Amazônia Celular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura especificamente o serviço de telefonia móvel da Oi, veja Oi Móvel.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Amazônia Celular
Tipo Sociedade limitada
Slogan A Evolução com você.
Indústria Telecomunicações
Fundação 1998
Fundador(es) Grupo Oportunity
Encerramento 2009
Proprietário(s) Oi
Produtos Comunicações
Serviços GSM e TDMA
Website oficial www.amazoniacelular.com.br

A Amazônia Celular foi uma operadora de telefonia móvel, que atuou nos estados brasileiros: Amazonas, Pará, Amapá, Roraima e Maranhão.

Durante o Governo Fernando Henrique Cardoso em 1998, as empresas telefônicas estatais do Brasil foram totalmente privatizadas. As empresas de telefonia celular, foram agrupadas por áreas para futuramente se tornarem um empresa regional. A Telemazon Celular(do Amazonas), a Telepará Celular(do Pará), a Telma Celular (do Maranhão), a Telaima Celular (de Roraima) e a Telamapá (do Amapá), após a privatização evoluiram através de um processo de fusão e a nova empresa regional compostas pelas estatais passou a se chamar Amazônia Celular.

O Monopólio da Amazônia Celular como única empresa de telefonia móvel da região durou cerca de seis meses e foi quebrado com a entrada da NBT empresa de telefonia controlada pela Portugal Telecom.

A Amazônia Celular era controlada pelo Grupo Oportunity (que também tinha sociedade na Brasil Telecom), que sem condições de implantar a sua rede 3G e a portabilidade decidiu passar o controle acionário para a operadora Vivo que a comprou em combo com a Telemig Celular (Do mesmo grupo) e depois, em Abril de 2008, revendeu a Amazônia Celular ao Grupo Telemar que controla a Oi Móvel, Oi Velox e Oi Fixo.

Oferecia tecnologia GSM e TDMA nesses estados. Era a Sexta maior operadora de celular do Brasil e a maior do Norte.

A mesma foi absorvida totalmente pela Oi e deixou de existir em Abril de 2009.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.