SIC Notícias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SIC Notícias
Impresa Publishing S.A.
Logótipo do canal
Tipo Canal de televisão por cabo
País  Portugal
Fundação 8 de janeiro de 2001
(16 anos e 42 dias)
por Francisco Pinto Balsemão
Pertence a Sociedade Independente de Comunicação (SIC)
Proprietário Francisco Pinto Balsemão
Antigo proprietário TV Cabo
Presidente Francisco Pedro Pinto Balsemão
Cidade de origem  Lisboa
Sede Estrada da Outurela, nº119 2794-052 Carnaxide
Paço de Arcos, Oeiras (2017)
Estúdios Carnaxide, Oeiras
Slogan Os seus olhos no mundo
Formato de vídeo 16:9 SDTV (576i)
HDTV (1080i)
Audiência ± 36 mil por minuto (1,9% share) (2015)[1]
Receita € 24.440.350
Afiliações
Cobertura  Portugal e arquipélagos
Cobertura internacional
Nome(s) anteriore(s) CNL
Página oficial sicnoticias.pt
Disponibilidade por satélite
NOS
Canal 5
MEO (Satélite)
Canal 5
NOS
Canal 5
Disponibilidade por cabo
NOS
Canal 5
MEO
Canal 5
Nowo
Canal 6
NOS
Canal 305 (HD)
MEO
Canal 305 (HD)
Nowo
Canal 305 (HD)
Disponibilidade via ADSL
MEO (ADSL)
Canal 5
NOS
Canal 5
Vodafone Casa
Canal 5

SIC Notícias anteriormente CNL, é um canal temático de informação da estação de televisão portuguesa SIC, fundada a 8 de janeiro de 2001. O canal apresenta programação diversificada de económica, internacional, desporto, tecnologia, moda, música e viagens.

História[editar | editar código-fonte]

CNL[editar | editar código-fonte]

A CNL ou Canal de Notícias de Lisboa, foi o primeiro canal regional Português a transmitir por TV a cabo, o canal estava voltado para a região de Lisboa. Quando a SIC adquiriu 60% das ações a 8 de janeiro de 1999, foi decidida a mudança de nome para SIC Notícias. A ZON TV Cabo (atual NOS) detinha 40% das ações. A 27 de fevereiro de 2009 a SIC comprou os 40 % restantes para converter-se num único proprietário. Foi uma joint venture entre a SIC (60%) e a ZON TV Cabo (40%).[2]

SIC Notícias[editar | editar código-fonte]

A 8 de janeiro de 2001 começam os primeiros programas da SIC Notícias. A SIC Notícias é o segundo canal temático criado pela SIC. Além dos blocos informativos no topo da hora, oferece também edições especiais e programas temáticos onde a economia, a saúde, as entrevistas, o espectáculo, a moda e o desporto são tratados.

Desenvolvido especialmente para o cabo, a sua programação é totalmente constituída por programas de informação, sendo o canal temático com maior audiência no cabo e o 4.º mais visto do país, o que constitui caso único tendo em conta a concorrência de canais como o AXN ou a FOX.

Quanto à distribuição da SIC Notícias, está disponível em Portugal na posição 5 na NOS, Nowo (antiga Cabovisão), MEO, e Vodafone. A SIC Notícias também está disponível online.

No final de 2003, a emissão da SIC Notícias ficou disponível via satélite em Angola e Moçambique. Mais tarde, a SIC Notícias passou a ser transmitida nos Estados Unidos (2006), Cabo Verde e Suíça. Mais recentemente em março, chegou também ao Canadá[3]. Em maio de 2013 começam as transmissões na Austrália e França, e o próximo mercado para a SIC Notícias será o Brasil.[4] A 6 de outubro de 2016, começam as emissões em HD na SIC Notícias HD.

Administração[editar | editar código-fonte]

A nomeação de Ricardo Costa para diretor-geral de informação do Grupo Impresa teve efeito a de 6 de março de 2016. Anteriormente, o cargo era ocupado por Luís Marques. Essas mudanças ocorreram ao mesmo tempo que a mudança de CEO do grupo que era presidido por Pedro Norton, atualmente é Francisco Pedro Pinto Balsemão o presidente executivo.