Benfica (Lisboa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Benfica  
—  Freguesia  —
Igreja de Nossa Senhora do Amparo
Igreja de Nossa Senhora do Amparo
Localização no concelho de Lisboa
Localização no concelho de Lisboa
Benfica está localizado em: Portugal Continental
Benfica
Localização de Benfica em Portugal
Coordenadas 38° 45' 04" N 9° 12' 08" O
País  Portugal
Concelho LSB.png Lisboa
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Inês Drummond (PS)
Área
 - Total 8,03 km²
População (2011)
 - Total 36 985
    • Densidade 4 605,9/km2 
Código postal 1500-000 LISBOA
Orago Nossa Senhora do Amparo
Sítio www.jf-benfica.pt

Benfica é uma freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, pertencente à Zona Norte da capital,[1] com 8,03 km² de área[2] e 36 985 habitantes (2011).[3] Densidade: 4 605,9 hab/km².

Benfica engloba cerca de dois terços do grande "pulmão verde" da capital portuguesa, o Parque Florestal de Monsanto.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Benfica [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
3 571 3 484 4 631 4 030 5 642 7 457 10 661 13 905 17 843 23 161 40 552 51 586 47 099 41 368 36 821

Nos anos de 1864 a 1878 pertencia ao concelho de Belém, extinto por lei de 18/07/1885. No censo de 1890 figura Benfica (intra-muros) no concelho de Lisboa e Benfica (extra-muros) no concelho de Oeiras. Os seus limites actuais foram fixados pelo decreto-lei nº 42.142, de 07/02/1959

História[editar | editar código-fonte]

Benfica começou por ser uma aldeia de camponeses da região saloia. Com eles também algumas ordens religiosas se instalaram no território.

No século XV foi promovida a sede de julgado do Termo de Lisboa, sendo-lhe concedidos dois juízes privativos. Foi também nessa altura que se fixaram três importantes Irmandades: Nossa Senhora do Amparo, Santo António e São Sebastião.

No século XVIII começou a registar-se uma forte atracção de novas classes abastadas, seduzidas pela paisagem, que se instalam em quintas.

No século XIX aparecem as ligações com transportes públicos e assiste-se ao crescimento exponencial da cidade.

Com a extinção do Termo de Lisboa em 1852, o território de Benfica é primeiro integrado no novo concelho de Belém e, mais tarde, em 1886, é dividido. A parte exterior à nova Estrada da Circunvalação de Lisboa é integrada em Oeiras (e actualmente na Amadora) e a parte interior é integrada em Lisboa, dando origem à actual freguesia.

A cidade continuou a crescer velozmente, o que se reflectiu na crescente urbanização da freguesia. Da década de 1950 até à década de 1990 do século XX, a população triplicou de 17 843 habitantes para cerca de 50 000 habitantes.

Em 1959 o território divide-se novamente e dá origem à freguesia de São Domingos de Benfica.

Mais recentemente, a par da crescente edificação assiste-se ao decréscimo da população residente, não só pelo envelhecimento mas também pela migração dos habitantes mais jovens para a periferia.

Património e locais de Interesse[editar | editar código-fonte]

A maioria dos monumentos em Benfica que não foram destruídos pela expansão urbanística, são das quintas de Benfica. Alguns desses monumentos, como a Quinta da Granja ou a Vila Ana encontravam-se, no início de 2008, à espera de obras de recuperação ou preservação.

Entre outros, destacam-se os seguintes elementos:

Outros locais de Interesse e Relevância para a freguesia:

  • Clube de Futebol de Benfica, conhecido como o "Fófó", junto ao Parque Silva Porto;
  • Igreja de Nossa Senhora das Descobertas, no Centro Comercial Colombo;
  • Mercado de Benfica, junto à Estrada de Benfica;
  • Instituto Politécnico de Lisboa, com a Escola Superior de Educação, a Escola Superior de Comunicação Social e a Escola Superior de Música;
  • Cemitério de Benfica;
  • Estação de Comboios de Benfica;
  • Centro Cultural de Benfica, Auditório Carlos Paredes e Pavilhão Gimnodesportivo, no edifício da Junta de Freguesia;
  • Embaixada do México, à entrada de Monsanto;
  • Agência Lusa;
  • Quartel dos Bombeiros Sapadores de Lisboa, junto à Segunda Circular.
  • Centro Comercial Colombo, junto ao estadio do Benfica, dispondo de mais de 400 lojas e de um jardim

Origem do topónimo[editar | editar código-fonte]

Sobre a origem do nome "Benfica" existem diversas versões de duvidosa veracidade. Fernão Lopes, na sua Crónica de el-rei D. Pedro I (Capítulo IX) descreve assim a origem do termo:

