Ajuste de Contas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o clássico de futebol, veja Ajuste de Contas (futebol). Para o filme com Sylvester Stallone e Robert De Niro, veja Grudge Match.
Ajuste de Contas
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 60 minutos
Criador(es) Francisco Nicholson
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) NBP
Elenco Sinde Filipe
Armando Cortez
João Perry
Rui Mendes
Isabel Ruth
Helena Isabel
Lia Gama, entre outros.
Exibição
Emissora de televisão original RTP1
Transmissão original 2000
N.º de temporadas 1
Cronologia
A Lenda da Garça
Nenhuma

Ajuste de Contas foi uma telenovela portuguesa transmitida entre 2000 e 2001 pela RTP. É da autoria de Francisco Nicholson[1][2][3][4][5][6].

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Nos finais da década de 40, Jorge (Rui Mendes), Carlos (Mário Jacques), Mário (Sinde Filipe) e José Eduardo (João Perry) conhecem-se no início do ano lectivo do liceu. A amizade entre os quatro consolida-se rapidamente, apesar dos rumos diferentes que tomam mais tarde. Dir-se-ia indestrutível, esta amizade, cimentada ao longo dos anos por euforias e frustrações, alegrias e tristezas, confidências e cumplicidades, pequenos e grandes segredos partilhados a quatro num assumido "um por todos, todos por um". Nem as diferenças sociais, culturais ou económicas impediram o companheirismo existente entre os quatro amigos e as próprias famílias acabaram por render-se a esta união. Tudo correria no melhor dos mundos, se por acaso, esse mundo existisse… Quando José Eduardo termina o seu curso de medicina, toma a dolorosa decisão de sair do país, escapando-se assim da Guerra do Ultramar para que tinha sido mobilizado. Mas quando José Eduardo resolve partilhar esta decisão com os seus amigos, é vítima de uma traição que o leva directamente à frente de combate em Angola, onde acaba por ser considerado morto, devido à falta de notícias. Cerca de 35 anos mais tarde, uma desesperada tentativa de suicídio de Marta (Isabel Ruth), mulher de Jorge e amiga de adolescência dos quatro amigos inseparáveis, leva-a a dar entrada de urgência no banco de um hospital, provocando um surpreendente reencontro com José Eduardo. Descobre-se então que não só sobreviveu à guerra como é o cirurgião-chefe da unidade hospitalar a que Marta foi conduzida. As condições dramáticas que estão na origem do reencontro provocarão uma amálgama de sentimentos e emoções contraditórias. Um misto de surpresa e ansiedade, estupefacção e desespero, alegria e medo, estão relacionadas com a vontade de José Eduardo querer fazer o seu Ajuste de Contas.

Elenco Principal[editar | editar código-fonte]

Com a participação especial de[editar | editar código-fonte]

Flashbacks[editar | editar código-fonte]

Elenco Adicional[editar | editar código-fonte]

Participações Especiais (não creditadas)[editar | editar código-fonte]

Dados Técnicos[editar | editar código-fonte]

  • A rodagem da novela realizou-se entre Janeiro e Julho de 2000, em Lisboa e em Óbidos.
  • A novela estreou na RTP1 a 30 de Outubro de 2000 e, terminou a 8 de Junho de 2001. Era exibida por volta das 19 horas.
  • Foi reexibida pelo mesmo canal pelas 18h30, tendo cada episódio a duração de cerca de 50 minutos.
  • O número total de episódios foi de 150, algo que já se verificava desde 1996, desde a telenovela Primeiro Amor (telenovela).
  • Tal como Filhos do Vento, esta telenovela ocorre em duas épocas em simultâneo.
  • Já Foi reexibida na RTP Memória nas seguintes datas: Em 2009 no horário das 16 horas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Telenovelas da RTP1

A Lenda da Garça « anterior Ajuste de Contas seguinte » A Senhora das Águas

Telenovelas das 19h da RTP1

A Lenda da Garça « anterior Ajuste de Contas seguinte » Nenhuma

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre televisão em Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências