José Possi Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
José Possi Neto
Nascimento 1947 (72 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Alma mater Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo
Ocupação coreógrafo

José Possi Neto (São Paulo, 1947[1]) é um diretor de teatro[2][3], iluminador, coreógrafo e figurinista brasileiro.

Renomado diretor, é respeitado no meio artístico e um requisitados profissional da área, assinando a direção de importantes espetáculos. É irmão da cantora Zizi Possi, dirigindo-a em todos os seus espetáculos ao vivo. Além de Zizi, dirigiu também Maria Bethânia - 25 anos (1993) e Summertime (1980); Bilbao Cabaré; com Cida Moreira, (1989); Sonho e Realidade (1995) e "Em boa companhia" (2010), com Simone .

Atua no teatro, no cinema, e em espetáculos musicais. Formou-se em Crítica e Dramaturgia na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, ECA/USP, em 1970. Dirigiu a Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Molière, pela direção teatral: O Manifesto, (1988); Lilith, a Lua Negra, (1986)[4]; Filhos do Silêncio, (1982)[5];
  • Prêmio APCA: Três Mulheres Altas, Melhor Espetáculo, (1996); Maria Bethânia, 25 anos, Melhor Show Musical, (1990); Emoções Baratas, Melhor Diretor, (1989); Um Sopro de Vida[6], Melhor Diretor de Dança, (1979);
  • Prêmio Mambembe: Três Mulheres Altas, Melhor Espetáculo, (1996); Santa Joana, Melhor Espetáculo, (1990); Filhos do Silêncio, Melhor Espetáculo, (1982);

Referências

  1. «José Possi Neto». Pró-TV. Consultado em 18 de julho de 2019 
  2. Sábato Magaldi (1994). «Artes Cênicas» (PDF). Estudos Avançados. 8 (22): 499-502 
  3. Raimundo Matos de Leão (2009). «Sexto ato». Transas na cena em transe: teatro e contracultura na Bahia (PDF). Salvador: EDUFBA. ISBN 978-85-2320-941-4 
  4. «José Possi Neto comemora 40 anos de carreira com vários projetos». Globo Teatro. 14 de setembro de 2013. Consultado em 18 de julho de 2019 
  5. «José Possi Neto». Casa do Saber. Consultado em 18 de julho de 2019 
  6. «Marilena Ansaldi encerra carreira durante 'Figuras da Dança'». SP Notícias. Consultado em 18 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre bailarino, dançarino ou coreógrafo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.