Investigation Discovery (Europa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para a versão brasileira do canal, veja Investigação Discovery.
Investigation Discovery
Tipo Canal de televisão por assinatura
País Portugal Portugal
Fundação Portugal 2 de outubro de 2018 (3 anos)
Pertence a Discovery Networks
Proprietário Discovery Inc.
Sede Amesterdão, Países Baixos
Formato de vídeo 1080i (HDTV)
Canais irmãos Discovery
TLC
Food Network
Travel Channel
Eurosport
Cobertura Europa
Disponibilidade por satélite
NOS
Canal 74 (HD)
Disponibilidade por cabo
NOS
Canal 74 (HD)

O ID (Investigation Discovery) chegou a Portugal a 2 de outubro de 2018[1] de um acordo entre a Discovery Networks e a NOS. O canal é de um sinal único para quase toda a Europa o que muda é a legendagem ou a dobragem do canal. Em Portugal tem áudio em inglês e é totalmente legendado, até mesmo os separadores de publicidade do canal. Até ao momento ainda é um exclusivo NOS.

História na Europa[editar | editar código-fonte]

Europa Central e Leste Europeu[editar | editar código-fonte]

Em Abril de 2009 a ID foi lançada na Polónia, Hungria, Grécia e Roménia[2]. Um mês mais tarde, chega à Sérvia, Eslovénia, Bósnia, Croácia e Montenegro. A Setembro, ainda desse ano, estreou nos Países Bálticos[3].

Suécia[editar | editar código-fonte]

O Investigation Discovery chegou à Suécia em 2010 porém o canal não estava presente nas maiores telecomunicações do país. Só a 1 de outubro de 2014 é que foi incluído nos pacotes da empresa líder do mercado, a Com Hem, da Tele2.

Países Baixos e Flandres[editar | editar código-fonte]

A ID veio substituir o antigo canal Discovery Travel & Living a 4 de julho de 2011. Em 2017 foi lançado uma versão HD-simulcast na operadora Ziggo dos Países Baixos[4].

França[editar | editar código-fonte]

Em 2015 deu-se um acordo entre a Discovery Networks e a operadora francesa SFR, do grupo Altice[5]. Até hoje o canal é um exclusivo SFR.

Portugal[editar | editar código-fonte]

Em 2018 a NOS anunciou um acordo entre a Discovery Networks (Discovery Ibéria) para a chegada do canal de investigação criminal da marca Discovery a Portugal, sendo assim um canal exclusivo NOS[6].

Programas[editar | editar código-fonte]

  • Impact Of Murder
  • Evil Lives Here
  • Homicide City: Charlotte
  • Crimes Gone Viral
  • Atlanta Justice
  • Till Death Do Us Part
  • American Monster
  • O.J. & Nicole: An American Tragedy
  • The Crimes That Changed Us
  • Killer In Question
  • The Murder Tapes
  • The Killer Besides Me
  • A Crime To Remember
  • Diabolical: Deadly Love
  • The Wives Did It
  • The 1980s: The Deadliest Decade
  • True Crime With Aphrodite Jones
  • Evil Stepmothers
  • Betrayed
  • Primal Instinct
  • Scorned: Crimes Of Passion
  • Swamp Murders
  • People Magazine Investigates
  • Murder Chose Me
  • Murder Decoded
  • I Almost Got Away With It
  • Bad Blood
  • Deadly Affair
  • Bride Killa
  • Disappeared
  • House Of Horrors: Kidnapped
  • I Was Murdered

Ver também[editar | editar código-fonte]

Canais disponíveis em Portugal[editar | editar código-fonte]

Outros canais Discovery[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Novo canal ID - Investigation Discovery chega a Portugal em outubro». canoticias.pt. Consultado em 19 de março de 2021 
  2. «Discovery ID channel heads East». Broadband TV News (em inglês). 7 de abril de 2009. Consultado em 19 de março de 2021 
  3. «ID Investigation launches in Baltics». Broadband TV News (em inglês). 5 de agosto de 2009. Consultado em 19 de março de 2021 
  4. MediamagazineNL (8 de fevereiro de 2017). «Kort medianieuws: NPO, VARA, Netflix, Sanoma en meer». MediaMagazine (em neerlandês). Consultado em 19 de março de 2021 
  5. «Altice Group Partners with Discovery Communications to Deliver More Premium Content to More Fans Than Ever Before in France – Discovery, Inc.». corporate.discovery.com. Consultado em 19 de março de 2021 
  6. «Canal Investigation Discovery lançado em Portugal através da NOS». Meios & Publicidade. 25 de setembro de 2018. Consultado em 19 de março de 2021 

Links externos[editar | editar código-fonte]