César Mourão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
César Mourão
César Mourão em 2014
Nascimento 1 de agosto de 1978 (41 anos)
Lisboa, Portugal
Nacionalidade Portuguesa
Ocupação Actor, apresentador de televisão e comediante português

César Filipe Tapadinhas Mourão (Lisboa, 1 de Agosto de 1978) é um actor português, conhecido pelas suas colaborações com Herman José no programa Hora H[1], e pelos personagens cómicos que interpretou no programa Fátima. Nos palcos, é desde 2000 parte integrante do grupo Commedia à la Carte com Carlos Cunha e Ricardo Peres. É um artista multifacetado, e para além da representação, toca saxofone, piano e guitarra, faz ilusionismo e malabarismo.

Em 2007 faz parte do elenco da série "Hora H" de Herman José. Durante o verão de 2009 integrou o programa "SIC ao Vivo" que percorria o país. Colabora em vários programas da SIC como "Companhia das Manhãs", "Fátima" e "Boa Tarde". Em 2011 fez, juntamente com Eduardo Madeira, o espectáculo "10 Milhões e Picos". Em 2011/2012 apresentou o talk-show "Para Algo Completamente INdifrente" na SIC Radical. Em 2013 criou o "Cantado Ninguém Acredita", espectáculo onde canta temas de vários autores com muito humor à mistura.

De 2011 a 2014, apresentou o programa Gosto Disto (com Andreia Rodrigues na SIC[2], em 2013 e 2014 participou como residente nas duas temporadas do programa Vale Tudo e no verão de 2013 apresentou o "Cante se Puder" também com Andreia Rodrigues na SIC.

Em 2013 foi convidado no Programa do Jô da Rede Globo por ocasião de uma digressão dos "Commedia à la Carte". Tinha estado no Brasil, onde, no ano 2000, estudou Teatro Cinema e Televisão.

Em Agosto de 2014 estreou, na SIC, a série Sal da qual era protagonista juntamente com Rui Unas, João Manzarra, Pedro Plácido e Salvador Martinha. Em 2015 e 2016 participou nos remakes dos filmes O Pátio das Cantigas e a A Canção de Lisboa. Com Luana Martau cantou a canção "Será Amor".

Em 2016 teve um monólogo intitulado "Esperança - A Velha", da sua própria autoria e de Frederico Pombares.

Em 2017 apresenta um programa de sua autoria chamado "D'Improviso" na SIC e em 2018 apresentou "Terra Nossa".

Em 2019 apresentou o programa "Lip Sync Portugal" juntamente com o apresentador João Manzarra e ainda apresentou mais uma edição de "Terra Nossa".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Cópia arquivada». Consultado em 11 de março de 2013. Arquivado do original em 21 de setembro de 2013 
  2. http://sic.sapo.pt/Programas/gostodisto/