Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
Sede da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
(SCML)
Lema "Por boas causas"
Fundação 15 de agosto de 1498 (517 anos)
Tipo Pessoa coletiva de direito privado e utilidade pública administrativa.
Sede Largo Trindade Coelho, Lisboa
Sítio oficial www.scml.pt

Desde a sua fundação, em 1498, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa assume como desafios melhorar a qualidade de vida da população e contribuir para o seu bem-estar, sobretudo dos mais desfavorecidos.

Apesar de ser mais conhecida pela vertente social, a Misericórdia de Lisboa desenvolve também um importante trabalho nas áreas da Saúde, Educação, Ensino e Investigação, Cultura, Empreendedorismo e Economia Social.

As receitas provenientes dos Jogos Sociais que a Santa Casa explora em nome do Estado, bem como a valorização e a administração do seu património, grande parte da qual resultante de benemerências, revertem para as Boas Causas que apoia.

A Misericórdia de Lisboa – a primeira misericórdia portuguesa – surgiu na regência da Rainha D. Leonor, viúva de D. João II. Com o apoio do Rei D. Manuel I, a Rainha instituiu uma Irmandade de Invocação a Nossa Senhora da Misericórdia. Esta Irmandade de “cem homens de boa fama e sã consciência e honesta vida” assumia, então, o compromisso de apoiar os mais desfavorecidos, levando a cabo 14 obras de Misericórdia, sete delas espirituais e as restantes materiais.

Durante vários séculos, muito dependente de benemerências e doações, a Santa Casa atravessou períodos de grande dificuldade financeira. Para dar continuidade à realização das boas obras, em 1783 a Rainha D. Maria I concedeu à instituição a exploração de uma lotaria anual, que passou a ser uma das suas principais fontes de rendimento.

Já no século XX, em 1961, surgia um novo jogo social, o Totobola, que passou a ser organizado pelo Departamento de Apostas Mútuas Desportivas. As receitas líquidas eram repartidas, em partes iguais, pela assistência de reabilitação e pelo fomento da educação física e desporto. Tais receitas permitiram à Misericórdia de Lisboa criar o Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, inaugurado em 1966 e o primeiro em Portugal inteiramente vocacionado para a Reabilitação.

Ao longo do século XX, para captar novas receitas e de forma a dar respostas cada vez mais abrangentes às necessidades da população, instituíram-se novos jogos sociais, que a Santa Casa hoje gere e cujas receitas distribui por diversas entidades beneficiárias em todo o território nacional, sempre por Boas Causas: o Totoloto, o Joker, a Lotaria Instantânea ou Raspadinha, a Lotaria Popular e o Euromilhões.

Com uma obra e experiência ímpares, adquiridas ao longo de séculos, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa é hoje uma instituição de referência na sociedade portuguesa.

Para dar resposta aos desafios do Séc.XXI, mantendo-se como uma instituição de referência, a Santa Casa está a fazer uma aposta estratégica em áreas como a reabilitação urbana para rentabilizar o seu vasto património, ou a promoção do envelhecimento ativo através de uma política de intergeracionalidade transversal a todas as suas áreas de atuação, dando resposta a um grande número de idosos que são utentes da instituição, ao mesmo tempo que envolve os jovens nessas respostas.

Áreas de intervenção[editar | editar código-fonte]

Ação Social: A Direção de Ação Social (DIAS) reúne e coordena estrategicamente um conjunto de serviços que, em conformidade com os fins estatutários da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), tem por missão prosseguir e desenvolver fins de ação social, apoiando, sobretudo, os cidadãos mais desprotegidos residentes na cidade.

Scml acao social.jpg

Saúde: Os Serviços de Saúde da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa prestam cuidados à população carenciada da cidade de Lisboa, quer na vertente preventiva, quer na vertente curativa e de reabilitação.

Scml saude.jpg

Educação: A Educação é uma das áreas centrais de atuação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Conforme definido nos seus Estatutos, a instituição prossegue fins educativos e culturais, sobretudo em proveito dos mais desprotegidos, há mais de cinco séculos.

