flag of None.svg Arena Johan Cruijff, Amsterdam

Árbitro: Flag of None.svgND
22 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Arena Națională, Bucareste

Árbitro: Flag of None.svgND

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Seleções já alocadas neste grupo em virtude de critérios pré-determinados [30] de sorteio:

Pos. Selecção Pts J V E D GP GC SG
1 Flag of England.svg Inglaterra
2 A definir
3 A definir
4 A definir
  • A posição da Inglaterra no grupo em questão (D1, D2, D3 ou D4) será a de cabeça de chave (D1), caso obtenha uma das seis melhores campanhas da fase de qualificação, ou em caso diverso, decidida pelo sorteio da fase de grupos.
  • Como o outro anfitrião do grupo, a Escócia, está nos play-offs, a Inglaterra jogará três partidas em casa.
  • A equipe administrativa "caseira" dos jogos em casa na Inglaterra será decidida com base no sorteio da fase de grupos.
14 de junho Inglaterra Flag of England.svg Flag of None.svg Estádio de Wembley, Londres

Árbitro: Flag of None.svgND
15 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Hampden Park, Glasgow

Árbitro: Flag of None.svgND

19 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Hampden Park, Glasgow

Árbitro: Flag of None.svgND
19 de junho Inglaterra Flag of England.svg Flag of None.svg Estádio de Wembley, Londres

Árbitro: Flag of None.svgND

23 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Hampden Park, Glasgow

Árbitro: Flag of None.svgND
23 de junho Inglaterra Flag of England.svg Flag of None.svg Estádio de Wembley, Londres

Árbitro: Flag of None.svgND

Grupo E[editar | editar código-fonte]

Seleções já alocadas neste grupo em virtude de critérios pré-determinados [31] de sorteio:

Pos. Selecção Pts J V E D GP GC SG
1 Flag of Spain.svg Espanha
2 A definir
3 A definir
4 A definir
  • A posição da Espanha no grupo em questão (E1, E2, E3 ou E4) será a de cabeça de chave (E1), caso obtenha uma das seis melhores campanhas da fase de qualificação, ou em caso diverso, decidida pelo sorteio da fase de grupos.
  • Como o outro grupo anfitrião, a República da Irlanda pode se qualificar diretamente para o torneio final, a Espanha pode disputar dois ou três jogos em casa (para determinar se a República da Irlanda também se qualifica diretamente e se os dois anfitriões se qualificarem diretamente, por sorteio para decidir qual time sediará a partida frente a frente).
  • A equipe administrativa "caseira" dos jogos caseiros da Espanha será decidida com base no sorteio da fase de grupos.
15 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg San Mamés, Bilbao

Árbitro: Flag of None.svgND
15 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Aviva Stadium, Dublin

Árbitro: Flag of None.svgND

19 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Aviva Stadium, Dublin

Árbitro: Flag of None.svgND
20 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg San Mamés, Bilbao

Árbitro: Flag of None.svgND

24 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg San Mamés, Bilbao

Árbitro: Flag of None.svgND
24 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Aviva Stadium, Dublin

Árbitro: Flag of None.svgND

Grupo F[editar | editar código-fonte]

Pos. Selecção Pts J V E D GP GC SG
1 Bandeira da Alemanha Alemanha
2 A definir
3 A definir
4 A definir
  • A posição da Alemanha no grupo em questão (F1, F2, F3 ou F4) será a de cabeça de chave (F1), caso obtenha uma das seis melhores campanhas da fase de qualificação, ou em caso diverso, decidida pelo sorteio da fase de grupos.
  • Como o outro grupo anfitrião, a Hungria pode se qualificar diretamente para o torneio final, a Alemanha pode disputar dois ou três jogos em casa (para determinar se a Hungria também se qualifica diretamente, e se os dois anfitriões se qualificarem diretamente, por sorteio para decidir qual time será o anfitrião a partida frente a frente).
  • A equipe administrativa "caseira" dos jogos em casa na Alemanha será decidida com base no sorteio da fase de grupos.
16 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Ferenc Puskás, Budapeste

Árbitro: Flag of None.svgND
16 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Allianz Arena, Munique

Árbitro: Flag of None.svgND

20 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Ferenc Puskás, Budapeste

Árbitro: Flag of None.svgND
20 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Allianz Arena, Munique

Árbitro: Flag of None.svgND

24 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Estádio Ferenc Puskás, Budapeste

Árbitro: Flag of None.svgND
24 de junho Flag of None.svg Flag of None.svg Allianz Arena, Munique

Árbitro: Flag of None.svgND

Índice técnico de terceiros colocados[editar | editar código-fonte]

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG Gr.
1
2
3
4
5
6

Regras da UEFA para classificação: 1) Pontos; 2) diferença de golos; 3) gols marcados; 4) vitórias; 5) conduta de jogo limpo; 6) Classificação geral dos Qualificadores Europeus .

Fase eliminatória[editar | editar código-fonte]

 
Oitavas-de-finalQuartas-de-finalSemifinaisFinal
 
              
 
