A Grande Mentira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre uma telenovela. Para o livro, veja Grande Mentira. Para o filme com Bette Davis, veja The Great Lie.
A Grande Mentira
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Romance
Duração 45 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Hedy Maia
País de origem Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Fábio Sabag
Marlos Andreucci
Elenco
Tema de abertura "A Grande Mentira", Lyrio Panicali[1]
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Transmissão original 10 de junho de 19684 de julho de 1969
N.º de episódios 341

A Grande Mentira é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 10 de junho de 1968 e 4 de julho de 1969, em 341 capítulos, substituindo O Santo Mestiço e sendo substituída por A Cabana do Pai Tomás. Foi escrita por Hedy Maia, dirigida por Fábio Sabag e Marlos Andreucci, produzida em preto-e-branco.[2][3] Foi a 5.ª "novela das sete" exibida pela emissora, sendo a maior trama já exibida pela Globo.

Produção e exibição[editar | editar código-fonte]

A Grande Mentira foi produzida e gravada em São Paulo. Mesmo com cenas externas nas ruas da cidade, porém, a direção da novela optou por não especificar onde a trama era ambientada.[4]

Para entrar em cena, Myriam Pérsia deveria usar uma maquiagem pesada, da qual não gostava. Antes de gravar, sem ninguém perceber, a atriz lavava o rosto e aplicava um pó claro.[5]

Durante a sua exibição, Glória Magadan, que supervisionava a telenovela, retirou o casal protagonista e a trama continuou sem eles. Mas devido à reação do público, Myriam Pérsia e Cláudio Marzo acabaram retornando à trama.[5]

Apesar de não ter uma trilha sonora, A Grande Mentira contou com os sucessos musicais da época, incluídos nos capítulos pelo diretor Fábio Sabag, enquanto editava as cenas da novela. Segundo ele, isso ajudou a alavancar a audiência da trama.[5]

Um fato curioso, mas pouco lembrado é a reprise repentina da novela, a emissora optou por reprisar a trama na faixa da tarde com ela ainda no ar. A reprise teve início em outubro de 1968 e encerrou em julho de 1969 poucos dias depois do final exibido às 19h.[5]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Maria Cristina é uma moça batalhadora que trabalha como faxineira e mora com uma senhora chamada Elvira. Ao ser atropelada pelo milionário Roberto Albuquerque Medeiros, acaba se apaixonando por ele.[3]

Roberto é um jovem extrovertido e determinado que trabalha nas empresas com o pai Jorge Antônio. Mora na mansão da família com o pai, a mãe Veridiana - com quem mantém uma ótima relação - e a irmã Lenita.

Quando Maria Cristina é levada à mansão dos Albuquerque Medeiros, ela sente a hostilidade da família, principalmente por parte de Veridiana, que faz de tudo para separar o casal.[2]

Paulo Bacelar também se interessa em acabar com o romance do casal. Paulo é um executivo inescrupuloso, rival de Roberto nas empresas de Jorge Antônio. Sente inveja de Roberto e quer destruí-lo à qualquer custo.[3]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator[2] Personagem[2]
Myriam Pérsia Maria Cristina
Cláudio Marzo Roberto Albuquerque Medeiros
Neuza Amaral Veridiana Albuquerque Medeiros
Edney Giovenazzi Paulo Bacelar
Gilberto Martinho Jorge Antônio Albuquerque Medeiros
Eloísa Mafalda Elvira
Hélio Souto Renato
Maria Helena Dias Palmira Damasceno / Sandra
Roberto de Cleto Otto Damasceno
Sônia Dutra Lenita Albuquerque Medeiros
Felipe Wagner Carlos Augusto
Yara Sarmento Cláudia
Turíbio Ruiz Heitor
Karin Rodrigues Márcia
Felipe Carone André
Regina Macedo Rosana
Nilson Condé Marcelo
Diana Morel Beatriz
Dante Rui Rafael
Maria Pompeu Gina
Dary Reis Sérgio
Paulo Pinheiro Francisco (Chiquinho)
Henriqueta Brieba Dedina

Referências

  1. «Discografia de Lyrio Panicali». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 26 de outubro de 2012. 
  2. a b c d «A Grande Mentira - Teledramaturgia». Teledramaturgia. Consultado em 26 de outubro de 2012. 
  3. a b c Memória Globo. «A Grande Mentira - Trama Principal». Consultado em 26 de outubro de 2012. 
  4. «A Grande Mentira - Produção». Memória Globo. Consultado em 26 de outubro de 2012. 
  5. a b c d «A Grande Mentira - Curiosidades». Memória Globo. Consultado em 26 de outubro de 2012.