Socorro (Lisboa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Socorro  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Brasão de armas de Socorro
Brasão de armas
Apelido(s): São Sebastião da Mouraria / Nossa Senhora do Socorro
Socorro está localizado em: Portugal Continental
Socorro
Localização de Socorro em Portugal Continental
Coordenadas 38° 43' N 9° 08' 04" O
Concelho primitivo Lisboa
Concelho (s) atual (is) Lisboa
Freguesia (s) atual (is) Santa Maria Maior
Fundação 1596
Extinção 2013
Área
 - Total 0,11 km²
População (2011)
 - Total 3 065
    • Densidade 27 863,6 hab./km²
Orago São Sebastião e Nossa Senhora do Socorro

Socorro é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, com 0,11 km² de área e 3 065 habitantes (2011). Densidade: 27 863,6 hab/km².

Era uma das 10 freguesias de Portugal com menor extensão territorial[1], sendo o coração do bairro histórico da Mouraria, área também conhecida como Martim Moniz (embora o Largo do Martim Moniz propriamente dito fique fora dos limites da antiga freguesia).

A freguesia foi criada em 1596 com o nome de São Sebastião da Mouraria, passando a designar-se Nossa Senhora do Socorro em 1646.

Como consequência de uma reorganização administrativa, oficializada a 8 de novembro de 2012 e que entrou em vigor após as eleições autárquicas de 2013, foi determinada a extinção da freguesia, passando o seu território a integrar a nova freguesia de Santa Maria Maior.[2]

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia do Socorro [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
5 380 7 608 9 212 10 058 8 644 8 887 9 153 10 239 7 555 9 910 6 845 6 272 4 309 2 675 3 065

No censo de 1864 pertencia ao Bairro de Alfama. Os seus limites actuais foram fixados pelo decreto-lei nº 42.142, de 07/02/1959

Património[editar | editar código-fonte]

  • Conjunto urbano da Mouraria, Conjunto urbano na esquina da Rua da Mouraria, n.º 80-82 e 84-90 com a Rua do Capelão nº 4, 6 e 8
  • Colégio dos Meninos Órfãos ou Antigo Colégio dos Meninos Órfãos
  • Edifício na Rua do Benformoso, n.º 244
  • Conjunto constituído pelo Palácio da Rosa e Igreja de São Lourenço (Socorro) (incluindo toda a área de jardins)
  • Colégio de Santo Antão ou Coleginho
  • Capela das Olarias ou Capela do Senhor Jesus da Boa Sorte e da Santa Via Sacra
  • Igreja de Nossa Senhora do Socorro - demolida

Arruamentos[editar | editar código-fonte]

A freguesia do Socorro continha 40 arruamentos. Eram eles:

  • Beco da Amendoeira
  • Beco da Guia
  • Beco da Oliveira
  • Beco das Olarias
  • Beco de São Marçal
  • Beco do Alegrete
  • Beco do Forno
  • Beco do Imaginário
  • Beco do Jasmim (Socorro)
  • Beco dos Cavaleiros
  • Beco dos Fróis
  • Beco dos Três Engenhos
  • Calçada Agostinho de Carvalho
  • Calçada da Mouraria
  • Calçada de Santo André[4]
  • Costa do Castelo[5]
  • Escadinhas Costa do Castelo[5]
  • Escadinhas da Saúde[5]
  • Escadinhas das Olarias[6]
  • Escadinhas do Marquês de Ponte de Lima
  • Largo da Rosa[5]
  • Largo da Severa
  • Largo das Olarias
  • Largo do Terreirinho
  • Largo Rodrigues de Freitas[7]
  • Rua da Amendoeira
  • Rua da Guia
  • Rua da Mouraria[8]
  • Rua da Senhora da Saúde
  • Rua das Olarias[6]
  • Rua do Benformoso[9]
  • Rua do Capelão
  • Rua do Terreirinho
  • Rua dos Cavaleiros
  • Rua dos Lagares[4]
  • Rua João do Outeiro
  • Rua Marquês de Ponte de Lima[5]
  • Travessa do Jordão
  • Travessa do Terreirinho
  • Travessa dos Lagares

Existem ainda, nos limites da antiga freguesia, outros 8 arruamentos reconhecidos pela Câmara, mas não geridos directamente por esta:

  • Pátio das Olarias (Largo das Olarias, 57)
  • Pátio do Coleginho (Rua Marquês de Ponte de Lima, 15)
  • Pátio do Jordão (Travessa do Jordão, 4)
  • Pátio do Marquês de Castelo Melhor (Escadinhas Costa do Castelo, 6)
  • Pátio Miguel Rodrigues (Beco do Jasmim ao Socorro, 23)
  • Vila Almeida (Rua Marquês de Ponte de Lima, 13)
  • Vila Júlia (Calçada Agostinho de Carvalho, 8)
  • Vila Luz Pereira (Travessa do Jordão, 18)

Notas e referências

  1. Conclusão com base nos dados divulgados pelo Instituto Geográfico Português (IGP): Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2012.1 (freguesias anteriores à reorganização administrativa de 2012/2013). Página acedida a 19/01/2014.
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 216, Lei n.º 56/2012 (Reorganização administrativa de Lisboa). Acedido a 25/11/2012.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. a b Partilhada com a antiga freguesia da Graça.
  5. a b c d e Partilhado/a(s) com a antiga freguesia de São Cristóvão e São Lourenço.
  6. a b Partilhada(s) com a antiga freguesia dos Anjos.
  7. Partilhado com a antiga freguesia de Santiago.
  8. Partilhada com as antigas freguesias de São Cristóvão e São Lourenço e Santa Justa.
  9. Partilhada com as antigas freguesias dos Anjos e Santa Justa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Socorro (Lisboa)