António Pedro Cerdeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2017)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
António Pedro Cerdeira
António-pedro-cerdeira.jpg
Nome completo António Pedro dos Santos Cerdeira
Nascimento 1 de junho de 1970 (47 anos)
Monte Estoril, Estoril, Cascais
Nacionalidade português
Ocupação Ator
Cônjuge Sofia grillo 2012-
IMDb: (inglês)

António Pedro dos Santos Cerdeira (Cascais, Estoril, Monte Estoril, 1 de Junho de 1970) é um actor português.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cursou Formação de Actores na Escola Profissional de Teatro de Cascais e estagiou, sob a direcção de Carlos Avilez no Teatro Experimental de Cascais onde integrou o elenco das peças O Pranto e As Almas e Breve Sumário da História de Deus de Gil Vicente, A Morte de Danton de Büchner, Auto Das Regateiras de Ribeiro Chiado, Rei Lear de Shakespeare, Rei Leandro de Alice Vieira, Lua Desconhecida de Miguel Rovisco, Ensina-me a Viver de Colin Higgins, Alta Vigilância e Os Biombos de Jean Genet. No Teatro Nacional D. Maria II participou em As Fúrias de Agustina Bessa-Luís, dirigido por Filipe La Féria e na Fundação Gulbenkian foi um dos intérpretes de O Amor em Visita – Poesia Portuguesa das Últimas Três Décadas, espectáculo de poesia dirigido por Gastão Cruz. Trabalhou com Luís Miguel Cintra no Teatro da Cornucópia, participando em A Fabulação de Pasolini e com Jorge Silva Melo nos Artistas Unidos participou em A Queda do Egoísta Johan Fatzer de Brecht (1999). Interpretou também O Método Gronholm do autor catalão Jordi Galcerán (2005) dirigida por Virgílio Castelo,Relativamente de Alan Aykbourn (2010) encenada por João Lagarto, Hedda de José Maria Vieira Mendes a partir da obra de Ibsen (2010) encenada por Jorge Silva Melo.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Projeto Personagem Canal Notas
1995 Roseira Brava Eduardo Falcão RTP
1995/1996 Primeiro Amor Mário RTP
1996 A Mulher do Senhor Ministro Nelo Monteiro RTP actor convidado
Sim, Sr. Ministro TVI actor convidado
1996/1997 Polícias Raul RTP
1997 Filhos do Vento Carlos Vieira RTP
1997/1998 A Grande Aposta Simão das Neves RTP
1998 Ballet Rose Gaspar RTP
Diário de Maria RTP
1998/1999 Os Lobos Ricardo/Rui Pinto Lobo RTP duas personagens
1999 Médico de Família SIC pequena participação
A Hora da Liberdade Andrade e Silva SIC
Jornalistas Vasco Neves SIC pequena participação
1999/2000 Esquadra de Polícia Osvaldo RTP
2000 A Febre do Ouro Negro Eduardo Covas RTP
2000/2001 Ajuste de Contas Bruno RTP
2001 Elsa, uma Mulher Assim Horácio RTP pequena participação
Olhos de Água Duarte Leal TVI
2001/2003 Anjo Selvagem Francisco Salgado TVI
2003 O Teu Olhar Miguel Fonseca TVI
2003/2005 Ana e os Sete Tino Boavida TVI
2004/2005 Inspector Max Alex TVI
2005 Ninguém como Tu Frederico Duarte TVI
2006/2007 Tu e Eu Alexandre Antunes TVI
2007/2008 Deixa-me Amar Carlos Peixoto TVI
2008 Casos da Vida Pedro TVI pequena participação
2008/2009 Feitiço de Amor Eduardo Rocha TVI
2009/2010 Ele é Ela Sérgio TVI
Meu Amor Leonardo Correia TVI
2011/2012 Anjo Meu Sílvio Saragoça TVI
2013 Portal do Tempo Gustavo TVI
2013/2014 Destinos Cruzados Luciano Mendes TVI
2014/2015 Bem-Vindos a Beirais Vasco Nogueira RTP
2015 Coração D'Ouro Abel Pedrosa SIC participação especial
2016 A Impostora Paulo de Jesus Pires TVI
Mulheres Assim Zé Carlos RTP Série
2017 Jacinta Manuel Marto TVI Minissérie
2017/2018 Onde Está Elisa? TVI Protagonista
Regresso Por revelar SIC Elenco principal

Teatro[editar | editar código-fonte]

No cinema participou em diversos filmes dirigidos por realizadores tão diversos como João Botelho, Jorge Silva Melo, Teresa Vilaverde ou Luís Filipe Rocha.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Nos últimos vinte anos tem sido uma presença constante na televisão, interpretando várias obras na RTP, TVI e SIC.

Novelas[editar | editar código-fonte]

  • A IMPOSTORA, 2016-2017, TVI, personagem Paulo
  • CORAÇÃO D'OURO, 2015, SIC, personagem Professor Abel (participação especial)
  • DESTINOS CRUZADOS, 2013, TVI, personagem Luciano Mendes
  • ANJO MEU, 2011, TVI, personagem Sílvio Saragoça
  • MEU AMOR, 2009-2010, TVI, personagem Leonardo
  • FEITIÇO DE AMOR, 2008-2009, TVI, personagem Eduardo Rocha
  • DEIXA-ME AMAR, 2007-2008, TVI, personagem Carlos Peixoto
  • TU E EU, 2006-2007, TVI, personagem Alexandre Antunes
  • NINGUÉM COMO TU, 2005, TVI, personagem Frederico Duarte
  • O TEU OLHAR, 2003, TVI, personagem Miguel
  • ANJO SELVAGEM, 2001-2002, TVI, personagem Francisco
  • OLHOS DE ÁGUA, 2001, TVI, personagem Duarte Leal
  • AJUSTE DE CONTAS, 2000, RTP, personagem Bruno
  • OS LOBOS, 1998, RTP, personagens gémeos Rui e Ricardo
  • A GRANDE APOSTA, 1997, RTP, personagem Simão das Neves
  • FILHOS DO VENTO, 1996, RTP, personagem Carlos Vieira
  • PRIMEIRO AMOR, 1995-1996, RTP, personagem Mário
  • ROSEIRA BRAVA, 1995, RTP, personagem Eduardo Falcão

Séries e Mini-Séries[editar | editar código-fonte]

Tele-Filmes e Teatro Televisivo[editar | editar código-fonte]

Voz de dezenas de spots publicitários (é a 'voz de companhia' da ZON desde 2008), séries de desenhos animados e filmes de animação, António Pedro Cerdeira foi em Novembro de 2008 apresentador da cerimónia de encerramento do Estoril Film Festival ao lado de Lúcia Moniz, Isabelle Huppert, Paul Auster, J.M. Coetzee, Werner Schroeter, Jerzy Skolimovski, Agnès Varda e Anthony Mackie.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]