Christian Eriksen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Christian Eriksen
Christian Eriksen
Eriksen jogando pelo Tottenham em 2016.
Informações pessoais
Nome completo Christian Dannemann Eriksen
Data de nasc. 14 de fevereiro de 1992 (30 anos)
Local de nasc. Middelfart, Dinamarca
Nacionalidade dinamarquês
Altura 1,82 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Brentford
Número 21
Posição meio-campista
Clubes de juventude
1995–2005
2005–2008
2009–2010
Middelfart G&BK
OB
Ajax
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2013
2013–2020
2020–2021
2022–
Ajax
Tottenham
Internazionale
Brentford
0162 000(32)
0305 000(69)
0060 0000(8)
0011 0000(1)
Seleção nacional3
2007–2009
2009
2009–2010
2011
2010–
Dinamarca Sub-17
Dinamarca Sub-18
Dinamarca Sub-19
Dinamarca Sub-21
Dinamarca
0027 0000(9)
0005 0000(1)
0003 0000(1)
0003 0000(1)
0113 000(38)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 22 de maio de 2022.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 6 de junho de 2022.

Christian Dannemann Eriksen (Middelfart, 14 de fevereiro de 1992) é um futebolista dinamarquês que atua como meio-campista. Atualmente joga pelo Brentford.

Foi eleito quatro vezes o jogador dinamarquês do ano (2013, 2014, 2015 e 2017) pela Associação Dinamarquesa de Futebol.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ajax[editar | editar código-fonte]

Eriksen começou sua carreira no Ajax, por onde atuou de 2010 a 2013, conquistando quatro títulos, sendo três deles o Campeonato Holandês (2010–11, 2011–12 e 2012–13) e mais uma Supercopa em 2013.

Tottenham[editar | editar código-fonte]

Pretendido por clubes como PSG e Borussia Dortmund[3], em agosto de 2013 ele foi contratado pelo Tottenham por 13,5 milhões de euros.[4] Com uma qualidade de passe acurada, grande visão de jogo e especialista em bolas paradas, foi uma dos principais nomes da equipe no vice-campeonato da Liga dos Campeões de 2018–19; no entanto, o Liverpool sagrou-se campeão.[5]

Internazionale[editar | editar código-fonte]

Depois de semanas de negociação e de muita expectativa, foi anunciado como reforço da Internazionale no dia 28 de janeiro de 2020. O meia assinou contrato até junho de 2024.[6]

Estreou no dia 29 de janeiro, contra a Fiorentina, numa vitória de 2 a 1 pela Copa da Itália.[7]

Rescindiu o contrato com a Inter no dia 17 de dezembro de 2021, após ser desautorizado a jogar no país depois que a Liga proibiu que jogadores atuassem com o dispositivo de monitoramento cardíaco. Ele atuou em 60 partidas, marcou oito gols e conquistou a Série A na temporada 2020–21.[8]

Brentford[editar | editar código-fonte]

Após quase 8 meses sem jogar, no dia 31 de janeiro de 2022 Eriksen foi anunciado e oficializado como novo reforço do Brentford da Premier League, assinando um contrato válido até o final da temporada 2021–22.[9] No dia 26 de fevereiro de 2022, Eriksen[10] fez a sua estreia contra o Newcastle.

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Após atuar por todas as categorias de base da Dinamarca, estreou pela Seleção Dinamarquesa principal em março de 2010. No mesmo ano foi o jogador mais jovem da Copa do Mundo realizada na África do Sul.[11]

Euro 2020[editar | editar código-fonte]

Em 12 de junho de 2021, durante uma partida da Euro 2020 contra a Finlândia, o meia dinamarquês desabou sozinho no gramado durante um mal súbito e precisou receber massagem cardíaca. Após mais de 15 minutos de atendimento, Eriksen foi retirado de campo de maca, com um balão de oxigênio e enviado para um hospital.[12][13][14] A partida, que havia sido suspensa, foi retomada pela UEFA após o quadro do jogador se estabilizar, com a seleção dinamarquesa sendo derrotada por 1 a 0.[15]

No dia seguinte ao ocorrido, o médico da Seleção Dinamarquesa esclareceu que Eriksen havia sofrido uma parada cardíaca e que precisou ser ressuscitado em campo.[16]

A 17 de junho, Eriksen passou por uma cirurgia na qual foi colocado um cardioversor desfibrilhador implantável (CDI), um aparelho similar a um marcapasso que regula a frequência cardíaca.[17]

É incerto se Eriksen poderá voltar a jogar futebol. Além da questão médica, em muitos países as ligas nacionais não permitem a atuação de jogadores com o desfibrilador implantado.[18] De fato, o médico Francesco Braconaro que integra o comitê científico da Federação Italiana de Futebol, já avisou que Eriksen não poderá mais entrar em campo na Itália enquanto estiver utilizando o dispositivo.[19]

Polêmica relacionada à COVID-19[editar | editar código-fonte]