Scml educacao.jpg

Cultura:  A promoção da cultura ocupa um papel de destaque da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Durante mais de 500 anos, a misericórdia de Lisboa reuniu um vasto e riquíssimo património histórico, artístico e documental do qual se destacam os acervos do musei e da Igreja de São Roque (Classificada como Monumento Nacional desde 1910), o arquivo histórico e a biblioteca. Parte dos bens culturais da Santa Casa foi doada por beneméritos ou obtida através de heranças ou legados.

Scml cultura.jpg

Património:  O Departamento de Gestão Imobiliária e Património (DGIP) tem como objetivo gerir o património imobiliário da SCML, dispondo de orçamento e conta próprios que integram o orçamento e a conta da SCML.

O DGIP tem como missão preservar, reabilitar, valorizar e rentabilizar este património, gerando receitas que possam reverter para as causas apoiadas e para a atividade desenvolvida pela SCML nas áreas da ação social, da saúde, da educação e da cultura. Neste sentido, tem sido desenvolvido um amplo programa de reabilitação – O Programa Reabilitar.

Scml patrimonio.jpg

Qualidade e Inovação: O Departamento da Qualidade e Inovação (DQI) é um serviço de apoio estratégico à ação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, nas áreas da qualidade, inovação, segurança, sustentabilidade, responsabilidade social e investigação & desenvolvimento.

Scml dqi.jpg

Empreendedorismo e Economia Social: O Empreendedorismo e Economia Social é uma área operacional da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa que tem como objetivo promover, apoiar e divulgar a criação e o desenvolvimento de iniciativas nos âmbitos da inovação social e do empreendedorismo de cariz social.

Scml dees.jpg

Santa Casa Neurociências: A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no seguimento do lançamento, em 2013, dos Prémios Santa Casa Neurociências lança, este ano, a primeira edição do Programa de Investigação Científica em Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), reforçando a sua aposta na área da investigação. Esta intenção foi anunciada pelo Provedor da Instituição na entrega dos Prémios Santa Casa Neurociências 2014, que decorreu em Novembro passado.

Este programa visa manter viva a esperança na construção de respostas mais eficazes no combate a esta doença. A ELA é uma doença neurológica degenerativa, progressiva, rara e sem cura, que se carateriza por provocar paralisia motora progressiva e irreversível.

Scml ela.jpg

Jogos: O Departamento de Jogos tem por objetivo explorar, de forma eficiente, os jogos sociais concedidos pelo Estado, garantindo o cumprimento da política nacional de jogos definida: nomeadamente, o respeito pelo princípio da proibição e o respeito pela ordem pública que visa preservar.

A SCML contribui, desta forma, para a satisfação dos apostadores e cria valor ao devolver à sociedade, através do financiamento público das despesas de natureza social.

Scml jogos.jpg

Benemerências: Há mais de quinhentos anos, a Misericórdia de Lisboa cuida dos mais desfavorecidos e marginalizados. Nesta obra, tem contado com o apoio financeiro de muitos cidadãos que, conhecendo a sua ação, confiam que os meios que põem à disposição da Misericórdia são aplicados em boas causas.

Scml benemerencias.jpg

Voluntariado: O Voluntariado é parte integrante e indissociável da história da nossa instituição, e constitui hoje, formalmente, um dos instrumentos de concretização dos seus fins estatutários. O voluntariado da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa é promovido nos seus muitos serviços e equipamentos sociais, ao abrigo de diversos programas e projetos nos domínios da ação social, saúde, educação e cultura dirigidos às crianças, jovens, adultos, pessoas idosas, famílias e indivíduos e grupos em risco de exclusão contribuindo para uma melhoria das condições de vida das pessoas e para uma sociedade mais inclusiva.

Scml voluntariado.jpg

Doação de produtos de apoio: “Se já não precisa de ajuda, ajude outros que precisam”, é o convite lançado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) com a campanha de doação de produtos de apoio desenvolvida em parceria com o Instituto Nacional para a Reabilitação (INR).

Scml produtos apoio.jpg

Café Memória: Os "Café Memória", iniciativa da Sonae Sierra e da Alzheimer Portugal, a que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa se juntou em fevereiro deste ano, são encontros destinados a pessoas com problemas de memória, com ou sem diagnóstico, respetivos familiares e cuidadores, que visam a partilha de experiências e o suporte mútuo, contribuindo para melhorar a qualidade de vida e reduzir o isolamento social.

Scml cafe memoria.jpg

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Portugal é um esboço relacionado ao Projeto Portugal. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.