Jamie Vardy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jamie Vardy
Jamie Vardy
Jamie Vardy em 2015
Informações pessoais
Nome completo Jamie Richard Vardy
Data de nasc. 11 de janeiro de 1987 (30 anos)
Local de nasc. Sheffield, Reino Unido
Nacionalidade inglês
Altura 1,78 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Leicester City
Número 9
Posição Atacante
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007–2010
2010–2011
2011–2012
2012–
Stocksbridge Park Steels
Halifax Town
Fleetwood Town
Leicester City
00000 0000(0)
00041 000(29)
00040 000(34)
00197 000(70)
Seleção nacional3
2015– Inglaterra 00017 0000(6)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 17 de março de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de novembro de 2016.

Jamie Richard Vardy (Sheffield, 11 de janeiro de 1987)[1] é um futebolista inglês que atua como atacante. Defende atualmente o Leicester City e a Seleção Inglesa.

Após ser liberado pelo Sheffield Wednesday com 16 anos, Vardy começou sua carreira pelos seniores com o Stocksbridge Park, sendo chamado para o time principal em 2007, passando três temporadas por lá antes de se juntar ao Halifax Town em 2010 para a disputa da Northern Premier League. Marcou 26 gols em sua primeira temporada e ganhou o prêmio "Player's Player of the Year", se mudando então para o Fleetwood Town em Agosto de 2011 por uma quantia não revelada para disputa da Conference Premier.

Marcou 31 vezes pelo seu novo time e ganhou o prêmio do time de "Player of the Year" por serem campeões da quinta divisão. Em Maio de 2012, transferiu-se ao Leicester City pelo preço recorde (£1 milhão) de um jogador considerado Non-League (que não joga nenhum das 4 divisões inglesas) e auxiliou seu time a vencer a Football League Championship (2ª divisão) em 2014. Durante a Premier League de 2015–16 marcou gols em todas as onze primeiras rodadas, quebrando a marca anterior de Ruud van Nistelrooy[2] e foi escolhido como o Premier League Player of the Season e FWA Footballer of the Year como consequência da conquista inédita dos Foxes.

Carreira por clubes[editar | editar código-fonte]

Stocksbridge Park Steels[editar | editar código-fonte]

Nascido em Sheffield, South Yorkshire, começou sua carreira pelos juniores do Stocksbridge com 16 anos de idade até ser liberado pelo Sheffield Wednesday.[3] Construiu seu caminho pelo time reserva até estrear em 2007 com o treinador Gary Marrow, ganhando £30 por semana.[4]

FC Halifax Town[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2010, o treinador Neil Aspin, um admirador de longa data dos talentos de Jamie, contratou-o para o Halifax por £15,000.[5][6] Estreou em 21 de agosto na partida em casa contra o Buxton, marcando o gol da vitória no placar de 2-1. Terminou com 26 gols na temporada e denominado o Jogador do Ano entre os jogadores. Seus gols asseguraram o título da Northern Premier League Premier Division (7ª divisão) na temporada 2010/11. Começara a temporada 2011/12 com 3 gols em 4 jogos pelo Halifax até ser contratado pelo Fleetwood Town da Conference Premier (5ª divisão) por valor não relatado.

Fleetwood Town[editar | editar código-fonte]

Estreou no empate sem gols contra o York City.[7] Seus primeiros gols - por acaso dois - saíram na vitória fora de casa contra o Kettering Town em 3 de setembro. Na semana seguinte marcou duas vezes contra o Gateshead, incluindo um nos acréscimos. Conseguiu marcar outras duas vezes na vitória por 3-1 fora de casa contra o Ebbsfleet United. Recebeu cartão vermelho na vitória por 5-2 contra o Kidderminster Harriers numa partida em que ambos acabaram com 10 homens.[8] Marcou um hat-trick fora de casa contra o Alfreton Town em 18 de outubro.[9] Quatro dias após o hat-trick marcou duas vezes no 4-1 contra o Bath City, resultado que deixou seu time dois pontos atrás dos líderes Wrexham.[10]

