RTP2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
RTP2
Logótipo da RTP 2 desde 2007
Fundação 25 de dezembro de 1968 (45 anos)
Pertence a RTP
Slogan Quem Vê, Quer Ver !
Afiliações RTP1
Cobertura Portugal
Cobertura internacional RTP Internacional
Nome(s) anteriore(s) Canal 2, TV2, 2:
Página oficial http://rtp2.rtp.pt/
Disponibilidade por cabo
ZON TV Cabo
2
Meo
2

♙RTP2 é o segundo canal de televisão da Rádio e Televisão de Portugal, a empresa pública de rádio e televisão. As suas emissões iniciaram-se a 25 de Dezembro de 1968.

A 5 de Janeiro de 2004, o canal assumiu uma nova postura passando a ser designado por 2:. Contudo, a 19 de Março de 2007, passou novamente a ser designado por RTP2.[1]

A 14 de Maio de 2012, a RTP2 tornou-se o primeiro canal generalista português a emitir em 16:9.[2]

Este segundo canal de serviço público foi constituído como um serviço alternativo aberto à sociedade civil que possa reforçar, pela diferença, os princípios de universalidade, coesão e proximidade do Serviço Público de Televisão.

Direção[editar | editar código-fonte]

António Luís Marinho - Diretor-Geral de Conteúdos RTP

Elísio Oliveira - Diretor do canal

José Manuel Portugal - Diretor de Informação da RTP

Teresa Paixão - Coordenadora de conteúdos da RTP2

Nuno Vaz- Responsável pela área de conteúdos da RTP

Objectivos[editar | editar código-fonte]

São objectivos deste canal a defesa da língua e da cultura portuguesas nas suas diversas vertentes - humana, social, artística, cultural, intelectual, profissional, académica e científica, mantendo uma identidade própria como meio de comunicação complementar à RTP1.

A vocação do canal traduz-se numa programação criativa e variada de divulgação de saber, de informação e das artes e espectáculos, direccionada ao desenvolvimento da compreensão da sociedade e das instituições, do melhor conhecimento do planeta, das civilizações e da sua história, da defesa do ambiente e das minorias e da divulgação do papel das confissões religiosas na sociedade.

Parcerias[editar | editar código-fonte]

Estando prevista a entrada de novos parceiros com o intuito de esta entrada reflectir a dinâmica da própria sociedade e acompanhar a sua transformação e evolução, os actuais parceiros são:

Referências

  1. Dois vai voltar a ser RTP2. jn.sapo.pt. Página visitada em 10 de Março de 2007.
  2. [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão em Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.