Kasper Schmeichel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kasper Schmeichel
Schmeichel vs Chelsea.jpg
Informações pessoais
Nome completo Kasper Peter Schmeichel
Data de nasc. 5 de novembro de 1986 (30 anos)
Local de nasc. Copenhague, Dinamarca
Altura 1,88 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Leicester City
Número 1
Posição Goleiro
Clubes de juventude
2002–2004 Manchester City
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005-2009
2006
2006
2007
2007-2008
2008
2009-2010
2010-2011
2011-
Manchester City
Darlington (emp.)
Bury (emp.)
Falkirk (emp.)
Cardiff City (emp.)
Coventry City (emp.)
Notts County
Leeds United
Leicester City
00010 0000(0)
00004 0000(0)
00029 0000(0)
00010 0000(0)
00014 0000(0)
00009 0000(0)
00048 0000(0)
00040 0000(0)
00261 0000(0)
Seleção nacional3
2004–2005
2006
2007–2008
2011–
Dinamarca Sub-19
Dinamarca Sub-20
Dinamarca Sub-21
Dinamarca
00008 0000(0)
00001 0000(0)
00017 0000(0)
00024 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 14 de setembro de 2016.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 7 de julho de 2016.

Kasper Peter Schmeichel (Copenhague, 5 de Novembro de 1986) é um futebolista dinamarquês que atua como goleiro. Atualmente, defende o Leicester City.

É filho do lendário Peter Schmeichel, ex-goleiro do Manchester United e considerado um dos melhores de todos os tempos na posição.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início no City e empréstimos[editar | editar código-fonte]

Tendo atuado na infância como goleiro de handebol, Kasper iniciou sua carreira no Manchester City, clube que na época seu pai, Peter, defendia.[1] Antes de sua estreia na equipe principal do City, Kasper teve passagens por empréstimo pelos ingleses Darlington[2] e Bury,[3] que pertenciam a divisões inferiores e, Falkirk,[4] que disputava a elite escocesa. Em ambos, apesar de seu curto tempo de empréstimo e inexperiência, foi titular.

Sua estreia no City aconteceu após uma lesão do titular Andreas Isaksson, contra o West Ham United, em 11 de agosto de 2007.[5] Disputou mais algumas partidas,[6] mostrando bom desempenho, a ponto de ser cotado para defender a Seleção Inglesa, uma vez que tinha direito à cidadania britânica em razão do tempo de residência no país.[7]

Apesar desse bom momento, acabou sendo emprestado ao galês Cardiff City,[8] onde também foi bem. Tinha inclusive a intenção de permanecer mais tempo, porém, após a saída de Isaksson do clube, teve que voltar a Manchester.[9][10] No ano seguinte, ainda teve uma passagem pelo Coventry City.[11]

No City, ainda teve a oportunidade de disputar mais uma partida,[12] mas acabou perdendo espaço com a chegada do irlandês Shay Given, além de Joe Hart, com quem disputava a posição de segundo goleiro da equipe. Em 14 de agosto de 2009, foi contrato pelo tradicional Notts County, que pagou cerca de um milhão de euros. Sven-Göran Eriksson, que foi seu treinador no City, foi o responsável por sua ida ao Notts.[13]

Afirmação no Notts County[editar | editar código-fonte]

Na tradicional equipe de Nottingham, viveu seus melhores momentos na carreira até então. Com um time modesto, o Notts conseguiu conquistar o título da quarta divisão, tendo Kasper sido um dos responsáveis pela boa campanha através de suas defesas. Ao final da temporada, Kasper foi eleito o melhor jogador do campeonato. Porém, mesmo com seu sucesso em apenas uma temporada no clube, acabou sendo liberado ao término do campeonato devido ao seu alto salário de quinze mil euros por semana.[14]

