Syfy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Syfy
País  Estados Unidos
Fundação 24 de setembro de 1992 (29 anos)
Pertence a NBCUniversal
Proprietário Comcast
Slogan It's a Fan Thing
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Nome(s) anterior(es) Sci-Fi Channel (1992-1999)
Sci Fi (1999-2009)
Página oficial https://www.syfy.com
Disponibilidade por satélite
Canal 244 (HD/SD)
Canal 122 (HD/SD)
Canal 9432 (HD)
Disponibilidade por cabo
Canal 28 (SD)
Canal 829 (HD)
U-verse TV
Canal 151 (SD)
Canal 1151 (HD)
Verizon FiOS
Canal 180 (SD)
Canal 680 (HD)
Comcast Cable
Canal 52 (SD)
Canal 1411 (HD)
Disponibilidade digital
Website oficial
Simulcast
IPTV
Sling TV
IPTV
tvOS
IPTV
Fubo TV
IPTV
Hulu Live TV
IPTV

Syfy é um canal de televisão por assinatura. Sua programação é dedicada à ficção científica, fantasia, terror e paranormal. Lançado em 24 de Setembro de 1992 pela NBCUniversal o Syfy está presente em alguns países da América Latina, América do Norte, Ásia e Europa.

História[editar | editar código-fonte]

O Syfy foi criado pelo Mitchell Rubenstein e Silvers Laurie em 1991. Um ano depois o Syfy – que era chamado Sci-Fi Channel[1] – se tornou um canal pago, que apresentava os clássicos dos estúdios Universal Studios e Paramount Pictures (Star Trek e Night Gallery). Anos depois, sua participação foi comprada pela NBC Universal estreando no Brasil em 1 de agosto de 2007, trazendo séries famosas, como: Stargate SG-1, Eureka, Kyle XY, Heroes, Haven e Alphas.

A programação do canal no Brasil conta também com as séries Ghost Hunters, Grimm, Beauty and the Beast, Paronormal Witness, Face Off, Best Ink, Defiance e Doctor Who (somente da 5ª à 10ª temporada[carece de fontes?]).

O canal passou a fazer parte do portfólio da Canais Globo em 2012, a partir da ampliação da parceria entre a programadora e a NBCUniversal Networks, assim como o seu irmão, o canal Studio Universal. A partir desse momento cria-se a programadora NBCU Networks International Brasil (50% Canais Globo/50% NBCUniversal Networks), consórcio que gere os canais Universal Channel, Syfy e Studio Universal.

Referências

  1. Thiago Colás (23 de setembro de 2014). «Lavalantula: aranhas de lava no Syfy». HQManiacs 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.