Nova Escola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o movimento pedagógico brasileiro dos anos 1920, veja Escola Nova.
Nova Escola
Frequência Mensal
Empresa Associação Nova Escola
Circulação Nacional
Categoria Educação
País  Brasil
Idioma Português
Fundação 1986
Primeira edição Março de 1986
[1]

Nova Escola é uma marca da Associação Nova Escola, organização independente e sem fins lucrativos que foi criada e é mantida pela Fundação Lemann. Além da revista, que tem mais de 30 anos de história, Nova Escola publica um site e possui perfis oficiais nas redes sociais.

História[editar | editar código-fonte]

Nova Escola surgiu em 1986 com a missão de apoiar todos os professores brasileiros na missão de educar, um sonho antigo de Victor Civita, fundador da Editora Abril. Com esse objetivo em mente, ele criou um ano antes a Fundação Victor Civita, mantida por sua família.

Um acordo com o Governo Federal possibilitou que a publicação fosse inicialmente desenvolvida e distribuída mensalmente, de forma gratuita, para as cerca de 220 mil escolas públicas do país. Foi assim até 2010, quando o Ministério da Educação (MEC) começou a realizar licitações públicas, que mantiveram a entrega de Nova Escola por quatro anos consecutivos. Já em 2015, a venda em bancas e em pontos comerciais foi encerrada e a entrega das edições passou a ser exclusiva para os assinantes.

Após mais de três décadas de existência, a revista tinha potencial para crescer ainda mais nas plataformas digitais. Para tornar isso possível, a Fundação Victor Civita transferiu as marcas Nova Escola e Gestão Escolar – irmã caçula dedicada a colaborar com o trabalho de diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores pedagógicos – para a Associação Nova Escola. Embora seja jovem, nascida em 2015, a organização independente e sem fins lucrativos tem o privilégio de ter sido criada e mantida pela Fundação Lemann, uma instituição que trabalha há 15 anos para melhorar substancialmente o ensino no país. Esse impulso resultou em uma profunda reformulação dos sites, que atualmente recebem mais de 2,5 milhões de visitantes por mês. Reportagens especiais, coberturas de assuntos quentes e redes sociais de grande impacto são algumas das características dessa nova fase.

Uma parceria da Fundação Lemann com o Google permitirá a elaboração de milhares de planos de aula, colaborando diretamente na implantação da Base Nacional Comum Curricular no país a partir de 2018. O projeto será realizado por Nova Escola e, até 2019, qualquer educador brasileiro terá acesso gratuito a 6.000 planos de aula multimídia, de todas as disciplinas, da Educação Infantil ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Revista[editar | editar código-fonte]

Principais seções da publicação (impresso e digital):

  • Em dia
  • Sala de aula
  • Reportagens
  • Especialistas

Site[editar | editar código-fonte]

Lançado em março de 1998, o site Nova Escola oferece:

  • Planos de aula
  • Reportagens
  • Casos reais
  • Relatos pessoais
  • Artigos
  • Vídeos
  • Jogos

Redes sociais[editar | editar código-fonte]

Link para os perfis oficiais:

Referências[editar | editar código-fonte]