No 1º round da FA Cup em 12 de novembro, marcou o segundo gol dos 2-0 contra o time da League One, Wycombe Wanderers.[11] Quinze dias após, seu gol no empate em 1-1 contra o Gateshead garantira que havia marcado em seis jogos consecutivos, alcançando 10 nesse período. Ganhou o prêmio de jogador do mês de Novembro da Conference Premier. E em 13 de dezembro, confirmou a vitória de 2-0 nos acréscimos contra o Yeovil Town fora de casa na partida de replay do 2º round da Copa.[12]

Em 1º de janeiro de 2012, marcou 2 vezes na vitória por 6-0 em cima do Southport e perdeu por 5-1 contra seus rivais locais, o Blackpool no 3º round da Copa.[13] Em 21 de fevereiro marcou seu 2º hat-trick contra o Ebbsfleet United por 6-2, o qual deixara seu time dois pontos acima do Wrexham.[14] Marcou duas vezes no empate em 2-2 com o Lincoln City em 13 de abril.[15] O empate do Wrexham contra Grimsby Town permitiu com que o Fleetwood fosse á Football League pela primeira vez.[16] Vardy findou como artilheiro da competição com 31 gols.

Leicester City[editar | editar código-fonte]

2012–13[editar | editar código-fonte]

Em 17 de maio de 2012 foi anunciado pelo Leicester[17] e no dia assinou por 3 anos com o clube. Em 14 de agosto marcou o último gol na vitória de 4-0 sobre o Torquay United na League Cup.[18] Estreou na vitória de 2-0 sobre o Peterborough United no King_Power_Stadium assistindo um gol ao Andy_King.[19] Marcou seu 1º gol na derrota fora de casa contra o Blackburn Rovers por 2-1 em 25 de agosto. Vencera duas vezes por 2-1 contra o Burnley e Middlesbrough. A sua primeira temporada gerou críticas dos torcedores em mídias sociais por sua perda de forma e quase o fez considerar abandonar o futebol, até que o técnico Nigel_Pearson e Craig Shakespeare (assistente) convenceram-no a ficar.[20]

2013–14[editar | editar código-fonte]

A temporada foi prolífica ao jogador, e sua participação permitiu com que o clube permanecesse no topo da tabela. Ele marcou e ganhou um pênalti no triunfo sobre os rivais locais, o Derby County, por 4-1 em 10 de janeiro de 2014. Findou a temporada com 16 gols feitos e como campeão da Championship.[21]

2014–15[editar | editar código-fonte]

Em 19 de agosto estendeu seu contrato até 2018. Após perder as primeiras partidas por lesão, estreou em 31 de agosto de 2014 como substituto no intervalo, no jogo com o Arsenal que terminou empatado em 1-1 em casa. Em 21 de setembro, se tornou o Man of the Match ao marcar seu 1º gol na Premier League e por ser decisivo em outros quatro na virada inesperada de 3-1 para 5-3 contra o Manchester United.[22]

Em 11 de Abril de 2015, marcou o gol da vitória nos 3-2 contra o West Bromwich Albion aos 90 minutos.[23] Marcou também o gol da vitória contra o Burnley em 25 de abril e foi eleito o Jogador do Mês de Abril. Fez gol nos 5-1 contra o Queens Park Rangers em 24 de maio, no último dia da temporada e escapou do rebaixamento após uma arrancada fulminante de 22 pontos nos 9 últimos jogos.[24]

2015–16[editar | editar código-fonte]

Vardy começou a temporada de 2015/16 marcando o primeiro gol da vitória por 4-2 sobre o Sunderland em casa, no dia 8 de agosto de 2015.[25] Marcou o 2º gol da virada por 3-2 contra o Aston Villa em 13 de setembro.[26] Fez os dois gols na derrota por 5-2 contra o Arsenal em 26 de setembro, alcançando sete gols na temporada.[27]