Após a síncope sofrida pelo jogador, circularam nas redes sociais alegações antivacinação de que a síncope seria decorrente de vacina contra a COVID-19.[20] Giuseppe Marotta, diretor da Inter de Milão, clube que Christian defendia na época, apontou que o jogador não havia se vacinado na época do incidente, classificando a alegação como fake news.[21]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 13 de dezembro de 2020.[22]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais
Outros
torneios
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Ajax 2009–10 15 0 4 1 2 0 21 1
2010–11 28 6 6 1 12 1 1 0 47 8
2011–12 33 7 2 0 8 1 1 0 44 8
2012–13 33 10 4 2 8 1 45 13
2013–14 4 2 1 0 5 2
Total 113 25 16 4 30 3 3 0 162 32
Tottenham 2013–14 25 7 2 0 9 3 36 10
2014–15 38 10 6 2 4 0 48 12
2015–16 35 6 5 1 7 1 47 8
2016–17 36 8 4 3 8 1 48 12
2017–18 37 10 4 2 6 2 47 14
2018–19 35 8 4 0 12 2 51 10
2019–20 20 2 3 0 5 1 28 3
Total 226 51 28 8 51 10 305 69
Internazionale 2019–20 17 1 3 1 6 2 0 0 26 4
2020–21 10 0 0 0 2 0 12 0
Total 27 1 3 1 8 2 0 0 38 4
Brentford 2021–22
Total na carreira 366 77 47 13 89 15 3 0 505 105

Seleção Dinamarquesa[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols Assist.
2010 10 0 1
2011 10 2 4
2012 11 0 0
2013 11 2 3
2014 7 1 1
2015 8 1 2
2016 9 6 2
2017 9 9 4
2018 10 4 2
2019 10 6 3
2020 8 5 0
Total 103 36 22

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ajax
Internazionale

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Christian makes history in Denmark 11 January 2016 - News - tottenhamhotspur.com». www.tottenhamhotspur.com (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2018 
  2. «Eriksen matches Brian Laudrup with fourth Danish Player of the Year title 7 January 2018 - News - tottenhamhotspur.com». www.tottenhamhotspur.com (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2018 
  3. «Promessa do Tottenham revela sondagens de Dortmund e PSG». GloboEsporte.com. 9 de setembro de 2013. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  4. «Tottenham confirm the signing of midfielder Christian Eriksen from Ajax». Sky Sports. 31 de agosto de 2013. Consultado em 4 de setembro de 2016 
  5. «Liverpool vence Tottenham na final da Champions League e é campeão pela 6ª vez». ESPN.com.br. 1 de junho de 2019. Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  6. «Inter de Milão anuncia contratação de Christian Eriksen». GloboEsporte.com. 28 de janeiro de 2020 
  7. Felipe Lobo (29 de janeiro de 2020). «Na estreia de Eriksen, Inter vence Fiorentina e semifinais da Copa da Itália serão com pesos pesados». Trivela 
  8. «Eriksen e Inter rescindem após jogador ser proibido de jogar na Itália». www.uol.com.br. Consultado em 18 de dezembro de 2021 
  9. «Após parada cardíaca na Euro, Eriksen assina com o Brentford até o fim da temporada». ge. Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  10. «Eriksen retorna aos gramados e já sonha com ida à Copa do Catar 2022» 
  11. Marcos Felipe (11 de junho de 2010). «'Caçula' da Copa, dinamarquês diz que se parece com Kaká». GloboEsporte.com. Consultado em 15 de junho de 2021 
  12. «Cena forte: Eriksen, da Dinamarca, cai desacordado e recebe massagem cardíaca em campo». GloboEsporte.com. 12 de junho de 2021 
  13. «Aos 42 min do 1° tempo, Eriksen cai no gramado desacordado e deixa colegas de time desesperados». GloboEsporte.com. 12 de junho de 2021 
  14. «Partida entre Finlândia e Dinamarca é suspensa após síncope de Eriksen». UOL. 12 de junho de 2021 
  15. «Eurocopa: Finlândia vence Dinamarca em partida retomada após susto com Christian Eriksen». ESPN.com.br. 12 de junho de 2021 
  16. «Médico da Dinamarca diz que Eriksen foi ressuscitado após parada cardíaca». UOL. 12 de junho de 2021 
  17. «Dinamarquês Eriksen usará desfibrilador implantável após parada cardíaca em campo». www.uol.com.br. Consultado em 8 de julho de 2021 
  18. «Eriksen coloca desfibrilador: ele poderá continuar jogando futebol?». www.uol.com.br. Consultado em 8 de julho de 2021 
  19. «Eriksen não poderá jogar no Campeonato Italiano, avisa médico da federação». TNT Sports. Consultado em 22 de julho de 2021 
  20. «É #FAKE que Christian Eriksen tomou vacina da Pfizer semanas antes de mal súbito em jogo da Eurocopa». G1. Consultado em 17 de janeiro de 2022 
  21. «Diretor da Inter desmente fake news: 'Eriksen não teve Covid e não se vacinou'». CNN Brasil. Consultado em 17 de janeiro de 2022 
  22. «Perfil do C. Eriksen». Soccerway. Consultado em 7 de abril de 2018 
  23. «The 100 best footballers in the world - interactive» (em inglês). The Guardian 
  24. «The PFA Premier League Team of the Year». The PFA. Consultado em 15 de maio de 2018. Arquivado do original em 22 de abril de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]