Cemig Telecom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A CEMIG Telecom era uma concessionária de serviços de telecomunicações do Brasil. Atuava no segmento de internet via redes de fibra óticas para todo o estado de Minas Gerais, além de Bahia, Ceará, Goiás e Pernambuco [1]. Era voltada exclusivamente para clientes corporativos. [2], utilizando infraestrutura da Cemig.[3]

Em 2010, a Cemig Telecom comprou 49% da Ativas Data Center, empresa de tecnologia da informação, prestadora de serviços de infraestrutura de hospedagem física e armazenamento de base de dados.[4]

A Cemig Telecom também controlava 49% da Axxiom, os outros 51% eram controlados pela Light, esta empresa fornece produtos e serviços de gestão de energia e automação de softwares.[5]

Em 2018 as empresas American Tower e Algar Telecom venceram um leilão de ativos da Cemig Telecom. O certame foi realizado na manhã do dia 8 de agosto, em Belo Horizonte. Do total de 17 empresas que se interessaram e acessaram o data room da Cemig, apenas Algar, American Tower e Claro se habilitaram a participar da disputa. A Claro, no entanto, decidiu não apresentar proposta.

O resultado foi a compra do lote 1 pela American Tower. A empresa pagará R$ 571 milhões à Cemig, um ágio de 70,4% sobre o valor mínimo. O lote 1 trazia a maior quantidade de ativos, sendo formado por redes de fibra em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, além de POPs, em Fortaleza (CE), Salvador (BA) e Goiânia (GO).[6]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.