Visão (revista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Visão
Logotipo
Frequência Semanal
Editora Impresa Publishing
Empresa Impresa
Circulação Total: 97.306[1]
Categoria Informação
País  Portugal
Idioma Português
Primeira edição 25 de março de 1993 (24 anos)
aeiou.visao.pt/

A Visão é uma revista semanal portuguesa de informação, lançada a 25 de Março de 1993. Nas bancas à quinta-feira, a publicação surgiu no seguimento da ligação da empresa suíça Edipresse à Projornal, sociedade de jornalistas portugueses que editou, até 1992, o semanário O Jornal.

Em 1999, a Edipresse e a Abril Controljornal associaram-se, tendo passado a VISÃO a integrar o grupo de publicações desta última. Actualmente, a revista VISÃO é editada pela Impresa Publishing, pertence ao grupo Impresa, cujo presidente é Francisco Pinto Balsemão. A Edimpresa é uma das mais importantes editoras de revistas em Portugal, editora esta que se encontra em pleno crescimento. Dirigida por Pedro Camacho, a VISÃO foi o projecto jornalístico que sucedeu ao extinto semanário O Jornal e teve como primeiro director Carlos Cáceres Monteiro. Em 2 de Dezembro de 2010 tornou-se na primeira publicação jornalística a ser distribuída num tablet (iPad, no caso) com um formato totalmente revisto para este tipo de dispositivo. No dia em que foi lançada atingiu o 1º lugar do top das aplicações de Notícias e no top geral.

Estatuto editorial[editar | editar código-fonte]

1. A Visão é uma revista semanal de informação geral que pretende dar, através do texto e da imagem, uma ampla cobertura dos mais importantes e significativos acontecimentos nacionais e internacionais, em todos os domínios de interesse;

2. A Visão é independente do poder político, do poder económico e de quaisquer grupos de pressão;

3. A Visão identifica-se com os valores da democracia pluralista e solidária;

4. A Visão rege-se, no exercício da sua actividade, pelo cumprimento rigoroso das normas éticas e deontológicas do jornalismo;

5. A Visão defende o pluralismo de opinião, sem prejuízo de poder assumir as suas próprias posições;

6. A Visão pauta-se pelo princípio de que os factos e as opiniões devem ser claramente separados: os primeiros são intocáveis e as segundas são livres.

Visao.pt[editar | editar código-fonte]

Visao.pt é a extensão da revista Visão na Internet, que se rege pelo estatuto editorial da VISÃO, excepto no ponto 1: trata-se de uma publicação de informação geral em suporte electrónico que pretende dar através do texto, da imagem e de outras soluções multimédia, uma cobertura diária dos mais importantes e significativos acontecimentos nacionais e internacionais, em todos os domínios de interesse, aplicando o mesmo crivo informativo da revista.

Do ponto de vista editorial, a VISAO.pt depende da direcção da VISÃO.

A Visao.pt surge para levar o título Visão à Internet e aí se afirmar como um meio simultaneamente complementar e alternativo face às restantes publicações de informação geral em suporte digital, mantendo um fio noticioso sobre o que se está a passar no País e no Mundo, sem que isso signifique competir com os sites vocacionados para a informação dita em «tempo real».

Suplementos da Visão[editar | editar código-fonte]

Entretanto, mais recentemente, foram criadas novas revistas VISÃO:

Referências

  1. Visão. «VISÃO ainda mais líder». 30 de abril de 2010. Consultado em 13 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]