Tom Finney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sir Tom Finney
CBE
Sir Tom Finney CBE
Estátua de Finney no antigo
Museu Nacional do Futebol, em Preston
Informações pessoais
Nome completo Sir Thomas Finney
Data de nasc. 5 de abril de 1922
Local de nasc. Preston, Reino Unido
Nacionalidade inglês
Falecido em 14 de fevereiro de 2014 (91 anos)
Local da morte Preston, Reino Unido
Altura 1,72 m
canhoto
Apelido Preston Plumber
Informações profissionais
Posição ponta-esquerda
Clubes profissionais
Anos Clubes
1946–1960
1963
Preston North End
Distillery
Seleção nacional
1946–1958 Inglaterra

Sir Thomas "Tom" Finney Kt, CBE (Preston, 5 de abril de 1922 — Preston, 14 de fevereiro de 2014) foi um futebolista inglês que atuava como ponta-esquerda. Considerado um dos maiores da história na sua posição, jogou praticamente toda a sua carreira no Preston North End, onde foi eleito duas vezes (em 1954 e 1957) o melhor futebolista inglês. Também disputou três Copas do Mundo FIFA pela Seleção Inglesa.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido em Preston, iniciou sua carreira no clube local, o Preston North End.[1] Tendo nascido perto do estádio do clube, teve sua estreia oficial com apenas 24 anos, devido a Segunda Guerra Mundial (onde, como muitos futebolistas na época, lutou na guerra contra a Alemanha).[2] Antes, havia disputado em dezembro de 1942 uma partida pelo Southampton contra o Arsenal, que terminou com uma derrota por 3–1.

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Sua estreia acabaria ocorrendo em agosto de 1946 e, no mesmo ano, estrearia pela Seleção Inglesa, a qual defenderia durante doze anos, disputando 77 partidas e marcando 30 tentos, tendo sido o detentor, juntamente com Vivian Woodward e Nat Lofthouse, de maior artilheiro da história da Seleção, mas sendo superado alguns anos depois por Bobby Charlton. Também disputou três edições da Copa do Mundo FIFA: 1950[1] (nesta, estaria presente na histórica derrota para os Estados Unidos por 1–0), 1954[1] (marcaria uma vez na derrota para o Uruguai por 4–2) e 1958[1] (também marcaria uma vez, contra a União Soviética, tendo este lhe rendido o recorde de artilheiro da Seleção na época). Ainda em 1954, estaria presente na outra histórica derrota da Inglaterra, dessa vez num humilhante 7–1 para a lendária equipe da Hungria.[3]

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Acabaria se aposentando aos 38 anos,[1] após defender o Preston North End em 473 oportunidades e, marcando 210 tentos, devido a uma persistente lesão na virilha. Seria fiel durante toda sua carreira ao Preston, tendo chegado a defender profissionalmente o Lisburn Distillery durante uma partida contra o Benfica pela Copa dos Campeões três anos após sua aposentadoria.[4] Durante suas catorze temporadas no clube, acabaria não conquistando nenhum título, terminando apenas com vice-campeonatos, tanto na Copa da Inglaterra, onde perdeu para o West Bromwich Albion por 3–2, quanto no Campeonato Inglês. Ainda assim, conseguiu ser eleito o melhor jogador do campeonato em duas oportunidades: a primeira, quando foi finalista da Copa da Inglaterra, em 1954,[1] e, a segunda três anos depois.[1]

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu no dia 14 de fevereiro de 2014, na cidade de Preston. As causas de sua morte não foram divulgadas.[5] A Associação de Futebol o chamou de "um dos maiores jogadores de todos os tempos da Inglaterra", enquanto o também ex-jogador da Seleção Inglesa Bobby Charlton disse que as contribuições de Finney para o futebol são "imensuráveis". O ex-companheiro de equipe e ex-técnico do Liverpool, Bill Shankly, o chamou de "o maior jogador de todos os tempos", enquanto Stanley Matthews o comparou a Diego Maradona, Pelé, George Best e Alfredo Di Stéfano.

Referências

  1. a b c d e f g «Tom Finney» (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2010 
  2. «Preston Today» (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2010. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2012 
  3. «Report of Hungary v England in profile of Ivor Broadis» (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2010. Arquivado do original em 26 de fevereiro de 2009 
  4. «Sir Tom the pride of Preston» (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2010 
  5. «Morre o ex-jogador de futebol inglês Tom Finney, aos 91 anos». Terra. 14 de fevereiro de 2014. Consultado em 30 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]