Santos-o-Velho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Santos-o-Velho  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Igreja de Santos-o-Velho
Igreja de Santos-o-Velho
Santos-o-Velho está localizado em: Portugal Continental
Santos-o-Velho
Localização de Santos-o-Velho em Portugal Continental
Coordenadas 38° 42' 25" N 9° 09' 23" O
Concelho primitivo Lisboa
Concelho (s) atual (is) Lisboa
Freguesia (s) atual (is) Estrela
Fundação 1566
Extinção 2013
Área
 - Total 0,53 km²
População (2011)
 - Total 4 020
    • Densidade 7 584,9/km2 
Orago Santos Veríssimo, Máxima e Júlia

Santos-o-Velho (por vezes designada apenas Santos) é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, com 0,53 km² de área e 4 020 habitantes (2011). Densidade: 7 584,9 hab/km².

A freguesia foi criada em 1566, por desanexação da freguesia de Nossa Senhora dos Mártires.

Como consequência de nova reorganização administrativa, oficializada a 8 de novembro de 2012 e que entrou em vigor após as eleições autárquicas de 2013, foi determinada a extinção da freguesia, passando o seu território integralmente para a nova freguesia da Estrela.[1]

O bairro de Santos-o-Velho é servido por várias paragens de autocarros, eléctricos e uma estação de comboios, da Linha de Cascais. É também um dos principais pontos da vida nocturna dos jovens lisboetas, principalmente aos fins-de-semana e vésperas de feriados.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Santos-o-Velho [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
12 271 14 750 18 592 20 044 21 762 20 752 24 091 25 224 23 739 13 788 9 708 8 461 5 534 4 013 4 020

No censo de 1864 pertencia ao Bairro de Alcântara. Os seus limites actuais foram fixados pelo decreto-lei nº 42.142, de 07/02/1959

Património[editar | editar código-fonte]

Arruamentos[editar | editar código-fonte]

A freguesia de Santos-o-Velho continha 43 arruamentos.[3] Eram eles:

  • Avenida de Brasília[4]
  • Avenida Dom Carlos I[5]
  • Avenida Vinte e Quatro de Julho[6]
  • Beco da Galheta
  • Beco do Machadinho
  • Calçada de Castelo Picão
  • Calçada Marquês de Abrantes[7]
  • Calçada Ribeiro Santos
  • Corredor da Torrinha
  • Escadinhas da Praia
  • Largo de Santos
  • Largo Vitorino Damásio
  • Pátio do Pinzaleiro
  • Rua da Esperança
  • Rua das Francesinhas[8]
  • Rua das Janelas Verdes[9]
  • Rua das Madres
  • Rua das Praças[8]
  • Rua das Trinas[8]
  • Rua de Santos-o-Velho
  • Rua de São Domingos[10]
  • Rua de São Félix[8]
  • Rua de São João da Mata[8]
  • Rua do Cura
  • Rua do Guarda-Mor
  • Rua do Machadinho
  • Rua do Meio à Lapa[8]
  • Rua do Quelhas[8]
  • Rua dos Industriais
  • Rua dos Remédios à Lapa[8]
  • Rua Garcia de Orta
  • Rua Presidente Arriaga[9]
  • Rua Vicente Borga
  • Travessa da Bela Vista
  • Travessa das Inglesinhas
  • Travessa das Isabéis
  • Travessa de José António Pereira
  • Travessa de Santos
  • Travessa do Convento das Bernardas
  • Travessa do Pasteleiro
  • Travessa do Pé-de-Ferro
  • Travessa dos Barbadinhos
  • Travessa Nova de Santos

Existiam ainda outros 9 arruamentos reconhecidos pela Câmara, mas não geridos directamente por esta:

  • Pátio das Vacas (Rua de São Félix, 15)
  • Pátio do Delfim (Rua do Cura, 24)
  • Pátio do Rato (Rua das Trinas, 99)
  • Pátio Gomes Pereira (Avenida Vinte e Quatro de Julho, 106)
  • Pátio Loiça / Pátio Lousa (Rua Garcia de Orta, 11)
  • Pátio Sem Nome (Rua Vicente Borga, 152)
  • Pátio Sem Nome (Travessa do Pé-de-Ferro)
  • Pátio Trinas (Rua das Trinas, 53)
  • Vila Doroteia (Rua das Trinas, 61)

Referências

  1. Diário da República, 1.ª Série, n.º 216, Lei n.º 56/2012 (Reorganização administrativa de Lisboa). Acedido a 25/11/2012.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Câmara Municipal de Lisboa (CML) - Toponímia de Lisboa
  4. Partilhada com as freguesias de Alcântara, Belém (Santa Maria de Belém) e Misericórdia (São Paulo), bem como com a antiga freguesia dos Prazeres.
  5. Partilhada com a freguesia da Misericórdia (São Paulo e Santa Catarina).
  6. Partilhada com as antigas freguesias de São Paulo e Prazeres.
  7. Partilhada com a freguesia da Misericórdia (São Paulo).
  8. a b c d e f g h Partilhada com a antiga freguesia da Lapa.
  9. a b Partilhada com a antiga freguesia dos Prazeres.
  10. Partilhada com as antigas freguesias da Lapa e Prazeres.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]