Telemig Celular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Telemig Celular
Razão social Telemig Celular S/A
Empresa de capital aberto
Slogan A evolução com você
Do jeito que tem que ser[1]
Atividade Telefonia móvel
Gênero Telecomunicações
Fundação 1998
Encerramento 15 de abril de 2008
Sede Belo Horizonte
Área(s) servida(s)  Minas Gerais
Proprietário(s) TELEMIG (1998)
Telpart (1998-2007)
Telefônica (2007-2008)
Presidente André Mastrobuono
Produtos GSM, 3G, TDMA, AMPS, UMTS/HSDPA
Empresa-mãe Newtel (1998-2007)
Acionistas Banco Opportunity (com 48,9%, até 2007)
Sucessora(s) Vivo
Website oficial Página oficial

Telemig Celular foi uma operadora de celular do Brasil. Era subsidiária de telefonia móvel da estatal TELEMIG e, após sua privatização em 1998, passou a ser controlada pela Telpart, enquanto o braço da telefonia fixa se tornou parte da Telemar. Posteriormente o controle acionário foi comprado pela operadora Vivo e absorvida por ela [2].

História[editar | editar código-fonte]

Poço de visita da Telemig Celular.

Iniciou suas operações no estado de Minas Gerais (exceto região do Triângulo Mineiro) com a tecnologia AMPS na década de 1990. Ainda na mesma década, implantou a tecnologia TDMA. No início de 2004, anunciou que implantaria a tecnologia GSM. Em setembro daquele ano, adquiriu licenças para a tecnologia GSM no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. No final de 2004, a tecnologia GSM foi implantada na sua área de atuação AMPS/TDMA. No primeiro semestre de 2005, anunciou sua entrada no Triângulo Mineiro. Oferecia a tecnologia GSM em todo o estado de Minas Gerais. Excluindo o Triângulo Mineiro, também oferecia tecnologia AMPS e TDMA. No final de 2007, foi a primeira operadora do Brasil a colocar em operação uma rede 3G, utilizando a tecnologia UMTS/HSDPA na faixa de 850MHz, em Belo Horizonte.

Absorção pela Vivo[editar | editar código-fonte]

A operadora foi vendida para a Vivo, e foi totalmente absorvida em Abril de 2008. Com a compra da Telemig Celular, a Vivo passou a ser também operadora de telefonia residencial habilitada com um número de celular, integrando em sua grade de serviços o Poupo, um telefone residencial que usa tecnologia celular, voltado aos consumidores que moram longe do cabeamento das redes convencionais de telefonia fixa, usando todos os benefícios de um telefone fixo.

A marca Telemig Celular deixou de ser utilizada pouco após a sua compra pela Vivo, tendo desaparecido completamente até 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Telemig Celular inicia nova campanha publicitária». UOL. Portal Negócios da Comunicação. Consultado em 21 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  2. Folha Online - Vivo compra Telemig e Amazônia Celular por R$ 1,213 bi

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.