Rui Luís Brás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rui Luís Brás
Nome completo Rui Alexandre Santos Silva
Nascimento 16 de outubro de 1967 (49 anos)
Nacionalidade Portugal portuguesa
Atividade ator

Rui Alexandre Santos Silva, conhecido pelo nome artístico de Rui Luís Brás[1] (16 de Outubro de 1967) é um actor português. É irmão do também actor Peter Michael.

Teatro[editar | editar código-fonte]

Iniciou a sua carreira em 1985, no grupo de teatro do Instituto Franco-Português em Le Roi Ubu. Concluiu o Curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema. Estréia-se profissionalmente no Teatro Aberto em 1988, sob a direcção de João Lourenço, em Romeu e Julieta. Trabalhou com Mário Feliciano, Filipe Ia Féria, Fernando Gomes, Jean Marie Villigier, Hélder Costa, Carlos Avilez, Adriano Luz, Almeno Gonçalves, e José Possi Neto, participando, entre outras, nas seguintes peças: D. João volta da Guerra, A Marmita de Papin, Ilha de Oriente, 1043 Extasis, Floresta de Enganos, A Primeira Página, Pastéis de Nata para a Avó, Os Mistérios de Lisboa, Democracia, A Vida de Galileu. Trabalha desde 1990 entre Macau e Lisboa, dirigindo como encenador diversos textos:

Cinema[editar | editar código-fonte]

além de participações em filmes e telefilmes franceses.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Participou como actor em diversas séries e novelas, entre as quais:

Outras Experiências[editar | editar código-fonte]

Trabalha desde 1989 como orientador de diversos ateliers e grupos de teatro, tendo leccionado a disciplina de Interpretação no Conservatório de Macau entre 1994 e 1997. Dirige a companhia Pequeno Palco de Lisboa, da qual é co-fundador.

Dobragens[editar | editar código-fonte]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Actor Revelação 1988 Romeu e Julieta.

Referências

  1. «Lista de associados da Audiogest» (PDF). Actividades Culturais / Ministério da Cultura. 25 de Julho de 2007. Consultado em 30 de Dezembro de 2013