FizTV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
FizTV
Abril Radiodifusão Ltda.
Tipo Rede de televisão comercial
País  Brasil
Fundação 29 de julho de 2007
por Grupo Abril
Extinção 30 de julho de 2009
Cidade de origem Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, SP
Sede São Paulo São Paulo
Estúdios Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, SP
Cobertura  Brasil
Página oficial fiztv.com.br[ligação inativa]

FizTV foi um canal de televisão por assinatura pertencente ao Grupo Abril, fundado em 29 de julho de 2007. O canal foi baseado no site Fiz, onde o público enviava seus vídeos e os melhores eram expostos no site para serem avaliados pelos internautas.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O canal fazia parte da Abril Radiodifusão, junto com a MTV Brasil, e estava disponível apenas no canal 16 da TVA. O "Fiz", como era apelidado, tinha programas como o Fiz Notícias, Fiz Curta, Fiz Tura, Fiz Doc, Fiz Lugares, Fiz Em Casa, entre outros. Cada programa era preenchido por trabalhos feitos por produtoras independentes e os produtores eram remunerados, inicialmente, por R$ 50 pelos melhores trabalhos.[1]

A ideia inicial era de aproximar a estrutura da programação do canal[2] com a linguagem da internet, na qual o usuário enviava seus vídeos pelo site[3] e os melhores eram transmitidos no canal.[4]

Baixa audiência e encerramento das atividades[editar | editar código-fonte]

Devido aos baixos índices de audiência, a falta de lucro e fato do canal não ter conseguido entrar nos pacotes da SKY e da NET - onde na época as duas operadoras detinham 73% do mercado brasileiro de televisão por assinatura[5][6][7] -, o Grupo Abril anuncia em junho de 2009 a descontinuação do canal Fiz e da Ideal TV, afirmando em nota à imprensa que a decisão "foi motivada pela dificuldade em romper uma barreira praticamente intransponível que existe no Brasil para a distribuição de canais pagos".[8] Os dois canais saíram do ar no dia 30 de julho.[9]

Três meses após o seu fim, a MTV Brasil lança o programa Fiz na MTV, exibindo vídeos e projetos independentes que eram enviados pelos internautas na página oficial da emissora.[10]

Referências

  1. a b Lucas Neves (29 de julho de 2007). «Canal FizTV estréia hoje na TVA». Ilustrada. Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de novembro de 2015 
  2. «Request Rejected». www.ctav.gov.br. Consultado em 25 de março de 2016 
  3. «FIZ TV aposta na interação com telespectador - BOL Notícias». noticias.bol.uol.com.br. Consultado em 25 de março de 2016 
  4. Marina Campos Mello (9 de agosto de 2007). «Canal FizTV planeja criar banco de downloads para licenciamento de produtos audiovisuais». UOL. Consultado em 14 de novembro de 2015 
  5. «Consumidor perde na briga entre MTV e Sky». PROTESTE. 17 de julho de 2008. Consultado em 23 de outubro de 2015 
  6. «Net Brasil não renova com MTV e Sky tira canal do ar». Observatório do Direito à Comunicação. 4 de junho de 2008. Consultado em 23 de outubro de 2015 
  7. Fernando Lauterjung (18 de junho de 2009). «Grupo Abril deixa de produzir dois de seus canais pagos». Tela Viva. Consultado em 23 de outubro de 2015 
  8. «Grupo Abril suspende canais Ideal e FIZ e culpa distribuição». BOL. 19 de junho de 2009. Consultado em 14 de novembro de 2015 
  9. Cristina Padiglione (19 de junho de 2009). «Abril tira do ar seus canais de TV». Estadão. Consultado em 14 de novembro de 2015 
  10. Gustavo Miller (9 de setembro de 2009). «FizTV está de volta, agora na MTV». Estadão. Consultado em 25 de março de 2017