Após sua saída do Notts County, foi especulado que diversos clubes estavam interessandos em contratar Kasper, incluindo clubes da Alemanha, mas em 27 de maio, assinou um contrato de duas temporadas com o tradicional Leeds United.[15] Logo em suas primeiras partidas pelo clube, acabaria sofrendo uma lesão que o afastaria durante algumas semanas.[16][17] Seu retorno ainda seria adiado em mais uma partida após o nascimento de seu primeiro filho na noite anterior a primeira partida que faria desde sua lesão.[18]

Após suas duas últimas temporadas, onde teve grande desempenho, recebeu em 24 de maio de 2011 sua primeira convocação para a Seleção Dinamarquesa, para a partida contra à Islândia, válida pelas eliminatórias da Eurocopa 2012.[19] Curiosamente, sua primeira oportunidade na seleção aconteceu no mês de maio e aos 24 anos, assim como seu pai. Tendo sido convocado apenas como a terceira opção, acabou não participando da partida.[20]

Mesmo com mais uma temporada de contrato, o Leeds anunciou em 20 de junho de 2011 a venda de Kasper para o Leicester City (o qual era treinado, então, por Sven-Göran Eriksson) por valores em torno de um milhão e 250 mil libras.[21] Schmeichel disse que foi com muita decepção que eu soube que eles aceitaram a oferta do Leicester.[22]

Leicester City e a glória[editar | editar código-fonte]

Sua primeira partida com o Leicester aconteceu no amistoso contra o Real Madrid, disputado em 30 de julho. Tendo disputado a partida inteira, ela terminou com vitória espanhola por 2 x 1, sendo a menor do Real durante sua pré-temporada.[23] Já sua primeira partida oficial aconteceu em 6 de agosto, na disputa do Championship, terminando desta vez com vitória (1 x 0) do seu time.[24] Sua primeira temporada no clube terminou com um total de 56 partidas disputadas.[25]

Pouco mais de um ano após sua única convocação para a seleção dinamarquesa, em 29 de maio de 2012 foi anunciado sua convocação para a Eurocopa 2012, entrando no lugar do titular Thomas Sørensen, que foi cortado a devido uma lesão nas costas.[26] Curiosamente, Sørensen substituiu Peter, seu pai, na seleção após sua aposentadoria.[26]

Apesar de presente na Euro, sua estreia ocorreu apenas em 2013, quando esteve em campo na partida amistosa contra à Macedônia, disputada em 6 de fevereiro e que terminou com derrota dinamarquesa por 3 x 0.[27][28]

Após subir com o Leicester para a Premier League na temporada 2013/14,[29] e permanecer na divisão de elite na temporada seguinte após vencer surpreendentes sete das últimas nove partidas,[29] Kasper se tornou campeão na temporada 2015/16, sendo um dos líderes e responsáveis pela inédita conquista.[29] Curiosamente, assim como seu pai, sua primeira conquista da Premier League ocorreu em 2 de maio, aos 29 anos, e sem precisar jogar.[30]

O dinamarquês vinha sendo titular em todas as competições e jogou a Champions League pelas Raposas fazendo boas defesas até que sofreu uma fratura numa de suas mãos no confronto contra o F.C Copenhagen[31], mesmo assim, garantiu o empate sem gols ao salvar uma tentativa de Andreas Cornelius nos acréscimos da partida[32]. Dois dias após, fez a cirurgia para tratar de sua lesão e Zieler tomou seu lugar na meta[33]. Voltou às traves nos confrontos contra o Sevilla pelas oitavas-de-final, salvando dois pênaltis - um em cada confronto - assegurando a classificação dos Foxes pelo placar agregado de 3-2[34].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Notts County
Leicester City

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Jogador Dinamarquês do Ano: 2016
  • Seleção da Década da Football League: 2005-2015
  • Seleção da Temporada do The Championship: 2012/13, 2013/14
  • Jogador do Mês da League Two: Outubro 2009
  • Seleção da Temporada da League Two: 2009/10
  • Seleção da Temporada da League Two (eleito pelos fãs): 2009/10
  • Jogador da Rodada da FA Cup: Terceira rodada, 2009/10
  • Jogador da Temporada do Leicester City: 2011/12
  • Jogador da Temporada do Leicester City (eleito pelos jogadores): 2011/12
  • Jogador da Temporada do Leicester City (eleito pelos torcedores): 2011/12
  • 72º melhor jogador do ano de 2016 (The Guardian)[35]