Em 24 de outubro fizera o gol da vitória contra o Crystal Palace[28] na sétima partida consecutiva. Marcou na vitória por 3-2 contra o West Bromwich Albion.[29] Uma semana depois, sofreu e marcou um gol de pênalti contra o Watford na vitória por 2-1.[30] Tornou-se o Jogador do Mês de Outubro da Premier League em 2015.[31]

Em 21 de Novembro, igualou-se ao recorde de Van Nistelrooy, fazendo o primeiro gol dos 3-0 sobre o Newcastle.[32] E contra o Manchester United, marcou no empate em 1-1 e tomou o recorde para si mesmo de gols marcados em 11 partidas consecutivas.[33]

Em Janeiro de 2016, seu valor de mercado saltou de £2.1 milhões para £18.8 milhões,[34] o técnico Ranieri relatou que ele era um jogador ''inestimável''.[35] Em 2 de fevereiro marcou ambos os gols na vitória contra o Liverpool, com Jurgen Klopp elogiando o voleio de fora da área no primeiro gol de Vardy.[36] Quatro dias depois renovou seu contrato até 2019, com um salário semanal de £80,000.[37] Em 10 de abril marcou os dois gols da vitória sobre o Sunderland, o resultado assegurou a vaga para a UEFA Champions League[38] pela primeira vez na história do clube. Uma semana depois fez o 1º gol no empate em 2-2 com o West Ham, entretanto foi expulso da partida por levar mais um amarelo e o arbitro interpretou que o mesmo simulou ter sofrido um pênalti.[39] Foi multado em £10,000 por sua conduta e afastado por dois jogos.[40]

Com 24 gols na Premier League, foi o segundo na disputa da artilharia junto com Sergio Aguero e um gol atrás do ganhador da Chuteira de Ouro, Harry Kane.[41] Foi escolhido como sendo o jogador da temporada da Premier League.[42]

2016–17[editar | editar código-fonte]

Em 3 de Junho de 2016, o Arsenal ativou a cláusula de rescisão de £22 milhões. Leicester ofereceu melhoria de salário e ele concordou em assinar por quatro anos assim que voltasse da UEFA Euro 2016. Vardy rejeitou a proposta do time de Londres por não se assegurar que jogaria na sua posição de costume, sendo acentuada pela diferença tática adotada pelas equipes.[43]

Em 7 de Agosto de 2016, marcou seu primeiro gol na temporada pelo clube, na derrota por 2-1 contra o Manchester United na FA Community Shield.[44] No dia 27 de agosto, marcou seu 1º gol na Premier League contra o Swansea na vitória por 2-1.[45]

Voltou a marcar após 10 jogos, na vitória contra o Manchester City em casa por 4-2. Foi seu primeiro hat-trick na carreira.[46] No dia 22 de fevereiro marcou seu 1º gol na Champions League na derrota por 2-1 para o Sevilla[47] e mais um gol no dia 18 de abril no empate em 1-1 contra o Atletico de Madrid. Terminou a temporada com 13 gols feitos na Premier League.[48]

2017-18[editar | editar código-fonte]

Começou a temporada marcando duas vezes contra o Arsenal na derrota fora de casa por 4-3.

