Johnny Haynes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johnny Haynes
Johnny Haynes
Estátua de Haynes no Craven Cottage
Informações pessoais
Nome completo John Norman Haynes
Data de nasc. 17 de outubro de 1934
Local de nasc. Londres,  Reino Unido
Falecido em 18 de outubro de 2005 (71 anos)
Local da morte Edimburgo,  Reino Unido
Altura 1,76 m
Informações profissionais
Período em atividade 1951-1975 (24 anos)
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19511970
1961
1970-1972
1972-1973
1973
1974
1974
1975
Inglaterra Fulham
Canadá Toronto City (empr.)
Flag of South Africa (1928-1994).svg Durban City
Inglaterra Wealdstone
Flag of South Africa (1928-1994).svg Durban City
Flag of South Africa (1928-1994).svg Durban United
Flag of South Africa (1928-1994).svg Durban Celtic
Flag of South Africa (1928-1994).svg Maritzburg
594 (147)
Seleção nacional
19541962 Flag of England.svg Inglaterra 056 0(18)

John "Johnny" Norman Haynes (Londres, 17 de Outubro de 1934 –– Edimburgo, 18 de Outubro de 2005) foi um futebolista inglês. Ficou conhecido como "Maestro", ou "o melhor passador", como Pelé o descreveu,[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fulham e Seleção[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira muito jovem, o que fez o Fulham emprestá-lo a clubes amadores até os dezessete (na época, ele não tinha idade para assinar um contrato profissional). Suas atuações o levaram a seleção principal.

Chegou a defender todas as categorias inferiores antes de chegar a principal, sendo o primeiro jogador a fazer tal feito. Teve grande desempenho no English Team, sendo chamado para três Copas do Mundo (embora não tenha sido um dos jogadores que não viajaram com o elenco para a de 1954), e, durante três anos foi o capitão, passando mais tarde a braçadeira ao lendário Bobby Moore. Haynes também estaria presente no elenco campeão em 1966, mas por conta de um acidente de moto, teve uma séria lesão nos seus ligamentos e acabou ficando de fora.

Seu futebol era tão desejado, que Haynes foi o primeiro atleta profissional a ganhar um salário de cem libras por semana. Na época, o teto salarial era de vinte libras, mas quase sempre burlado pelos clubes.[2] O presidente do Fulham na época, Tommy Trinder, disse que queria pagar mais a Haynes, declarando que “Ele vale pelo menos três vezes esse valor”. O Fulham ainda chegou a recusar uma proposta do Milan de cerca de oitenta mil libras, que quebraria o recorde de transferência da época (que era de menos da metade disso) e faria dele o jogador mais bem pago do mundo.

Africa do Sul[editar | editar código-fonte]

Apesar de seu brilhante futebol, e ter defendido o Fulham por quase duas décadas, conquistou seu primeiro título apenas no sul-africano Durban City.[3] E foi no banido futebol da África do Sul (a FIFA suspendera o país devido às exigências locais de que o apartheid vigorasse também no futebol) que ele encerraria a carreira, em 1975.

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Logo após se aposentar, acabou não exercendo funções no futebol. Em 2005, um dia antes do seu aniversário, Haynes sofreu um acidente de carro que ocasionou sua morte dois dias depois. Antes, havia "emprestado" seu nome a uma das arquibancadas do Craven Cottage (estádio do Fulham).

Referências