A Moreninha (telenovela de 1965)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Moreninha
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Romance
Duração 30 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Otávio Graça Mello
Baseado em A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Otávio Graça Mello
Elenco Ver "Elenco"
Tema de abertura "Canção do Rochedo", Otávio Graça Mello
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Transmissão original 25 de outubro10 de dezembro de 1965
N.º de episódios 35

A Moreninha é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 25 de outubro e 10 de dezembro de 1965, em 35 capítulos, sucedendo Rosinha do Sobrado e sendo substituída por Padre Tião. Foi escrita e dirigida por Otávio Graça Mello, baseada no romance homônimo, de Joaquim Manuel de Macedo. Foi a 2.ª "novela das sete" exibida pela emissora.[1][2]

Foi uma das primeiras produções da Globo a contar com gravações externas, na ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro.[1][2] Em São Paulo, foi exibida pela TV Paulista entre o final de 1965 e fevereiro de 1966, às 20h, antecedendo à apresentação local de Padre Tião, conforme edição da revista TV Intervalo de 12 de dezembro de 1965.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Carolina (Marília Pêra) é uma moça sonhadora e romântica que vive na ilha de Paquetá com sua avó, Donana (Iracema de Alencar), e seu irmão, Felipe (Gracindo Júnior), entre festas e passeios dominicais, sempre reunida com os seus amigos. Carolina espera pacientemente reencontrar seu amor de infância.[2]

Esse amor de infância é Augusto (Cláudio Marzo), um estudante de Medicina determinado e galanteador, que vive com sua irmã, Lúcia (Yara Sarmento), e vai estudar na Corte. Augusto também não esqueceu seu grande amor. Através de Felipe, ele acaba se aproximando de Carolina e, no fim da história, os dois ficam juntos e descobrem que tiveram um romance na infância.

A trama também mostra uma turma de jovens que, em meio a festas e paixões, se envolve em campanhas pela abolição da escravatura.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator[3] Personagem
Marília Pêra Carolina
Cláudio Marzo Augusto
Iracema de Alencar Vó Donana
Gracindo Júnior Felipe
Thaís Portinho Joana
Emiliano Queiroz Fabrício
Yara Sarmento Lúcia
Milton Gonçalves Simão
Zezé Macedo Zezé
Lafayette Galvão Leopoldo
Paulo Porto André
Cláudia Martins Nazaré
Renato Machado Renato

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Globo, Memória. «A Moreninha (1965)». Consultado em 22 de setembro de 2012 
  2. a b c «A Moreninha (1965) - Teledramaturgia». Teledramaturgia. Consultado em 22 de setembro de 2012 
  3. IMDb. «A Moreninha (1965) - IMDb». Consultado em 16 de setembro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.