TV Caravelas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
TV Caravelas
Associação de Radiodifusão Comunitária de Ipatinga
Tipo Canal de televisão público e comunitário
País  Brasil
Fundação 10 de agosto de 2009 (12 anos)
por Antônio Queiroga
Pertence a Fundação Amigos do Vale do Aço
Proprietário Fundação Amigos do Vale do Aço
Presidente Vinicius Queiroga
Marcos Constâncio da Silva
Cidade de origem Bandeira Ipatinga.gif Ipatinga, MG
Sede Bandeira Ipatinga.gif Ipatinga, MG
Estúdios Bandeira Ipatinga.gif Ipatinga, MG 1º andar. Centro de Geração de TV. Rua Serra Negra, 65, Jardim Panorama
Slogan "Descobrindo um novo jeito de fazer televisão"
Formato de vídeo (16:9)
Audiência América Latina, Estados Unidos e Europa
Canais irmãos COM Brasil TV(Associação Brasileira de Canais Comunitários)

TV Evangelizar

Cobertura 99% do território brasileiro
Emissoras afiliadas COM Brasil TV
TV Evangelizar
Página oficial TV Caravelas
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
Canal 18 UHF (Vale do Aço)
Disponibilidade por satélite
Oi TV
Canal 28
Sky Brasil
Canal 28
Claro TV
Canal 03
Vivo TV
Canal 239
Nossa TV
Canal 20
Disponibilidade por cabo
Claro TV
Canal 06
Cabo Telecom
Canal 108
Disponibilidade via ADSL
1Fibra
Canal 816
ConecTV
Canal 816
Gigalink
Canal 816
TCA
Canal 816
TeoNet
Canal 816
Trix Net
Canal 816
CDN TV
Canal 816
Disponibilidade digital
MegaTV
Simulcast
CXTV
Simulcast
Guigo TV
Canal 915
IPTV Brasil
Canal 176
CDN TV
Canal 167
Canal 816

TV Caravelas é um canal de televisão brasileiro com sede no município brasileiro de Ipatinga, pertence a FAVI - Fundação Amigos do Vale do Aço de Ipatinga, estreou no dia 10 de agosto de 2009 inaugurando a televisão comunitária no Vale do Aço e no Leste Mineiro. A inicial proposta do canal foi conter programação 100% composta de produções de caráter público sem fundo comercial, alguns programas regionais são transmitidos na TV Caravelas.[1] É transmitida em sinal aberto, 24 horas todos os dias, por assinatura no canal 06 da Claro TV para todo o Vale do Aço. Em parceria com a COM Brasil TV exibe uma expressiva parte de sua programação para os canais das principais operadoras de televisão via satélite, cujo está sob controle da ABCCOM (Associação Brasileira de Canais Comunitários).[2]

Licenciamento da "ANATEL"[editar | editar código-fonte]

No dia 10 de agosto de 2009 a licença de que a emissora poderia transmitir sua programação normalmente, após o processo que decidiria a continuidade da emissora. Sozinhos sem apoio de políticos do município, do estado e federal. Apesar da Fundação ser reconhecida como utilidade pública, nada até hoje conseguiram, documentos e processos já foram colocados na tentativa de conseguir verbas para equipar a TV.[3]

Programação[editar | editar código-fonte]

A programação da TV Caravelas se destaca por ter um conteúdo em alta definição, além de programas do interesse da comunidade em geral, programas em todas as faixas de idade, cujo em sua maioria podem ser vistos por todos os públicos. Grande parte da programação da emissora e focado em entrevistas e jornalismo.

Programas próprios exibidos pela emissora:

  • Artmania
  • Bola na Área
  • Comunidade na TV
  • Curiosidade Animal
  • Experiência de Deus
  • Fé e Vida
  • Influêncy-Me
  • Mais Vida
  • Missa e Benção
  • Momento Jurídico
  • Pipoca na TV
  • Programa da Su
  • Propósitos de Vida
  • Sessão Faroeste
  • Sessão Matinê
  • Sessão Nostalgia
  • Terra & Viola
  • Vale 24 Horas
  • Video Classics
  • Zig Zag

Programas extintos:[editar | editar código-fonte]

  • Cinema na Telinha
  • Clip Show
  • Conversa Fiada
  • Cristo em Seu Lar
  • Filosofia em Questão
  • Informativo TV Caravelas
  • J. Bilt
  • Jornal Amorca
  • Jornal Brasil
  • Momento Saúde
  • Pepitas
  • Programa do Risadinha
  • Programa Jander Paulo
  • Reprogramação da Mente
  • Salada
  • Semana Radical
  • Sports Play
  • Vale Conversar

Legislação brasileira[editar | editar código-fonte]

Lei Nº 8.977, de 6 de Janeiro de 1995. Dispõe sobre o Serviço de TV a cabo e dá outras providências.

Lei Federal nº 12.485, de 12 de setembro de 2011 - Dispõe sobre a comunicação audiovisual de acesso condicionado; altera a Medida Provisória no 2.228-1, de 6 de setembro de 2001, e as Leis nos 11.437, de 28 de dezembro de 2006, 5.070, de 7 de julho de 1966, 8.977, de 6 de janeiro de 1995, e 9.472, de 16 de julho de 1997; e dá outras providências.

Medida Provisória Nº 2.228-1, de 6 de setembro de 2001. Estabelece princípios gerais da Política Nacional do Cinema, cria o Conselho Superior do Cinema e a Agência Nacional do Cinema – Ancine, institui o Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Cinema Nacional – PRODECINE, autoriza a criação de Fundos de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional – FUNCINES, altera a legislação sobre a Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional e dá outras providências.

Referências

  1. Constâncio, Marcos (15 de fevereiro de 2016). «Atuação da FAVI e da TV Caravelas no vale do Aço». Favi. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  2. CAMPOS, Maria Alice. (2017) Televisão comunitária e o exercício da liberdade de expressão: uma abordagem no âmbito da CPLP (dissertação de mestrado pela Universidade Nova de Lisboa).
  3. Queironga, Vinicíus (12 de agosto de 2009). «Lincenciamento da Anatel». TV Caravelas. Consultado em 12 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]