Marcus Rashford

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marcus Rashford
MBE
Marcus Rashford MBE
Rashford em 2018
Informações pessoais
Nome completo Marcus Rashford
Data de nasc. 31 de outubro de 1997 (24 anos)
Local de nasc. Manchester, Inglaterra
Nacionalidade inglês
Altura 1,85 m
ambidestro
Apelido Rashy
Beans
Marc
Informações profissionais
Clube atual Manchester United
Número 10
Posição atacante
Clubes de juventude
2003–2005
2005–2016
Fletcher Moss Rangers
Manchester United
Clubes profissionais
Anos Clubes
2015– Manchester United
Seleção nacional
2012–2013
2014–2015
2016
2016
2016–
Inglaterra Sub-16
Inglaterra Sub-18
Inglaterra Sub-20
Inglaterra Sub-21
Inglaterra

Marcus Rashford MBE (Manchester, 31 de outubro de 1997) é um futebolista inglês que atua como atacante. Atualmente joga no Manchester United.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Manchester United[editar | editar código-fonte]

Relacionado pela primeira vez em novembro de 2015, na vitória por 2 a 1 sobre o Watford, não saiu do banco de reservas. Sua estreia aconteceu no dia 25 de fevereiro de 2016, nas oitavas de final da Liga Europa da UEFA, contra o Midtjylland, após o francês Anthony Martial se lesionar.[1] Rashford foi o herói da classificação do United ao marcar duas vezes na goleada por 5 a 1, tornando-se, aos 18 anos e 117 dias, o mais jovem jogador a marcar pela equipe numa competição europeia, superando o lendário George Best.[2]

Pela Premier League, a estreia foi no clássico entre United e Arsenal. E, novamente, o jovem atacante surpreendeu ao marcar dois gols na vitória por 3 a 2. Com os gols, Rashford obteve mais um recorde: o de mais jovem atleta a marcar duas vezes na Premier League.[3]

No dérbi de Manchester, realizado em 20 de março, Rashford marcou o gol da vitória do United sobre o Manchester City, tornando-se, aos 18 anos e 141 dias, o atleta mais jovem a marcar um gol no clássico.[4] Já no dia 30 de maio, Rashford renovou seu contrato com o Manchester United até junho de 2020, com opção de estendê-lo por mais uma temporada.[5]

No dia 27 de agosto, marcou nos acréscimos contra o Hull City, na vitória por 1 a 0 pela terceira rodada da Premier League.[6]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de maio de 2016, estreou pela Seleção Inglesa principal na vitória por 2 a 1 contra a Austrália. O atacante só precisou de 138 segundos para marcar seu primeiro gol, tornando-se assim o jogador mais jovem a marcar na sua estreia pela Seleção Inglesa, com 18 anos e 208 dias.[7]

Já no dia 31 de maio, Rashford foi convocado pelo treinador Roy Hodgson para a disputa da Euro 2016.[8]

Em 14 de outubro de 2019, em um jogo contra a Bulgária, válido pelas eliminatórias da Eurocopa, Rashford foi vítima de racismo ao lado do atacante Raheem Sterling.[9] A Inglaterra goleou por 6 a 0 e o atacante declarou após o jogo:

"Não é uma situação fácil de jogar e nem uma que deveria acontecer em 2019. Orgulhosamente, nós passamos por cima dela para levar os três pontos, mas isso precisa ser eliminado. Também soube do que o capitão da Bulgária fez no intervalo (conversou com torcedores). Fazer a coisa certa exige coragem e atos como esse não devem passar despercebidos."[10]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filho de Melanie Maynard, Rashford possui quatro irmãos. O atacante é conhecido pelo ativismo e pela caridade em ajuda às crianças necessitadas. Frequentemente, Rashford e sua mãe visitam abrigos para moradores de rua, distribuem alimentos e entregam cestas básicas. Teve seu reconhecimento em janeiro de 2021, quando recebeu uma ligação do primeiro-ministro britânico Boris Johnson.[11]

Em novembro de 2021, após ter liderado campanhas para ajudar a alimentar crianças carentes durante a pandemia de COVID-19, Rashford foi condecorado pelo Príncipe William com a Ordem do Império Britânico.[12]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 17 de dezembro de 2020

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copas
nacionais[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Manchester United 2015–16 11 5 2 4 1 0 3 2 0 18 8 2
2016–17 32 5 2 9 4 1 11 2 4 1 0 0 53 11 7
2017–18 35 7 5 8 3 2 8 3 2 1 0 0 52 13 9
2018–19 33 10 6 4 1 1 10 2 0 47 13 7
2019–20 31 17 7 7 4 1 6 1 1 44 22 9
2020–21 31 10 7 7 2 3 10 8 0 48 20 10
Total na carreira 173 54 29 39 15 8 48 18 7 2 0 0 262 87 44

Seleção Inglesa[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-16
Sub-18
Sub-20
Sub-21
Seleção principal

Títulos[editar | editar código-fonte]

Manchester United

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • 89º melhor jogador do ano de 2016 (Marca)[13]
  • 3º melhor jovem do ano de 2017 (FourFourTwo)[14]

Referências

  1. «Anthony Martial hurts hamstring in warm-up; Marcus Rashford debuts» (em inglês). ESPN. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  2. «Jovem Rashford decisivo no United». UEFA.com. 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  3. «Revelação de 18 anos destroi na estreia no Inglês, e United bate Arsenal». ESPN.com.br. 28 de fevereiro de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  4. «Rashford cresce em mais um jogo decisivo e dá vitória ao United contra City». Gazeta Esportiva. 20 de março de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  5. «Primeiro "reforço" para Mourinho no United: Rashford renova até 2020». GloboEsporte.com. 30 de maio de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  6. «Nos acréscimos, United bate retranca do Hull City e vence a terceira seguida». Terra. 27 de agosto de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  7. «Rashford volta a mostrar estrela e abre caminho para vitória da Inglaterra». Terra. 27 de maio de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  8. «Com revelação de 18 anos, Inglaterra anuncia lista final para a Eurocopa». GloboEsporte.com. 31 de maio de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  9. «Inglaterra goleia Bulgária em jogo marcado por atos nazistas e racistas». UOL. 14 de outubro de 2019. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  10. «Inglaterra responde a gestos nazistas e cantos racistas no campo e goleia Bulgária». GloboEsporte.com. 14 de outubro de 2019. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  11. «Rashford recebe ligação de Boris Johnson após criticar cestas de alimentos entregues na Inglaterra». GloboEsporte.com. 13 de janeiro de 2021. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  12. «Por campanha de alimentação para crianças, Rashford recebe título do Império Britânico». GloboEsporte.com. 9 de novembro de 2021 
  13. «Marcus Rashford» (em espanhol). Marca 
  14. «FourFourTwo's 100 Best Teenagers in the World 2017: No. 3, Marcus Rashford». FourFourTwo 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Marcus Rashford