Seleção Inglesa[editar | editar código-fonte]

Estreou pela Seleção Inglesa principal em 7 de junho de 2015 em partida amistosa contra a Irlanda.[49] Marcou seu primeiro gol contra a Alemanha na vitória por 3–2 em partida amistosa em Berlim no dia 26 de março de 2016.[50] Marcou novamente, três dias depois, na derrota por 2-1 para a Holanda em Wembley.[51]

Em 16 de Junho, na segunda partida de sua equipe na Eurocopa, entrou em campo no intervalo, marcou o gol de empate contra Gales e foi decisivo na jogada do gol da virada para decretar a vitória inglesa por 2-1.[52]

Gols marcados[editar | editar código-fonte]

Estilo de jogo[editar | editar código-fonte]

Ian Wright que também saiu das divisões semi profissionais e ascendeu à Premier League e Seleção Inglesa, escreveu em Outubro de 2015 que Vardy poderia ser o equivalente ao Salvatore Schillaci na UEFA Euro 2016. Schillaci, jogador que também ascendeu tardiamente na carreira, começou a Copa do Mundo de 1990 como reserva e acabou como artilheiro.[53] Wright, que tomou conhecimento dele por causa de seu antigo companheiro do Burnley o contratou para o Fleetwood, avalia Jamie como sendo um jogador que trabalha arduamente e passes apurados, que constantemente complica para os zagueiros adversários e joga por instinto ao invés de ser moldado pelos seus técnicos.

Além de sua veia artilheira, Jamie é reconhecido por sua agilidade implacável e aproximação direta na área;[54] por ser veloz e um centroavante dinâmico com bom posicionamento,[55] além de saber se impor na grande área.[56] É um exímio finalizador e batedor de pênaltis, bom no combate aéreo e capaz de chutar bem com ambos os pés.[57] O comentarista, ex-jogador e agora técnico Gary Neville comentou a forma de como Vardy influencia seus companheiros de time: ''Ele cadencia o jogo e dita o tom para o resto do time, não concedendo chances para que ninguém deixe de trabalhar duro para atingir uma meta''.[58]

Claudio Ranieri ressaltou ainda que ele possui muita intensidade, concentração e jamais desiste; sendo uma inspiração para os outros devido a sua maneira de ser e que permite aos outros acreditar.[59]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Antes de se tornar profissional, Vardy dividia seu tempo como jogador semi profissional com o trabalho de criar talas para membros fraturados. Em 2007, envolveu-se em uma briga de bar para defender seu amigo deficiente auditivo que era agredido e acabou sendo condenado criminalmente. Por causa disso, teve que usar uma tornozeleira eletrônica por seis meses e isso limitou sua jornada de treinos e jogos pelo Stocksbridge Park Steels com a pena domiciliar.[60][61]

Em Agosto de 2015, The Sun on Sunday publicou um vídeo em que Vardy ofendeu racialmente um japonês em um cassino. Desculpou-se pelo ato e ratificou que foi um erro de julgamento e se arrependera. Acabou multado pelo Leicester que o colocou em um curso educacional.[62]

Em Novembro de 2015 lançou a V9 Academy, a qual oferece em uma semana inteira (a cada ano), a possibilidade de 60 jogadores semi profissionais (Non-League) serem treinados e receberem assistência, a fim de demonstrarem seus talentos na frente de olheiros de vários clubes.[63][64] No mesmo, o Stocksbridge nomeou a bancada principal no deles no evento[65] lembrando-se de Vardy. Em Dezembro de 2015, a fábrica de produtos alimentícios e salgadinhos Walkers lançou em edição limitada o sabor ''Vardy Salted'' para as batatinhas em reconhecimento à série inigualável de gols do atacante.[66]

Vardy é casado com Rebekah Nicholson com a qual possuem uma filha. Casaram-se em 25 de maio de 2016 no Peckforton Castle em Cheshire, com David Nugent sendo o padrinho.[67]

Adrian Butchart, autor britânico da Goal! e das séries de filmes fictícios de futebol baseados em fatos reais, encontrou-se com Vardy em Fevereiro de 2016 para fazer um filme sobre sua carreira.[68]

Vardy é embaixador da Dorothy Goodman School, uma escola de necessidades especiais em Hinckley, Leicestershire.[69]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Leicester City

