China Mobile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

  • China Mobile (CMCC)
  • 中国移动通信集团公司

Razão social China Mobile Communications Corporation
Empresa de capital aberto
Cotação NYSE: CHL
Atividade Telecomunicações
Fundação 3 de setembro de 1997 (1997-09-03)[1]
Sede No 29, Financial Street , Xicheng District, Pequim,  China
Área(s) servida(s)
Proprietário(s) Governo da China
Pessoas-chave
Empregados 493,000 (2017)[3]
Produtos
Subsidiárias
  • CMHK (1991-1993)
  • Zong (1993-1995)
  • CMLink (1995-1997)
Lucro Baixa US$ 15.661 bilhões (2016)[3]
Faturamento Baixa US$ 101.938 bilhões (2016)[3]
Antecessora(s) China Telecom (Hong Kong) Limited[4]
Website oficial

A China Mobile Communications Corporation, ou China Mobile ou, ainda, CMCC, (NYSE: CHL) é uma empresa estatal[5] chinesa de telecomunicações especializada em telefonia celular. É a maior do mundo, com cerca de 740 milhões de clientes (01/2014), além de deter 67,5% do mercado de telefonia celular chinês. É a maior empresa incorporada em Hong Kong, além de ser a mais capitalizada cotada na HKSE.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 1997 como uma separação de ativos da China Telecom, com o objetivo de quebrar seu monopólio. Em Maio de 2008, adquiriu a Tietong China, um dos três maiores provedores de banda larga chinês. Em Abril de 2008 começou a testar a tecnologia 3G nas cidades de Pequim, Xangai, Tianjin, Guangzhou, Shenzhen, Qinhuangdao, Shenyang e Xiamen. Em 7 de Janeiro de 2009 obteve licença para explorar a tecnologia 3G sob o padrão chinês: TD-SCDMA. Em 2017 inaugurou seu escritório para a América Latina em São Paulo[6].

Referências[editar | editar código-fonte]

«Incag - China Mobile Communications Corporation». Consultado em 2 de julho de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre China Mobile

Referências

  1. Company Profile China Mobile Official Site
  2. «People: China Mobile Ltd». Reuters. Consultado em 26 de novembro de 2015 
  3. a b c «China Mobile Financial Report 2016» (em inglês) 
  4. Milestone China Mobile Official Site
  5. «China's Global 500 companies are bigger than ever—and mostly state-owned». Fortune. Fortune. 22 de junho de 2015. Consultado em 22 de junho de 2015 
  6. http://www.telesintese.com.br/brasil-sera-centro-dos-negocios-da-china-mobile-na-america-latina/
Ícone de esboço Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.