"…Maria Rousada, mulher casada com seu marido, que dormira com ela por força antes de a receber por mulher, ao que então chamavam, "Rousar" e depois "Forçar" (estuprar) por a qual cousa ele merecia morte se ela lhe não perdoasse. E tendo já dela filhos, viviam ambos muito contentes, e em grande bem querença e ouvindo-a El-Rey chamar por tal nome, perguntou porque lho chamavam? E soube da sorte como tudo fora, e que se avieram que casassem ambos por tal feito não vir mais a público. El-Rey por cumprir justiça mandou-o logo enforcar, e ia a mulher e os filhos carpindo atrás dele com grande lastimança, mas não lhe valeu. (Dizem que isto sucedeu no Termo de Lisboa, no Lugar de Bemfica, e que dizendo os que acompanhavam El-Rey, que a mulher ficava mal, respondeu El-Rey: Bem fica, e casando-a depois com outro lhe deu com que passar; e que celebrando-se a acção del Rey ficara este nome ao Lugar, que dantes tinha outro, porque as palavras dos Príncipes, ditas com discrição, ficam em Provérbios, e quase em Leis, e Ordenações."

Segundo Adalberto Alves, no seu Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa, a origem do topónimo Benfica é a expressão árabe ben fiqa, (filho da mulher alta).

Arruamentos[editar | editar código-fonte]

Ajustes, ocorridos em 2012, aos limites da freguesia de Benfica.

A freguesia de Benfica foi uma das mantidas aquando da reorganização administrativa da cidade de Lisboa,[5] apenas sofrendo pequenos ajustes nos limites com as freguesias vizinhas.

A freguesia contém 175 arruamentos.[6] São eles:

  • Adro da Igreja
  • Alameda Padre Álvaro Proença
  • Alto da Boavista
  • Avenida do Colégio Militar[nota 1]
  • Avenida do Uruguai
  • Avenida dos Condes de Carnide[nota 1]
  • Avenida Eusébio da Silva Ferreira[nota 2]
  • Avenida General Correia Barreto[nota 3]
  • Avenida Gomes Pereira
  • Avenida Grão Vasco
  • Avenida Lusíada[nota 2]
  • Avenida Marechal Teixeira Rebelo[nota 1]
  • Beco do Vintém das Escolas
  • Beco Pato Moniz
  • Calçada do Tojal
  • Caminho da Feiteira
  • Caminho Velho do Outeiro
  • Estrada da Buraca
  • Estrada da Circunvalação[nota 4]
  • Estrada da Portela
  • Estrada das Garridas
  • Estrada de A-da-Maia
  • Estrada de Benfica[nota 3]
  • Estrada de Monsanto
  • Estrada do Calhariz de Benfica
  • Estrada do Poço do Chão[nota 1]
  • Estrada dos Arneiros
  • Largo Curvo Semedo
  • Largo da Cruz da Era
  • Largo da Igreja
  • Largo da Revista Militar
  • Largo das Garridas
  • Largo do General Sousa Brandão
  • Largo Ernesto da Silva
  • Largo Ernesto Soares
  • Largo Mário Cura Mariano
  • Largo Rainha Santa Isabel
  • Praça António Baião
  • Praça Artur Portela
  • Praça Cosme Damião[nota 1]
  • Praça Dr. Nuno Pinheiro Torres
  • Praça Dr. Teixeira de Aragão
  • Praça Laranjo Coelho
  • Praça Professor Santos Andrea
  • Praceta Maestro Ivo Cruz
  • Rotunda de Pina Manique
  • Rua Abel Manta
  • Rua Actor Alves da Cunha
  • Rua Actor Estêvão Amarante
  • Rua Actor Nascimento Fernandes
  • Rua Actor Robles Monteiro
  • Rua Actor Vasco Santana
  • Rua Actriz Adelina Abranches
  • Rua Actriz Maria Matos
  • Rua Albino Sousa Cruz
  • Rua Alfredo Pimenta
  • Rua Almirante Campos Rodrigues
  • Rua Amélia Rey Colaço
  • Rua André de Resende
  • Rua António Pinho
  • Rua Armando Vieira Santos
  • Rua Ary dos Santos
  • Rua Augusto Costa (Costinha)
  • Rua Aura Abranches
  • Rua Baldaque da Silva
  • Rua Barroso Lopes
  • Rua Beata Ascensão Nicol
  • Rua Brazão Farinha
  • Rua Carolina Michaelis de Vasconcelos
  • Rua Cidade de Cacheu
  • Rua Cláudio Nunes
  • Rua Comandante Augusto Cardoso
  • Rua Comandante Enrique Maya
  • Rua Coronel Campos Gonzaga
  • Rua Coronel Santos Pedroso
  • Rua D. António Caetano de Sousa
  • Rua da Buraca
  • Rua da Casquilha
  • Rua da Quinta do Charquinho
  • Rua da República da Bolívia
  • Rua da República Peruana
  • Rua da Venezuela
  • Rua da Vila de São Martinho
  • Rua das Acácias
  • Rua das Azáleas
  • Rua das Begónias
  • Rua das Buganvílias
  • Rua das Garridas
  • Rua das Magnólias
  • Rua das Pedralvas
  • Rua de Nossa Senhora do Amparo
  • Rua do Azevinho
  • Rua do Bom Pastor
  • Rua do Parque
  • Rua dos Arneiros
  • Rua Dr. Cunha Seixas
  • Rua Dr. Figueiredo
  • Rua Dr. João Couto
  • Rua Dr. João de Barros
  • Rua Dr. Joaquim Manso
  • Rua Dr. José Alberto de Faria
  • Rua Dr. José Baptista de Sousa
  • Rua Dr. Pereira Bernardes
  • Rua Dr. Rafael Duque
  • Rua Eduardo Schwalbach
  • Rua Elvira Velez
  • Rua Emília das Neves
  • Rua Eng.º Nobre Guedes
  • Rua Eng.º Paulo de Barros
  • Rua Ernesto da Silva
  • Rua Fernanda Botelho
  • Rua Frei António Brandão
  • Rua Frei Bernardo de Brito
  • Rua General Morais Sarmento
  • Rua Helena de Aragão
  • Rua Irene Lisboa
  • Rua Issan Sartawi
  • Rua Jaime Batalha Reis
  • Rua Jaime Brasil
  • Rua João Baptista Ribeiro
  • Rua João Frederico Ludovice
  • Rua João Ortigão Ramos
  • Rua Joaquim Paço d'Arcos
  • Rua Jorge Barradas
  • Rua José Augusto Seabra
  • Rua José da Purificação Chaves
  • Rua José dos Santos Pereira
  • Rua José Marinho
  • Rua José Rodrigues Miguéis
  • Rua Julião Quintinha
  • Rua Júlio Vaz Júnior
  • Rua Lucília Simões
  • Rua Maestro Raul Ferrão
  • Rua Maia Ataíde
  • Rua Manuel Correia Gomes
  • Rua Manuel Múrias
  • Rua Maria Lalande
  • Rua Maria Lamas
  • Rua Maria Pimentel Montenegro
  • Rua Maria Violante Vieira
  • Rua Mestre Lima de Freitas
  • Rua Moreira de Almeida
  • Rua Nina Marques Pereira
  • Rua Olivério Serpa
  • Rua Paulo Renato
  • Rua Paz dos Reis
  • Rua Perez Fernandez
  • Rua Pery de Linde
  • Rua Principado de Andorra
  • Rua Prof. Jorge da Silva Horta
  • Rua Prof. José Sebastião e Silva
  • Rua Professor Santos Lucas
  • Rua Rainha Dona Brites
  • Rua Rainha Dona Catarina
  • Rua Rogério Amaral
  • Rua Tenente Coronel Ribeiro dos Reis[nota 5]
  • Rua Tomás de Figueiredo
  • Rua Vasco Botelho do Amaral
  • Rua 2 (Bairro da Quinta das Pedralvas)
  • Rua 3 (Bairro da Quinta das Pedralvas)
  • Rua 4 (Bairro da Quinta das Pedralvas)
  • Rua 5 (Bairro da Quinta das Pedralvas)
  • Rua 6 (Bairro da Quinta das Pedralvas)
  • Rua 7 (Bairro da Quinta das Pedralvas)
  • Travessa Abade Pais
  • Travessa da Cruz da Era
  • Travessa da Granja
  • Travessa do Açougue em Benfica
  • Travessa do Rio
  • Travessa do Sargento Abílio
  • Travessa do Vintém das Escolas
  • Travessa Francisco Resende
  • Travessa José Agostinho de Macedo
  • Travessa Marques Lésbio
  • Travessa Miguel Verdial

Notas

  1. a b c d e Partilhada com a freguesia de Carnide.
  2. a b Partilhada com as freguesias de Carnide e São Domingos de Benfica.
  3. a b Partilhada com as freguesias de Campolide e São Domingos de Benfica.
  4. Partilhada com as freguesias de Belém, Carnide, Santa Clara e Olivais.
  5. Partilhada com a freguesia de São Domingos de Benfica.

Referências

  1. Câmara Municipal de Lisboa. "Zonas de gestão (Unidades de Intervenção Territorial)". Consult. 30/12/2014. 
  2. Instituto Geográfico Português (2013). "Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013" (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consult. 28/11/2013. 
  3. INE (2013). "Censos 2011 - População residente por freguesia, CAOP 2013" (CSV). Dados populacionais de 2011, recalculados para os limites administrativos da Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Instituto Nacional de Estatística. Consult. 14/05/2014. 
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. Lei n.º 56/2012, de 8 de novembro: Reorganização administrativa de Lisboa. Diário da República, 1.ª Série, n.º 216, de 08/11/2012. Acedido a 29/12/2014.
  6. Câmara Municipal de Lisboa (CML) - Toponímia de Lisboa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Benfica (Lisboa)