América Móvil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
América Móvil
Razão social América Móvil, S.A.B. de C.V
Empresa de capital aberto
Cotação
Indústria Telecomunicações
Fundação 2000 (2000)
Sede Plaza Carso, Cidade do México,  México
Área(s) servida(s) Américas, Europa
Pessoas-chave
Empregados 193,103 (2016)[1]
Produtos
Subsidiárias Claro, Telmex, NET, Embratel, Claro TV, NuestraVisión, Telcel, TracFone Wireless
Lucro Baixa US$586 milhões (2016)[1][2][3]
Faturamento Baixa US$47.346 bilhões (2016)[1]
Website oficial www.americamovil.com

A América Móvil (BMV: AMX, NYSE: AMX, NASDAQ: AMOV, BMAD: AMXL, Latibex: XAMXL) é uma empresa de telecomunicações mexicana que é controlada pela família do empresário Carlos Slim e atua no continente americano.

A América Móvil é a principal operadora de celular da América Hispânica, com presença significativa em outros países do continente americano, como Estados Unidos, Brasil (através da marca Claro) e Jamaica, servindo ao todo mais de 152 milhões de celulares. A América Móvil e Telefônica controlam mais de 70% dos celulares da América Hispânica. No Brasil são cerca de 52 milhões de clientes. A Claro, Embratel e a NET fazem parte do mesmo grupo.

Clientes[editar | editar código-fonte]

América Móvil no Mundo
Em setembro de 2010:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Financial Tables». Yahoo Investor Relations. Yahoo! Inc. Consultado em 5 de julho de 2010 
  2. America Movil S.A.B. de C.V. (AMXL.MX) - Mexico
  3. America Movil S.A.B. de C.V. (AMX)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.