TESS (telefonia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TESS
Fundação 1998
Encerramento 2003
Sede Campinas, SP
Área(s) servida(s)  São Paulo
* Cobertura apenas no interior e litoral paulista.
Sucessora(s) Claro

TESS foi o nome da antiga operadora de celular com sede em Campinas que atuava no interior e litoral do estado de São Paulo no Brasil, a qual foi eventualmente comprada pela atual Claro. Iniciou suas operações em 1998.[1]

Os seus acionistas iniciais incluíam a Eriline e da empresa de telecomunicações sueca Telia. A Telia vendeu suas ações preferenciais na empresa à Telecom Americas em abril de 2001.[2] O consórcio venceu a disputa pela concessão com uma oferta de 1,326 bilhão de reais.[3]

Na época de sua criação, a TESS era considerada uma inovação em telefonia celular pois era a única operadora a oferecer serviço 100% digital, porém a operadora sofria com a pequena área de cobertura[4] quando comparada a antiga rival Telesp Celular.

Essa Operadora utilizava a banda B[1] inicialmente implantada no Brasil em 1998. Seu sinal utilizava a tecnologia TDMA.[5][6] Em 2003, a Tess, juntamente com a ATL, BCP, Claro Digital, Americel e Stemar, formaram a Claro.[7]

Referências

  1. a b «Tess põe à venda 65 mil linhas da Banda B». Folha de S.Paulo. 10 de novembro de 1998. Consultado em 18 de julho de 2015 
  2. Agência Estado (10 de abril de 2001). «Telia vende parte da Tess para Telecom Americas». O Estado de São Paulo. Consultado em 18 de julho de 2015 
  3. LOBATO, Elvira (13 de agosto de 1997). «Tess promete derrubar preço de celular». Folha de S.Paulo. Consultado em 18 de julho de 2015 
  4. FERRAZ, Eduardo (30 de abril de 2000). «Falar é fácil - fazer é que são elas». Exame.com. Consultado em 18 de julho de 2015 
  5. Agência Estado (21 de dezembro de 2000). «Tess lança WAP TDMA». O Estado de São Paulo. Consultado em 18 de julho de 2015 
  6. «Tess amplia as inscrições na Região». Todo Dia. 25 de novembro de 1998. Consultado em 18 de julho de 2015 
  7. RODRIGUES, José Rubens Vieira; CASARI, Priscila; BASTOS, André da Cunha (Julho–dezembro de 2013). «Concentração do mercado de telefonia móvel: uma análise regional de 2006 a 2012». Latin American Journal of Business Management (v.9, n.2, p. 113). Consultado em 18 de julho de 2015