Referências

  1. «Schmeichel's son joins Man City». Consultado em 6 de março de 2010 
  2. «Schmeichel joins Quakers on loan». Consultado em 6 de março de 2010 
  3. «Bury sign Man City's Schmeichel». Consultado em 6 de março de 2010 
  4. «Schmeichel gets Falkirk loan move». Consultado em 6 de março de 2010 
  5. «West Ham 0-2 Man City». Consultado em 6 de março de 2010 
  6. «Kasper Schmeichel». Consultado em 6 de março de 2010 
  7. ANDRADE, Rogério (28 de agosto de 2007). «No, thanks». Thank God for Football. Consultado em 9 de maio de 2011 
  8. «Cardiff seal Schmeichel loan deal». Consultado em 6 de março de 2010 
  9. «Sven's new year gift to Cardiff City». Consultado em 6 de março de 2010 
  10. «Schmeichel content to extend Cardiff stay». Consultado em 6 de março de 2010 
  11. «Sky Blues agree Schmeichel deal». Consultado em 6 de março de 2010 
  12. «Hull 2-2 Man City». Consultado em 6 de março de 2010 
  13. «Magpies snap up keeper Schmeichel». Consultado em 6 de março de 2010 
  14. «Notts County to tear up Kasper Schmeichel deal». Consultado em 10 de maio de 2010 
  15. «Kasper becomes first summer recruit». Consultado em 13 de junho de 2010 
  16. «KASPER OUT AS BROWN JOINS ON LOAN». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  17. «KASPER'S INTERVIEW - SOCCER AM». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  18. «UNITED VICTORIOUS AT COVENTRY». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  19. «Kasper Schmeichel é convocado para seleção dimamarquesa». Consultado em 24 de maio de 2011 
  20. «Sejr i dansk sejtraekker». Consultado em 7 de agosto de 2011 
  21. «Schmeichel reacts angrily to Leeds' £1.25m deal to switch keeper to Leicester». Consultado em 20 de junho de 2011 
  22. «Kasper Schmeichel troca Leeds por Leicester». Consultado em 20 de junho de 2011 
  23. «Report: City 1 Real Madrid 2». Consultado em 7 de agosto de 2011 
  24. «Coventry City vs Leicester City». Consultado em 7 de agosto de 2011 
  25. «Kasper Schmeichel > Club matches». Consultado em 29 de abril de 2012 
  26. a b «Sorensen é cortado da Dinamaca e fica fora da Euro». Consultado em 29 de maio de 2012 
  27. «Macedonia 3 - 0 Denmark». Consultado em 15 de fevereiro de 2013 
  28. «Match details / line-up: Macedonia - Denmark (Friendlies 2013)». Consultado em 15 de fevereiro de 2013 
  29. a b c «Leicester City's Premier League success has restored our faith in football but there is a darker side to the fairytale». Consultado em 7 de julho de 2016 
  30. «Schmeichel: pai e filho campeões aos 29 anos, no mesmo dia e 23 anos depois». Consultado em 7 de julho de 2016 
  31. James, Stuart (3 de novembro de 2016). «Leicester's Kasper Schmeichel set for a month out with fractured hand». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  32. Stadium, Stuart James at the Parken (2 de novembro de 2016). «Leicester City step closer to qualification with draw in Copenhagen». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  33. «Leicester keeper Kasper Schmeichel undergoes surgery on fractured hand». Sky Sports (em inglês) 
  34. Ronay, Barney (15 de março de 2017). «Kasper Schmeichel's Champions League brilliance confirms his rise to the elite». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  35. «The 100 best footballers in the world 2016 – interactive» (em inglês). The Guardian 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]