Wes Morgan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wes Morgan
Wes Morgan
Informações pessoais
Nome completo Westley Nathan "Wes" Morgan
Data de nasc. 21 de janeiro de 1984 (35 anos)
Local de nasc. Nottingham, Reino Unido
Altura 1,85 m
Destro
Apelido Wes
Informações profissionais
Período em atividade 2002–
Clube atual Leicester City
Número 5
Posição zagueiro
Clubes de juventude
Nottingham Forest
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2012
2002
2012–
Nottingham Forest
Kidderminster
Leicester City
00379 000(13)
00005 0000(1)
00296 000(14)
Seleção nacional3
2013– Jamaica 00030 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de abril de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de novembro de 2015.

Westley Nathan "Wes" Morgan (Nottingham, 21 de janeiro de 1984)[1] é um futebolista profissional jamaicano que atua como zagueiro, atualmente defende o Leicester City.

Nascido na Inglaterra, é filho de pais jamaicanos possibilitando a dupla nacionalidade e a chance de atuar pela seleção jamaicana.

Jogou 402 vezes pelo Nottingham Forest (clube de sua adolescência), marcando 14 gols. Era até então o jogador que mais jogou por este clube até se transferir[2] para o Leicester City em Janeiro de 2012. Morgan tornou-se capitão dos Foxes no mesmo ano e atuou em quase 200 partidas por eles, desde o título da Championship em 2014 até agora com o título obtido na Premier League. O garoto que custou uniformes anteriormente ao Dunkirk, evoluiu no Nottingham Forest e trouxe coesão ao grupo dos Foxes, erguendo então a taça.

Fora dos gramados, ele é co-proprietário da Blue Ink, um estúdio de tatuagens em Leicester.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nottingham Forest[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Morgan nasceu em Nottingham, Nottinghamshire. Já foi rejeitado pelos times vizinhos, como o Notts County quando tinha 15 anos e partiu estudar sobre negócios na South Notts College enquanto jogava semi-profissionalmente como meio campista no Dunkirk FC na Midland Football Alliance. Seu desempenho foi monitorado por outros times que o tomaram como aprendiz enquanto estudava.

Em fevereiro de 2003, o treinador Paul Hart o emprestou para o Kidderminster Harriers da 3ª divisão[4], estreando profissionalmente em 1 de Março e jogando nos 90 minutos na derrota por 3-1 para o Scunthorpe United[5]. Morgan totalizou 5 aparições para o lado de Worcestershire, marcando seu primeiro gol duas semanas após sua estreia, cabeceando a gol para confirmar a vitória de 2-0 sobre o Cambridge United[6]

Debutou pelo Nottingham Forest no dia 12 de agosto de 2003 fora de casa contra o Port Vale com 19 anos após um empate sem gols, marcou na disputa de pênaltis e avançaram ao 2º round da FA League Cup[7]. Quatro dias depois debutou na First Division na derrota por 3-0 para o Reading, Hart considerou-o Homem da Partida. No dia 18 de outubro marcou seu primeiro gol após um cruzamento na área, cabeceou e decretou a goleada por 6-0 em cima do Wimbledom[8]. Totalizou 32 partidas na temporada, marcando inclusive no empate em casa contra o Ipswich Town, dia 3 de dezembro.

Adquirindo a titularidade[editar | editar código-fonte]

Na campanha de 2007/08, não jogou apenas 4 partidas e foi decisivo para que o Forest findasse em segundo lugar na liga, sendo promovido da League One à Championship[9]. Seu único gol da temporada veio numa vitória de 2-0 contra o Tranmere Rovers, ajudando o time a manter o recorde de 24 clean sheets.

A princípio, foi difícil lidar com a Championship e o rebaixamento era a realidade possível até o Boxing Day. Porém veio a dispensa de Colin Calderwood e a chegada de Billy Davies que veio para garantir solidez defensiva à equipe, o que culminou na permanência da equipe na Championship.