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil de Jamie Richard Vardy». soccerway.com. Consultado em 22 de julho de 2015 
  2. «Leicester City 1-1 Manchester United: Jamie Vardy breaks Premier League goalscoring record by finding the net in eleventh consecutive game as Foxes draw against Red Devils» (em inglês). Dailymail. 28 de novembro de 2015 
  3. «Jamie Vardy on Huddersfield's radar? ; VitalFootball.co.uk». Consultado em 26 de julho de 2016 
  4. «Unlikely lads Jamie Vardy and Charlie Austin share a path to England joy». the Guardian. 4 de junho de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  5. «Halifax Town: Aspin». www.halifaxcourier.co.uk. Consultado em 26 de julho de 2016 
  6. «Jamie Vardy's first club to name main stand after Leicester striker». Consultado em 26 de julho de 2016 
  7. «Fleetwood Town 0-0 York City». BBC. 26 de agosto de 2011 
  8. «Fleetwood 5-2 Kidderminster». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  9. «Alfreton Town 1-4 Fleetwood». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  10. «Fleetwood 4-1 Bath City». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  11. «Fleetwood 2-0 Wycombe». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  12. «Yeovil 0-2 Fleetwood». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  13. «Fleetwood 1-5 Blackpool». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  14. «Fleetwood Town 6-2 Ebbsfleet United». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  15. «Fleetwood 2-2 Lincoln City». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  16. «Fleetwood Town reach Football League for first time». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  17. http://www1.skysports.com/football/news/11712/7762163/Foxes-agree-record-Vardy-deal. «Foxes agree record Vardy deal» 
  18. «Torquay 0-4 Leicester». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  19. «Leicester 2-0 Peterborough». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  20. «Jamie Vardy: Leicester City striker's remarkable rise». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  21. «Jamie Vardy Signs New LCFC Contract». www.lcfc.com. Consultado em 26 de julho de 2016 
  22. «Leicester City 5-3 Manchester United». Consultado em 26 de julho de 2016 
  23. «West Bromwich Albion 2-3 Leicester City». Consultado em 26 de julho de 2016 
  24. «Leicester City 5-1 Queens Park Rangers». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  25. «Leicester City 4-2 Sunderland». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  26. «Leicester City 3-2 Aston Villa». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  27. «Leicester City 2-5 Arsenal». Consultado em 26 de julho de 2016 
  28. «Leicester City 1-0 Crystal Palace». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  29. «West Brom 1-3 Leicester: Vardy makes it eight in a row in comeback win». Consultado em 26 de julho de 2016 
  30. «Leicester City's Jamie Vardy eyes scoring record after helping defeat Watford». the Guardian. 7 de novembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  31. «How many times have your club scooped the Player of the Month award?». Consultado em 26 de julho de 2016 
  32. «Jamie Vardy equals Premier League record as Leicester win at Newcastle». the Guardian. 21 de novembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  33. «Jamie Vardy breaks record for goals in consecutive games». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  34. «Leicester City: Why we are all rooting for the Foxes». Consultado em 26 de julho de 2016 
  35. «Jamie Vardy and Riyad Mahrez priceless - Claudio Ranieri». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  36. «Leicester City 2-0 Liverpool». Consultado em 26 de julho de 2016 
  37. http://www.skysports.com/football/news/11712/10158717/jamie-vardy-signs-new-leicester-city-contract-until-2019. «Jamie Vardy signs new Leicester City contract until 2019» 
  38. «Sunderland 0-2 Leicester City». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  39. «Jamie Vardy could face extended suspension after red card» (em inglês). Consultado em 26 de julho de 2016 