29 de Junho – Bucareste
 
 
1º Grupo F
 
3 de Julho – São Petersburgo
 
3º Grupo A/B/C
 
Vencedor Jogo 41
 
29 de Junho – Copenhaga
 
Vencedor Jogo 42
 
2º Grupo D
 
7 de Julho – Londres
 
2º Grupo E
 
Vencedor Jogo 45
 
28 de Junho – Bilbao
 
Vencedor Jogo 46
 
1º Grupo B
 
3 de Julho – Munique
 
3º Grupo A/D/E/F
 
Vencedor Jogo 39
 
27 de Junho – Londres
 
Vencedor Jogo 37
 
1º Grupo A
 
12 de Julho – Londres
 
2º Grupo C
 
Vencedor Jogo 49
 
30 de Junho – Glasgow
 
Vencedor Jogo 50
 
1º Grupo E
 
4 de Julho – Roma
 
3º Grupo A/B/C/D
 
Vencedor Jogo 43
 
30 de Junho – Dublin
 
Vencedor Jogo 44
 
1º Grupo D
 
8 de Julho – Londres
 
2º Grupo F
 
Vencedor Jogo 48
 
28 de Junho – Budapeste
 
Vencedor Jogo 47
 
1º Grupo C
 
4 de Julho – Baku
 
3º Grupo D/E/F
 
Vencedor Jogo 40
 
27 de Junho – Amsterdão
 
Vencedor Jogo 38
 
2º Grupo A
 
 
2º Grupo B
 

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Pos. Seleção Gr Pts J V E D GP GC SG
Final
1
2
Eliminados nas semifinais
3
4
Eliminados nas quartas-de-final
5
6
7
8
Eliminados nas oitavas-de-final
9
10
11
12
13
14
15
16
Eliminados na fase de grupos
17
18
19
20
21
22
23
24

Marketing[editar | editar código-fonte]

Mascote[editar | editar código-fonte]

O mascote oficial do torneio, Skillzy, foi anunciado oficialmente no dia 24 de março de 2019.

Patrocinadores[editar | editar código-fonte]

Os patrocinadores da UEFA Euro 2020 são: Alipay, Booking Holdings, FedEx, Hisense, SOCAR e Volkswagen.

Voluntários[editar | editar código-fonte]

O programa de voluntários da Eurocopa 2020 irá colaborar para que o torneio seja bem-sucedido.

A fase de candidatura será lançada no início do Verão de 2019 nos 12 palcos do Euro 2020.[32]

Referências

  1. Samuel, Martin (24 de maio de 2013). «Martin Samuel meets Michel Platini - read the FULL transcript from Sportsmail's exclusive interview with UEFA's president». Daily Mail. Consultado em 25 de Maio de 2013 
  2. «TFF Başkanı'ndan Açıklama» [TFF President Announcement]. Turkish Football Federation (em turco). 17 de Abril de 2012 
  3. «Scotland and Wales FAs may look to Ireland to aid Euro 2020 bid». RTÉ Sport. RTÉ. 15 de Maio de 2012 
  4. «Haalt België Euro 2020 of WK -20 binnen?» [Can Belgium host Euro 2020 or the U-20 World Cup]. belgiumsoccer.be (em alemão). 12 de Abril de 2010. Consultado em 5 de Janeiro de 2012 
  5. «Drei Länder für eine Fußball-EM» [Three countries for one European Championship]. dw.de. Deutsche Welle (em alemão). 8 de Julho de 2010 
  6. «Bulgaria confirma: vrea sa organizeze EURO 2020 impreuna cu Romania» [Bulgaria confirms: it wants to host Euro 2020 with Romania]. HotNews.ro (em romeno). 19 de Novembro de 2007 
  7. «Niersbach: EM-Bewerbung wäre "reizvoll"» [Niersbach: Euro hosting would be "attractive"]. FIFA.com. FIFA (em alemão). 4 de Março de 2012 
  8. «România şi Ungaria vor să organizeze Euro 2020 sau 2024» [Romania and Hungary will host Euro 2020 or 2024]. România Liberă. (em romeno). 28 de Setembro de 2010 
  9. «KNVB richt zich nu op binnenhalen EK 2020» [KNVB now focusing on winning Euro 2020]. NU.nl (em alemão). 10 de Março de 2011 
  10. «Michel Platini says Euro 2020 could be spread across continent». BBC Sport. British Broadcasting Corporation. 30 de Junho de 2012. Consultado em 30 de Junho de 2012 
  11. «A EURO for Europe». UEFA.org. UEFA. 6 de Dezembro de 2012 
  12. «European Championship: Uefa to hold 2020 finals across continent». BBC Sport. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  13. «'EURO for Europe' means shared opportunity». UEFA.org. 6 de Dezembro de 2012 
  14. «Euro 2020 to be hosted across Europe, Uefa announces». The Guardian. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  15. «Euro 2020: Michel Platini's plan polarises opinion». BBC Sport. 7 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  16. «Michel Platini's Euro 2020 roadshow may be coming to a city near you». The Guardian. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  17. «Wembley to stage UEFA EURO 2020 final». UEFA.com. 19 de Setembro de 2014 
  18. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome opening match
  19. «UEFA Euro 2020 Tournament Requirements» (PDF). UEFA.com 
  20. «Bids for Euro 2020 due today; tournament to be held all across Europe». NBC Sports. 12 de setembro de 2013 
  21. «Dublin to stage European Qualifiers draw on 2 December 2018». UEFA.com. 28 de setembro de 2017 
  22. a b «UEFA Nations League: all you need to know». UEFA.com. 27 de março de 2014 
  23. «UEFA Nations League receives associations' green light». UEFA. 27 de março de 2014 
  24. «UEFA Nations League/UEFA EURO 2020 qualifying» (PDF). UEFA.com 
  25. a b «UEFA Nations League format and schedule confirmed». UEFA. 4 de dezembro de 2014 
  26. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. 12 de outubro de 2019 
  27. «EURO 2020 começa em Roma, Londres recebe mais jogos». UEFA.com. 7 de dezembro de 2017 
  28. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. 12 de outubro de 2019 
  29. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. 12 de outubro de 2019 
  30. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. 12 de outubro de 2019 
  31. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. 12 de outubro de 2019 
  32. UEFA.com. «Voluntários de apoio ao UEFA EURO 2020». UEFA.com. Consultado em 12 de julho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Media relacionados com UEFA Euro 2020 no Wikimedia Commons