Em 20 de Janeiro de 2012, o Forest rejeitou a primeira proposta do Leicester por sua compra, só que 10 dias após, ao oferecer 1 milhão de libras aceitaram - estavam em agruras financeiras e conforme a persistência de seu interessado, não havia como segurá-lo. O clube estava se escasseando de recursos e pagar os salários em dia começava a ser questionado até vendê-lo, assim como foi com Patrick Bamford ao Chelsea.

Leicester City[editar | editar código-fonte]

Tornou-se capitão do time na temporada 2012/13 e seus desempenhos o garantiram como Championship Player of the Month[10] em Setembro.

Os Foxes venceram a Football League Championship de 2013/14 e seu capitão não jogou apenas uma partida. Quando uma cláusula de seu contrato indicava que sua passagem estaria se esgotando, ele renovou por mais 3 anos.[11]

Na Premier League de 2014/15, marcou seu 1º gol da temporada na derrota por 4-3 contra o Tottenham no dia 21 de Março de 2015 e outro gol na vitória de 3-0 contra o Newcastle, em 5 de Maio.

Wes Morgan jogou todos os minutos das 38 rodadas das Raposas em 2015/16 e tornou-se um dos 4 jogadores detentores desta façanha (junto com seu companheiro de equipe, Kasper Schmeichel). Marcou um gol no dia 3 de Abril de 2016 contra o Southampton[12], mesmo se sentindo doente. No dia 1 de Maio marcou o gol de empate contra o Manchester United no Old Trafford e no dia seguinte, tornou-se o primeiro jamaicano campeão da Premier League.

O técnico Claudio Ranieri o definiu como um líder que não fala muito, todavia quando o faz, é escutado por todos e respeitado (fato ressaltado por Marc Albrighton no vestiário). Para Ranieri ele é o capitão perfeito, por que demonstra o quão resiliente e inteligente ele é.

Tornou-se o primeiro jamaicano a marcar um gol na Champions League no dia 14 de março de 2017, ao abrir o placar no jogo de volta contra o Sevilla[13], contribuindo assim para a classificação da equipe para as quartas de final com o placar agregado de 3-2.

Seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Em 1 de Setembro de 2013 estreou pela Jamaica[14], sendo então um dos seus principais nomes e é um dos poucos a atuar em um campeonato de alto nível como o futebol inglês. Esteve no plantel na Copa América de 2015 e na Copa América Centenária de 2016 e na Copa Ouro de 2015[15], sendo vice campeão do torneio.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Leicester City

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil de Wes Morgan». soccerway.com. Consultado em 17 de junho de 2015 
  2. «Leicester sign Wes Morgan from Nottingham Forest». BBC Sport. Consultado em 9 de julho de 2016 
  3. «Strange times in Leicester: 'If we win the league, you'll see the biggest party ever'». the Guardian. 29 de abril de 2016. Consultado em 9 de julho de 2016 
  4. «Harriers set to land Morgan» 
  5. «Kidderminster 1-3 Scunthorpe». BBC. 1 de março de 2003 
  6. «Cambridge 0-2 Kidderminster». BBC. 15 de março de 2003 
  7. «Port Vale 0-0 Nottm Forest». BBC. 11 de agosto de 2003 
  8. «Nottm Forest 6-0 Wimbledon». BBC. 18 de outubro de 2003 
  9. «Nott'm Forest 3-2 Yeovil». BBC. 5 de maio de 2008 
  10. «Award Nominations For Nigel And Wes». www.lcfc.com. Consultado em 9 de julho de 2016 
  11. «Wes Morgan Signs New Leicester City Contract». www.lcfc.com. Consultado em 9 de julho de 2016 
  12. «Leicester City 1-0 Southampton». Consultado em 9 de julho de 2016 
  13. «Leicester City 2-0 Sevilla (3-2 agg)». BBC Sport (em inglês). 14 de março de 2017 
  14. «Morgan Answers Jamaica Call». www.lcfc.com. Consultado em 9 de julho de 2016 
  15. «Leicester City captain Wes Morgan suffers defeat as Mexico beat Jamaica in Gold Cup final». 27 de julho de 2015. Consultado em 9 de julho de 2016 
  16. «The PFA Premier League Team of the Year». The PFA. Consultado em 22 de abril de 2016