DirecTV Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de DirecTV, veja DirecTV (desambiguação).
DirecTV Brasil
DirecTV wordmark.svg
Logotipo padrão da DirecTV
Subsidiária do The DirecTV Group
Slogan O mundo é seu!
Atividade Telecomunicações
Fundação 1996
Fundador(es) Galaxy Latin America
(join-venture entre o Grupo Abril, Hughes Eletronics e Grupo Cisneros)
Encerramento 2007
Sede São Paulo, Brasil
Proprietário(s) DirecTV Group Latin America
Pessoas-chave John Malone, Fundador
Luiz Eduardo Baptista, Presidente & CEO
Produtos Transmissão Direta de Satélite
Sucessora(s) Sky Brasil
Website oficial www.directv.com.br

A DirecTV Brasil (registrada como Galaxy Brasil Ltda) foi uma empresa de televisão por assinatura via satélite sediada em São Paulo, Brasil, franquia da rede estadunidense DirecTV. Suas principais concorrentes foram a Sky Brasil (o que é hoje) e NET ambas com participação das Organizações Globo.

História[editar | editar código-fonte]

Galaxy Brasil Ltda foi pioneira no ramo de TV Paga no Brasil, subsidiária do The DirecTV Group e Galaxy Latin America Group, e tinha direitos de exclusividade da HBO Max Digital e contava com qualidade de som e imagem superior a Sky Brasil sua posterior concorrente.

A DirecTV Brasil, tinha como um de seus sócios o Grupo Abril. Em meados de 2004, a NEWS Corporation do magnata Rupert Murdoch (controladora da SKY BRASIL) comprou todas as operações da DirecTV. (DirecTV norte-americana e a DirecTV Latin America, esta última estava em concordata). Nos países ibero-americanos onde as operadoras SKY e DirecTV dividiam mercado, somente a marca mais forte sobreviveu. No caso do Brasil, houve uma reestruturação societária e a marca que continuou foi a SKY, que passou a ser controlada pela DirecTV Latin America (que àquela época tinha a News Corporation como a sua maior acionista).

Há algum tempo, a NEWS Corporation vendeu a participação que tinha na DirecTV norte-americana e na DirecTV Latin America(o que inclui o Brasil) para a Liberty Media Corporation do magnata John Malone. Com isso, a News Corporation passou a atuar no continente americano apenas como programadora de canais (tendo em vista que ela controla os canais do grupo FOX). Na Europa e Ásia, ela continua tendo operações de TV por assinatura. Em alguns desses países, ela tem operadoras com o nome de "SKY", como no caso da Itália, mas que não possuem nenhuma ligação com a SKY brasileira.

Um fator curioso para a SKY Brasil, é que mesmo com a mudança acionária, até o momento não foi cogitada nenhuma mudança no nome da operadora, tendo em vista que o nome "SKY" foi criado por Rupert Murdoch e com isso, faz menção à antiga administração.

Uma antena DIRECTV apontada para o satélite Intelsat 11 da SKY.

No Brasil, um dos grandes diferenciais da operadora eram os shows apresentados em seu canal 605 que foi renomeado para Sky Shows após a fusão com SKY, e os filmes exibidos pelo DIRECTV Cine Club, atualmente Cine Sky. Também foi a principal operadora a distribuir os canais HBO, Disney Channel e outros de origem latina.

A DIRECTV transmitiu vários eventos importantes em sua história no Brasil. O último grande evento foi a Copa do Mundo FIFA 2006, na Alemanha, pelos canais Mundial Total. A transmissão foi feita em multi-canais, totalmente gratuitos para todos os seus assinantes. O canal contava com a narração de Ivan Zimmermann e os comentários de Roberto Figueroa. A operadora também conseguiu a proeza de transmitir com EXCLUSIVIDADE o evento Rock'n Rio, em 2001.

A DIRECTV tinha aproximadamente 450 mil assinantes brasileiros e, depois da fusão com a SKY, passou a ter cerca de 1,3 milhão de assinantes, menos da metade da base da NET.

Anteriormente a fusão com a SKY, a DIRECTV possuía 2 pacotes básicos (Prata Plus e Ouro Plus) e 10 pacotes opcionais (Pacote HBO, HBO/Max Digital, Playboy TV, PlayBoy TV + Venus, G Channel, Venus, NHK World, ART e Pacote Europa). Atualmente, a DIRECTV não é mais comercializada para novos clientes, que deverão optar pela SKY. Aos já clientes DIRECTV estão sendo oferecidos novos pacotes de programação, que incluem novos canais, que já eram disponibilizados pela SKY. No dia 10/10/06, a Directv começou a oferecer para seus assinantes que já passaram pelo processo de ATQ os pacotes Digital 2007, Digital Plus 2007, Combo Digital Família 2007, Combo Digital Adulto 2007 e Combo Digital Cinema 2007.

Com a fusão, uma nova empresa foi criada, o Nome e Slogan foram definidos: SKY+DIRECTV, e tinha como slogan "O Melhor de Dois Mundos", porém, foram provisórios. Na fusão, o assinante ganhou novos canais: Telecine Premium, Telecine Action, Telecine Emotion, Telecine Pipoca, Telecine Cult, Multishow, GNT, Canal Brasil, Globo News, Fox News, Canal Rural, TVE Brasil, Climatempo, Sexy Hot, ForMan e serviços interativos (Sky Store, Games, Esotérico, Fórmula 1, Guia de Hotéis, Loterias, Minha Sky, Pacotes de Programação e Cine Premiere Interativo). Automaticamente, eram retirados os seguintes canais: Multipremier, Film&Arts, Rede Mulher, TV Gazeta, G Channel e Venus.

No dia 1.º de março de 2007, foi divulgado através de um e-mail enviado aos assinantes que a Sky+DirecTV passaria a se chamar Sky. Em 1.º de setembro de 2007, o sinal da DirecTV foi desativado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.