  40. «Leicester City's Jamie Vardy given extra game's ban for improper conduct». the Guardian. 26 de abril de 2016. Consultado em 26 de julho de 2016 
  41. «Harry Kane shares golden boot award on Twitter». Consultado em 26 de julho de 2016 
  42. «Leicester's Jamie Vardy named Premier League's Player of the Season». Consultado em 26 de julho de 2016 
  43. «Jamie Vardy rejects Arsenal move and will stay at Leicester City». the Guardian. 23 de junho de 2016. Consultado em 26 de julho de 2016 
  44. «Community Shield: Leicester City 1-2 Manchester United». BBC Sport. Consultado em 14 de agosto de 2016 
  45. «Leicester City 2-1 Swansea City». BBC Sport (em inglês). 27 de agosto de 2016 
  46. «Leicester City 4-2 Manchester City». BBC Sport (em inglês). 10 de dezembro de 2016 
  47. Pizjuán, Sid Lowe at Estadio Ramón Sánchez (22 de fevereiro de 2017). «Jamie Vardy hands Leicester Champions League lifeline against Sevilla». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  48. «Jamie Vardy - Desempenho 16/17 | Transfermarkt» 
  49. «Republic of Ireland vs England match report: Jamie Vardy makes debut but can't make impact in dismal end-of-season affair» (em inglesa). The Independent. 7 de junho de 2015 
  50. «Germany 2-3 England: Harry Kane, Jamie Vardy and Eric Dier score to ensure Three Lions launch impressive comeback in Berlin» (em inglês). Dailymail. 26 de março de 2016 
  51. «England frustrated as Luciano Narsingh goal seals Holland's comeback». the Guardian. 29 de março de 2016. Consultado em 26 de julho de 2016 
  52. «England 2 Wales 1: Daniel Sturridge and Jamie Vardy come off the bench to secure last-gasp win». Consultado em 26 de julho de 2016 
  53. «Jamie Vardy can be England's Toto Schillaci at Euro 2016». BBC Sport. Consultado em 26 de julho de 2016 
  54. «Leicester's Jamie Vardy scales new heights with England call-up». the Guardian. 21 de maio de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  55. «How little-known Jamie Vardy became a goal-scoring beast». New York Post. 30 de novembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  56. «Players of the season: Why Jamie Vardy is the real deal». Consultado em 26 de julho de 2016 
  57. «Jamie Vardy is the Premier League top scorer: Can he keep it up?». Sky Sports. 22 de outubro de 2015 
  58. «Manchester United legend hails Jamie Vardy as one of the great England forwards». Daily Express. 25 de outubro de 2015 
  59. «Leicester boss heaps praise on Jamie Vardy after battling back from broken wrist». Daily Express. 24 de outubro de 2015 
  60. «Exclusive: Jamie Vardy's former chairman reveals how assault conviction changed career». 28 de novembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  61. «Da prisão domiciliar ao topo da Premier League: os percalços que forjaram o recordista Vardy - Trivela». 28 de novembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  62. «Leicester fine Jamie Vardy over racist incident». Consultado em 26 de julho de 2016 
  63. «Jamie Vardy: Leicester striker launches non-league academy». Consultado em 26 de julho de 2016 
  64. «Leicester's Jamie Vardy sets up academy to help non-league talent». the Guardian. 27 de novembro de 2015. Consultado em 26 de julho de 2016 
  65. «Jamie Vardy's first club to name main stand after Leicester striker». Consultado em 26 de julho de 2016 
  66. «Jamie Vardy gets his own limited edition Walkers crisp flavour». Consultado em 26 de julho de 2016 
  67. «Leicester City's Jamie Vardy gets married». BBC News. Consultado em 26 de julho de 2016 
  68. «Jamie Vardy meets Hollywood screenwriter Adrian Butchart». Consultado em 26 de julho de 2016 
  69. «Our School Ambassadors; Dorothy Goodman School». www.dorothygoodman.co.uk. Consultado em 26 de julho de 2016 
  70. «The PFA Premier League Team of the Year». The PFA. Consultado em 22 de abril de 2016 
  71. «The 100 best footballers in the world 2016 – interactive» (em inglês). The Guardian 
  72. «Jamie Vardy» (em espanhol). Marca 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]