Telecine Cult

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Telecine Cult
País  Brasil
Fundação 10 de outubro de 1997
Pertence a Globosat
Proprietário Globosat
Sede Rio de Janeiro, RJ
Formato de vídeo 480p (SDTV)
1080p (HDTV)
2160p (4K)
Cobertura  Brasil
Nome(s) anterior(es) Telecine 5 (1997-2000)
Telecine Gallery (2000)
Telecine Classic (2000-2005)
Página oficial Site oficial
Disponibilidade por satélite
SKY Brasil
Canal 105
Canal 505 (HD)
Claro TV
Canal 166[1]
Canal 666 (HD) [1]
Oi TV
Canal 65
Canal 565 (HD)[2]
Canal 65 (HD) (Satélite SES-6)
Vivo TV
Canal 680
Canal 898 (HD)
Disponibilidade por cabo
Claro TV
Canal 166
Canal 666 (HD)
Vivo TV
Canal 100
Canal 400 (HD)
TV Alphaville
Canal 65
Roma Cabo
Canal 65
Canal 565 (HD)
TCM
Canal 65
Disponibilidade digital
Telecine Play
(Requer login de Televisão por assinatura e os canais no pacote, além de conexão com a internet. Indisponível fora do Brasil[3])

Telecine Cult é um canal de televisão por assinatura brasileiro que exibe filmes clássicos, filmes independentes, filmes temáticos, filmes raros e filmes de arte com produções europeias, asiáticas, latinas e filmes antigos. O canal exibe todos os filmes sem os intervalos comerciais.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

Os filmes[editar | editar código-fonte]

O Telecine Cult apresenta clássicos do cinema mundial e as raras obras de certos diretores e atores renomados. O acervo do canal tem títulos mais recentes, de diversas nacionalidades, além dos filmes da sessão "Cinemundi" que antes era exibido no Telecine Emotion(atual Telecine Touch) Esses clássicos são gerados da Universal Pictures, Paramount, 20th Century Fox, Metro-Goldwyn-Mayer, Walt Disney Pictures (desde 2011) e até mesmo de produções de estúdios independentes.

Idiomas[editar | editar código-fonte]

O canal, possui como idioma padrão o português que é usado completamente nos comentários sobre a programação do canal (no comercial ou nas brechas de tela dos filmes em execução). Dos filmes exibidos no Telecine Cult quase todos possuem como idioma original o inglês com legenda em português, porém o áudio dublado é disponível como segunda opção dependendo da característica do acervo.[4]

Telecine Classic[editar | editar código-fonte]

O nome do canal foi alterado pela a razão de atualmente o canal não só exibir os clássicos do cinema, como também filmes de arte. Daí o nome Telecine Cult, uma espécie de Telecine Cultural. A mudança cujo ao nome do canal foi bem aceita após algum tempo.

Versão HD do Canal[editar | editar código-fonte]

A versão HD do canal (1080i / 1080p) foi lançada em dezembro de 2012, diferente da versão SD (480i/480p), o Telecine Cult HD exibe a maioria dos seus filmes em versão dublada, com opções de legendas e áudio original.[4]

A dublagem pode ser a oficial, ou uma dublagem encomendada pelo próprio canal, como foi no caso do filme Le fabuleux destin d'Amélie Poulain, que teve que receber uma nova dublagem para ser exibido em 1080i / 1080p na versão HD do canal, a mesma dublagem encomendada foi exibida nos canais SD.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

[5] Os filmes exibidos no Telecine Cult são exibidos em formato 16:9 Widescreen.

Referências

  1. a b Grade de canais "Juntinho"
  2. Oi TV. «O número dos canais da sua Oi TV mudou. Confira a nova numeração.» (PDF). Consultado em 24 de fevereiro de 2012 
  3. «Estou em outro país, como faço para assistir aos vídeos?)» 
  4. a b «Mercado de dublagem ganha espaço - FADERS». www.faders.rs.gov.br. Consultado em 5 de novembro de 2016 
  5. «Telecine - O melhor do cinema chega primeiro aqui». Telecine. Consultado em 30 de setembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]